A pedreira Lia busca auxiliares mulheres para dar conta dos trabalhos que chegam aos montes

É uma puxando a outra! Ontem falamos da Lia, uma pedreira caprichosa, excelente de serviço! A matéria repercutiu absurdamente e, claro, Lia não vai dar conta sozinha dos trabalhos que não param de chegar.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pois então, sozinha, ela não vai dar conta, mas acompanhada, com certeza! Como tem muita demanda, nasceu o Dona Lia – Pintura e Acabamentos, contou o site AscesSe.

Lia agora busca auxiliares: um empreendimento 100% feminino, para mulheres cis e transexuais.

Alô, mulherada! Se você manda benzão em colocação de pisos, azulejos e pintura, tem uma vaga te esperando! Isso mesmo, gente, as vagas são APENAS e SOMENTE para mulheres. A candidata tem que morar na região do ABC Paulista e preferencialmente em Santo André, onde a Lia Mora.

Anota aê o e-mail pra enviar seu currículo lindão: [email protected]

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Repasse o e-mail pra alguém que tenha interesse na vaga! E não esqueça de compartilhar a matéria pra mais mulheres agarrarem essa oportunidade!

Relembre aqui a história da Lia: tem uma atualização que você precisa saber – e celebrar!

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

crédito da foto: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,419,547SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Foto de mulher ajudando mãe desconhecida a cuidar do filho viraliza

A norte-americana Becca Kinsey era uma mãe em apuros voltando com os dois filhos - um de 5 e outro de 2 - após...

Ex-vigilante vence depressão como manicure e faz sucesso entre as clientes em Curitiba

O ex-vigilante Robson Aparecido Barbosa, 42 anos, trabalhou por oito longos anos na área de segurança, tendo sido diagnosticado com depressão nesse meio-tempo. Após...

Coletora recebe ajuda para filhos estudarem Medicina em universidades federais

A coletora de materiais recicláveis Maria Aparecida, 41 anos, é só alegria! Os dois filhos mais velhos dela foram aprovados no curso de Medicina em...

Marido escreve livro para esposa que perdeu a memória após parto

Não é uma história daquelas de cinema, mas bem que poderia ser. O amor e o cuidado de Steve Curto por sua esposa, Camre....

Projeto desenvolve ações para facilitar a vida das pessoas no seu cotidiano

Criado pela Mercur, em Santa Cruz do Sul/RS, o projeto Diversidade na Rua tem por objetivo construir soluções que facilitem a vida das pessoas...

Instagram