Parisiense lança versão do “Uber” para quem tem problemas de mobilidade

Clique e ouça:

O Wheeliz funciona como um “Uber” para quem tem problemas de mobilidade. A ideia foi da cadeirante parisiense Charlotte de Vilmorin, que tinha dificuldades para conseguir alugar um carro adaptado, além do alto valor cobrado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“É muito difícil de se locomover quando você está em uma cadeira de rodas, porque o transporte público não é acessível, Você não pode simplesmente pegar um táxi ou alugar um carro regular”, afirma.

Charlotte lembra que muitas pessoas possuem carros adaptados que não usam todos os dias. Dessa forma, o serviço oferece a possibilidade de alugá-lo por uma taxa de US$ 55 a US$ 65/dia – valor menor do que o cobrado por locadoras, que cobram entre US$ 90 e US$ 200. A companhia fica com 30% desse valor. Uma ótima chance para os proprietários ganharem dinheiro com um veículo que estaria parado.

“Eu realmente acredito que há uma oportunidade para a economia e o consumo colaborativos, o que pode tornar a mobilidade mais acessível para quem usa cadeiras de rodas”, conta Vilmorin.

Parisiense lança versão do “Uber” para quem tem problemas de mobilidade 1

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Parisiense lança versão do “Uber” para quem tem problemas de mobilidade 2

via [Olhar Digital]

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,050,303FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
17,184SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Homem com deficiência humilhado por atraso de salgados se surpreende com apoio: “o telefone não para”

Coisa mais linda essa corrente de solidariedade, o Rafael tá sem acreditar! Rafael foi humilhado por um cliente que não aceitou o atraso da sua...

Cãozinho é reprovado em treinamentos da polícia por ser ‘dócil demais’

E essa carinha de: "Alguém brinca comigo, por favor!"?

Vendedor de salgados é humilhado e recebe ajuda de vaquinha que bate R$70 mil em 24h

Rafael, que só tem uma das mãos, foi humilhado por cliente que não aceitou o atraso da sua encomenda de salgados.

“Eu quito!”, diz Tatá Werneck para seguidora que desabafou sobre dívidas na pandemia

A Tatá Weneck se ofereceu para pagar as dívidas de uma seguidora depois que ela postou um meme no seu Instagram. O meme é uma...

Jovem ‘zombada’ por vender sacos de lixo para ajudar a mãe não abaixa a cabeça

A estudante de enfermagem Clara Soares, 18 anos, vende sacos de lixo e panos de chão em Ceilândia (DF) para ajudar a mãe. Enquanto batia...

Instagram

Parisiense lança versão do “Uber” para quem tem problemas de mobilidade 15