Pernambucana desenvolve chip capaz de detectar 18 tipos de câncer em exame de 15 minutos

Natural de Caruaru, agreste de Pernambuco, a biomédica e professora universitária Deborah Zanforlin desenvolveu um dispositivo que promete revolucionar o diagnóstico precoce do câncer.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O chip é capaz de detectar 18 tipos da doença no estágio inicial, através de um exame de sangue que fica pronto em apenas 15 minutos.

Deborah conta que o dispositivo mapeia marcadores sanguíneos liberados por células cancerígenas nos estágios iniciais da doença. O diagnóstico precoce do paciente aumenta as chances de cura para 70%.

Deborah Zanforlin (à esq.) desenvolveu chip que detecta sinais de 18 tipos de câncer em estágio inicial
Deborah Zanforlin (à esq.) desenvolveu chip que detecta sinais de 18 tipos de câncer em estágio inicial

Outro ponto importante é que o chip não libera radiação. O sistema também é portátil e pode ser levado com facilidade para cidades do interior, onde o acesso o acesso ao diagnóstico e ao tratamento é difícil.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A portabilidade e rapidez do aparelho permite que os exames sejam feitos com maior frequência, pois o intervalo das sessões deve ser de, no mínimo, seis meses.

Além disso, Deborah diz que o sistema pode ser usado para outros diagnósticos. “O chip pode ser utilizado para outras doenças no futuro, mas eu estou há cerca de dois anos focada no diagnóstico e no tratamento do câncer”, afirma.

Ela viajou nessa quarta-feira (6) para Stanford, na Califórnia, nos Estados Unidos, para apresentar o chip na competição internacional BioScikin, na categoria Life Science.

via [Rádio Jornal]

Leia também: Jovem implanta chip no peito para guardar suas boas memórias de vida

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,780,571SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Universidade do Rio de Janeiro revalida diploma de engenheiro refugiado sírio

O mundo vive uma séria crise migratória e humanitária, por isso é tão importante falarmos sobre direitos humanos e sobre a questão dos refugiados....

Estudante coroa trajetória de luta como a primeira transexual a se formar na UEPG

Assim que colou grau no curso de Farmácia da Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), na última quinta-feira (28), Alícia Krüger, 22 anos, tornou-se...

Menino de 8 anos realiza sessões de cinema gratuitas para crianças carentes no Acre

A maioria das pessoas adora ir ao cinema, não é verdade? Rafael Kaweh, de oito anos, é apaixonado por filmes, especialmente por animações. Ele...

Antes de falecer, avó deixa bilhete e presente para primeira neta que se casasse

A Natália Pavani Pessiquelli teve a maior surpresa da sua vida ao chegar em casa depois de uma viagem e encontrar um presente especial...

Aplicativo ajuda deficientes visuais a identificar ônibus antes de embarcar

O BusID identifica a linha do ônibus através da câmera do celular e fala em voz alta para o usuário, sem precisar de conexão com a internet.

Instagram