Paraplégica por manter gravidez tem chances de medalha na esgrima paralímpica

Não era uma questão de ser contra ou a favor do aborto. A atleta paralímpica da esgrima em cadeira de rodas Mônica Santos só queria ser mãe.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ela soube que estava grávida quando tinha 18 anos. Durante a gravidez, Mônica teve um angiona medular, mas preferiu não interromper a gravidez.

“Me tornei cadeirante em 2002 por opção. Eu estava com dois meses de gestação quando tive um angioma medular e optei por ter a neném e ficar paraplégica. Não foi uma questão religiosa. Foi uma questão humana”, conta Mônica.

“Acho que, se cada um tivesse um pouquinho mais de humanização, o país estaria bem melhor. No momento eu nem pensava em ser contra aborto ou a favor. O fato é que eu queria ter um bebê, ali era uma vida, e eu não queria tirar aquela vida. Acho que era um ser humano desde o momento que estava ali batendo o coraçãozinho”.

Foto: Márcio Rodrigues / MPIX/CPB
Foto: Márcio Rodrigues / MPIX/CPB

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Antes de ficar grávida, Mônica jogava futebol, mas, mesmo paraplégica, ela não abandonou o esporte. Ela experimentou várias modalidades adaptadas: natação, tênis de mesa, tirou esportivo e basquete em cadeira de rodas.

Foi durante essa última experiência que ela conheceu Joyane Guissone, um expoente da esgrima em cadeira de rodas. Em 2012, pra você ter ideia, ele se tornou o primeiro campeão paralímpico do Brasil na modalidade. Ele usava o basquete em cadeira de rodas para aprimorar a forma física.

Joyane apresentou a modalidade para Mônica, que se descobriu uma grande esgrimista e com chances de medalha na Paralimpíada do Rio 2016. A competição acontece entre os dias 12 e 16 de setembro, na Arena Carioca 3.

Leia também: “Cápsula do tempo” possibilita gravar mensagens em vídeo que só serão vistas no futuro

Com informações do SóNotíciaBoa

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,279,775SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Restaurante de Florianópolis é o primeiro do país a ter o selo ‘lixo zero’

Assegurar o consumo sustentável até 2030, imagina? É uma das metas elaboradas pela Organização das Nações Unidas (ONU) para proteger o planeta. Em Florianópolis, um restaurante...

Estudantes cearenses criam pó para higiene bucal de baixo custo com juá, hortelã e cravo

Alunos de uma escola estadual em Salitre, no sudoeste cearense, desenvolveram uma alternativa sustentável para higiene bucal, acessível e de baixo custo para a...

Fotos de filhotes fofinhos dormindo em creche de cães viralizam na web

Uma creche de cães da Coreia do Sul está fazendo o maior sucesso nas redes sociais com fotos de seus pequenos 'alunos' tirando um...

Baseada no tema “Make Love Not War”, Axe promove Paz em Lisboa

Em Portugal, coube ao coletivo artístico Half the Pipe, a tarefa de levar essa mensagem à comunidade. O local escolhido pela Axe foi a...

“Malhação” terá uma atriz trans no elenco pela primeira vez na história

Representatividade importa e a televisão está buscando cada vez mais mostrar que está, sim, preocupada em representar todo mundo. Pensando nisso, após 25 anos...

Instagram

Paraplégica por manter gravidez tem chances de medalha na esgrima paralímpica 4