Dançarino italiano cria dança especial para pessoas com Parkinson e os benefícios são enormes

A dança! Claro! Como ninguém pensou nisso antes? A dança é uma grande aliada no controle do Mal de Parkinson. Um dançarino e coreógrafo italiano entendeu que os tremores no corpo de quem tem a doença podem ser amenizados com a atividade, e mais: dá pra tirar proveito do problema e se sair bem dançando.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eu pensei: as pessoas com Parkinson tremem sem ritmo; eu treino minha vida inteira como dançarino para tremer com a batida. Na minha cabeça, as pessoas com Parkinson poderiam transformar seus sintomas em uma superpotência“, disse Simone Sistarelli, bailarino formado em dança contemporânea e psicologia da dança. O avô de Simone também sofria de Parkinson.

Ao observar que poderia ajudar pessoas com Parkinson através do movimento do corpo, ele foi estudar a doença e descobriu que não havia contra-indicação. Pelo contrário: a dança estimula o equilíbrio, contribui com a socialização e ajuda o paciente a neutralizar a perda de autoconfiança.

Pessoas com Parkinson dançando em salão de dança
Professor passa exercícios baseados nas especificidades das pessoas com Parkinson.. Foto: divulgação

Para iniciar o experimento, o coreógrafo criou um estilo único de dança chamado Popping for Parkinson, que mistura Hip Hop e Breakdance. Começou dando aulas na Inglaterra, depois levou o projeto aos Estados Unidos e, por fim, para sua terra natal, a Itália. O trabalho já tem seis anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Alunos com Parkinson se tornam professores

Os alunos que frequentam os cursos de dança de Simone têm de 45 a 75 anos de idade. São desde pacientes com sintomas leves até severos. Os movimentos são passados de forma personalizada e de acordo com o grau de comprometimento de cada um.

Homem com Parkinson dançando com instruções de professor ao lado
Foto: divulgação

Depois de um tempo, alguns dos próprios alunos passam a dar as aulas para incentivar novos dançarinos e mostrar sua capacidade e seu potencial. Ah, mas alunos que não têm a doença também são incluídos e super bem-vindos!

“[A dança] Ajuda a não ter vergonha, a não se sentir julgado. É essencial que haja sempre uma atmosfera em que as pessoas se sintam confortáveis ​​explorando e compartilhando movimentos“, disse Simone. E isso se estende para além do salão de dança… Os alunos acabam virando amigos, criando grupos de autoajuda e realizando encontros fora do ambiente do curso.

Professor e alunos de dança fazendo pose para fotos
Alunos e amigos de dança! Foto: divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

E o melhor de tudo é que o projeto é mantido com doações e financiamento coletivo. Logo, as aulas são gratuitas. O objetivo é capacitar várias pessoas pelo mundo para levar esta experiência ao máximo de pacientes com Parkinson.

“Existem cerca de 10 milhões de pessoas com Parkinson em todo o mundo. O objetivo final do projeto é alcançar todos eles e capacitá-los a se tornarem dançarinos”, disse. Ficou interessado? O projeto está oferecendo aulas on-line por meio de vídeos por conta da pandemia.

View this post on Instagram

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A post shared by Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar)

Os alunos simplesmente adoram as aulas! Durante uma hora, eles se esquecem completamente dos efeitos da doença e se divertem, ao mesmo tempo em que também se cuidam.

“Dançar para combater o Parkinson também é encontrar confiança para pessoas que muitas vezes se sentem marginalizadas e que podem recuperar a coragem aqui, subindo no palco e, acima de tudo, se divertindo muito”, finalizou o professor.

Professor e alunos de dança fazendo pose para fotos
Foto: divulgação

O contato com eles pode ser feito via Facebook ou site. E as seleções de canções específicas para as aulas de Popping for Parkinson’s estão disponíveis em plataformas como Deezer e Youtube.

Fontes: Positizie / Get the Chance

Por falar em arte, conheça a história de um garoto que sonha em se tornar um grande cantor de ópera. O pequeno Davi e sua família passam por necessidades e criamos uma vaquinha na VOAA para ajudá-los. Clique e contribua!

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM







Dançarino italiano cria dança especial para pessoas com Parkinson e os benefícios são enormes 1

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,078,673SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Irmão cria lindo vestido feito sob medida para sua irmã usar no baile de formatura da escola

Poucas coisas são mais fortes e genuínas do que o vínculo afetivo entre dois irmãos. Mais do que isso, alguns irmãos levam sua cumplicidade e...

Prefeitura do RJ pede para morador de rua desfazer banca solidária e sua atitude surpreende

Lembra do Marcio? Ele mora em um castelo de areia na praia de Copacabana no (RJ) e montou uma banca para arrecadar e doar...

Tutor amoroso acalma pinscher que não gosta de tomar banho e pede licença para limpá-lo [VIDEO]

Os pinschers são cachorros famosos pela baixa estatura, inversamente proporcional ao tamanho da sua braveza e ferocidade. Mas cada caso é um caso, né? Um...

Moradores de cidade destruída pela chuva no ES ganham marmitas com mensagens de esperança

As marmitas estão chegando das cidades vizinhas e até de outros estados recheadas de amor e esperança!

Senado aprova prisão para quem cometer racismo e discriminação na web

Mas que notícia sensacional que acabamos de saber, com informações do Bhaz: Foi aprovado pela Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH), um projeto de lei...

Instagram

Dançarino italiano cria dança especial para pessoas com Parkinson e os benefícios são enormes 2