Paulistana ajuda mães solteiras com marmitas e papinhas congeladas de graça

Mães solteiras enfrentam muitas dificuldades para criar seus filhos. Nem todas conseguem vaga na creche para deixar o filho ou podem pagar uma babá particular enquanto trabalham, por exemplo. A jornada dupla impõe desafios que necessitam do apoio de familiares e amigos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A psicóloga Laura Helena, 27 anos, resolveu ajudar algumas dessas mães fazendo marmitas e papinhas de bebês voluntariamente para uma semana de almoço.

Laura teve essa ideia durante uma ida ao hospital, onde ouviu de uma mãe que ela só conseguia levar a filha até lá todos os dias para fazer um tratamento porque uma vizinha cozinhava para as duas.

“Eu fui criada pela minha avó. Até os 12 anos chamei ela de mãe, e a minha mãe pelo nome. Eu sei como é não crescer com uma mãe tão presente quanto ela deveria estar. E já que estou de férias e posso ajudar, por que não?”, disse ao portal R7.

Na sexta-feira (11), a paulistana postou a seguinte mensagem de solidariedade num grupo do Facebook:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Olá, me disponibilizo para cozinhar marmitas para mães solteiras, é só me dar os ingredientes e os potinhos que eu faço a comida da semana, só por favor me avise com antecedência, ok? O preço é um abraço”.

Em pouco tempo, ela recebeu mais de duas mil solicitações de amizade e o pedido de marmitas de duas mães solteiras, que seriam feitas no domingo (13).

“Eu sou feminista radical, mas a ideia não é nem pregar o feminismo, mas sim que as mulheres se ajudem mutuamente, porque é uma ideologia que exige que sejamos legais umas com as outras. Eu me ofereço também para ficar com filhos de mulheres para que elas tenham pelo menos uma sexta-feira livre no mês. Mas só cuido de filhos de conhecidas”, concluiu.

LauraPapinha1

Foto: Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,496,742SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Britânico que sofreu bullying por ser gago cria campanha de luta contra o preconceito a jovens com o mesmo distúrbio

Durante toda sua infância e adolescência, William Laven, 22 anos, sofreu bullying por ser gago. O jovem escolheu como resposta aos ataques que viveu...

Policiais Militares de Goiás salvam a vida de recém nascido engasgado em estado grave

Durante um patrulhamento nesta última semana, dois soldados da Polícia Militar do Estado de Goiás salvaram a vida de um recém nascido. Avisados por...

Troquei a festa de aniversário da minha filha com doença rara por uma ação social

A gente não passa por uma experiência dessas e deixa para lá. Eu nunca questionei "por que isso comigo?”, mas "o que eu faço com isso?". E foi aí que eu resolvi fazer duas coisas.

Mulher doa rim a bombeiro que salvou a filha dela de uma convulsão anos antes

Há alguns anos atrás, a filha de Becca Bundy, Hadley, teve um severo episódio de convulsão em casa. Desesperada, sua mãe ligou para o corpo...

Instagram