Pescador encontra raríssima lagosta azul e devolve animal ao mar na Inglaterra

0
1815
Lagosta azul
A lagosta azul é raríssima, encontrada apenas uma vez a cada 2 milhões de oportunidades. Foto: reprodução/The Mirror

Se você tivesse a sorte de encontrar algo que só é visto uma vez a cada 2 milhões de aparições, o que faria? O pescador Tom Labourn, 25 anos, decidiu jogar ao mar (literalmente) o seu grande achado ao pescar a raríssima lagosta azul, em Penzance, Inglaterra.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Tom devolveu o animal ao mar, porque ele não possuía o tamanho necessário e exigido pelas autoridades britânicas. Para não dizer que foi história de pescador, o jovem tirou algumas fotos da belíssima lagosta azul. Olha isso! 😍

Lagosta azul e lagosta marrom
A lagosta azul tem dificuldades de se camuflar em relação a outros animais de sua espécie. Foto: reprodução/Daily Mirror

Segundo as lendas e crenças dos pescadores, cruzar com uma lagosta azul é sinal de sorte e boas marés. Dificilmente alguém comercializaria um animal que traz energias tão boas, né?

“Esta é a apenas a minha segunda temporada de pesca então acho que sou bem sortudo. Eu medi e ela era pequena, então eu nunca ficaria com ela. Se fosse maior, teria levado para o santuário nacional de lagostas”, contou Tom ao The Mirror.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pescador posando em foto em barco
Foto: reprodução/Daily Mirror

De acordo com o jornal, a lagosta azul tem esta coloração por uma anomalia genética que causa uma produção exagerada da proteína crustácea. Diferente de suas irmãs que levam consigo tonalidades como cinza e marrom, a lagosta azul enfrenta uma grande dificuldade para se camuflar no mar, o que a torna presa fácil para predadores.

Torcemos para que a bela lagosta que Tom encontrou no fundo dos mares britânicos contrarie as expectativas e tenha muitos anos de vida.

Ah, e que o pescador realmente seja abençoado com a sorte da lenda da lagosta azul, né?! 🍀


Quer conhecer mais uma história inspiradora? Dá o play!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.