Parisiense lança versão do “Uber” para quem tem problemas de mobilidade

O Wheeliz funciona como um “Uber” para quem tem problemas de mobilidade. A ideia foi da cadeirante parisiense Charlotte de Vilmorin, que tinha dificuldades para conseguir alugar um carro adaptado, além do alto valor cobrado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“É muito difícil de se locomover quando você está em uma cadeira de rodas, porque o transporte público não é acessível, Você não pode simplesmente pegar um táxi ou alugar um carro regular”, afirma.

Charlotte lembra que muitas pessoas possuem carros adaptados que não usam todos os dias. Dessa forma, o serviço oferece a possibilidade de alugá-lo por uma taxa de US$ 55 a US$ 65/dia – valor menor do que o cobrado por locadoras, que cobram entre US$ 90 e US$ 200. A companhia fica com 30% desse valor. Uma ótima chance para os proprietários ganharem dinheiro com um veículo que estaria parado.

“Eu realmente acredito que há uma oportunidade para a economia e o consumo colaborativos, o que pode tornar a mobilidade mais acessível para quem usa cadeiras de rodas”, conta Vilmorin.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

via [Olhar Digital]

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,452,816SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Lady Gaga entrega pizza em abrigo na Califórnia após incêndio

A cantora norte-americana Lady Gaga aproveitou o Dia Mundial da Bondade para visitar a Cruz Vermelha de Los Angeles, Califórnia, e oferecer ajuda às...

Jorge Romero: Fotografia como Inspiração para fazer o Bem

Por Horyou Baseado em Zurique, Jorge Romero é um fotografo Colombo-Americano com uma paixão pelo bem social e múltiplas habilidades. Juntamente com seu projeto de...

Perto de se formar, estudante fica tetraplégica e agora conta com vaquinha para concluir o curso

Faltando apenas um ano para se formar em odontologia, a estudante Ingred Bida Lopes, 25 anos, de Altos (PI), sofreu um acidente doméstico que...

Artesãs reaproveitam fios de eletricidade para fazer lindas biojoias e gerar renda no Ceará

Transformar lixo em biojoias únicas e personalizadas. É exatamente essa “mágica” que um grupo de artesãs cearenses do Grupo Giro Social faz com os...

Vídeo compara a visão de mães com a de seus filhos sobre o papel delas e o resultado é de arrepiar

Será que as mães se enxergam da mesma forma como os filhos as veem? Para descobrir isso, os produtores desse vídeo convidaram várias mães...

Instagram