Pesquisa mostra que 43 milhões de britânicos praticaram atos de bondade durante pandemia

Clique e ouça:

Sabe aquela frase “Ninguém solta a mão de ninguém”? Então, uma pesquisa feita pela Cruz Vermelha mostrou que 7 em cada 10 pessoas que moram no Reino Unido praticaram algum ato de gentileza e ajuda ao próximo desde o início da pandemia no país.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em outras palavras, 43 milhões de britânicos se engajaram em ações de solidariedade, seja doando recursos a famílias ou instituições em necessidade ou se voluntariando em ações sociais.

Para exaltar esse número incrível de pessoas, a Cruz Vermelha reservou um enorme e icônico outdoor na região de West End, em Londres, para agradecer todos os atos de generosidade.

pesquisa mostra solidariedade entre povo britânico
“A bondade nos manterá unidos”, diz o outdoor. Foto: Matt Crossick

Apoie um trabalhador autônomo nessa crise e faça sua doação no Mercado Solidário. Clique aqui para contribuir!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O mesmo outdoor, conhecido como Piccadilly Circus, foi doado para caridade e estava servindo como um espaço para pedir doações.

Além da pesquisa ser um ótimo exemplo de como a pandemia de Covid-19 uniu o povo britânico, ela também demonstrou como o povo está se voluntariando mais do que nunca: só a Cruz Vermelha recebeu 80 mil pedidos de inscrição em apenas dois meses.

Esses voluntários atendem comunidades carentes e distribuem toneladas de comida e outros insumos a milhares de famílias desempregadas todos os dias, além de ajudar idosos a fazerem compras, enviar cartas para o correio ou até ajudar na limpeza das ruas. O voluntariado não para!

pesquisa mostra solidariedade entre povo britânico
Foto: Matt Crossick

O Razões tem seu próprio podcast para espalhar boas notícias, ouça os episódios na sua plataforma favorita clicando aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Sou voluntário sempre que posso – noites, fins de semana e madrugadas”, explica Emmaunuel Cudjoe, que entrega comida e medicamentos em casas de refugiados na região de Hackney.

“Não faz sentido esperar o Covid-19 passar e pensar ‘ah, eu poderia ter feito mais’ quando é tarde demais. Há pessoas por aí que estão realmente precisando – me disseram que muitos não podem conseguem ter acesso a suprimentos básicos necessários para permanecerem vivos e isso é absolutamente devastador. É importante nos unirmos para mostrar bondade, porque vi como pequenas ações podem causar um grande impacto na vida de tantas pessoas”, disse o rapaz, que ajuda a Cruz Vermelha.

pesquisa mostra solidariedade entre povo britânico
Pesquisa da Cruz Vermelha descobriu que 7 em cada 10 britânicos se envolveram em ações de solidariedade. Foto: Matt Crossick

Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Este é o momento em que as ações, por menores que sejam, são capazes de fazer uma enorme diferença na vida de outras pessoas.

Embora esse vírus possa nos separar, a gentileza nos mantém juntos“, diz Zoë Abrams, diretora executiva da Cruz Vermelha Britânica. “Queremos agradecer a todas as pessoas que demonstraram gentileza durante este período difícil”.

Você pode se voluntariar ou fazer uma doação para a Cruz Vermelha aqui no Brasil clicando aqui.

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: Good News Shared

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,054,510FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
17,964SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Garoto recebe ajuda de gamer profissional e sugere vender latinhas para retribuir

Essa semana muita gente se emocionou com a história do garoto Guilherme, um menino humilde que gosta de jogar um game chamado Free Fire,...

Adolescente recusa oferta de R$ 46 milhões por site sobre Covid-19

O que você faz quando tem 17 anos? Pensa em estudar, curtir a balada, se divertir. Mas, não o Avi Schiffmann. Ele construiu um...

Mãe que anunciou faxina por R$ 20 para alimentar filhos comove internautas e recebe R$ 53 mil em doações

A jovem mãe Liliane está desempregada e as faxinas foi o meio que encontrou pra não faltar comida em casa.

História de amor: marido larga tudo para cuidar de esposa em estado vegetativo

Essa é mais uma história sobre o amor na sua forma mais poderosa! Há dois anos David Cesar, 27 anos, cuida da sua esposa...

Vizinhos compram todos os picolés de idoso e arrecadam R$ 300 mil para ele

Os vizinhos de um senhorzinho compraram todos os seus picolés para que o idoso pudesse ir para casa e descansar. Esse ato de bondade vem...

Instagram

Pesquisa mostra que 43 milhões de britânicos praticaram atos de bondade durante pandemia 14