Pesquisadores descobrem proteína no sangue que pode ajudar no tratamento e reabilitação de AVC

O AVC (Acidente Vascular Cerebral) é a segunda causa de morte no mundo. De acordo com a OMS, 15 milhões de pessoas são afetadas no mundo e dessas, 24% chegam a óbito.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Hoje não existe um tratamento que possa diagnosticar com precisão as extensão do AVC no paciente. E foi com base nisso, que a ONG Mayo Clinic, da Flórida (EUA), desenvolveu um biomarcador no sangue, para resolver o problema.

AVC
Foto: Unsplash

Ajude o seu Luiz, idoso que trabalha como carroceiro, a se manter na pandemia. Contribua para essa vaquinha!

Como funciona o biomarcador?

O projeto do biomarcador foi publicado na semana passada na revista Science Translational Medicine e deve ajudar bastante os médicos a preverem o prognóstico da doença.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O biomarcador é uma proteína conhecida como Luz de Neurofilamento (NFL). Essa proteína é liberada no líquido cefalorraquidiano (que banha o cérebro), quando acontece os dois tipos de AVC, o hemorrágico e o isquêmico.

De acordo com os pesquisadores, a quantidade de NFL liberada durante o AVC indica a gravidade da lesão causada no cérebro.

pesquisadores descobrem bioestimulador para AVC
Foto: Pexels

Para se certificarem da descoberta, os pesquisadores da Mayo Clinic mediram as concentrações de NFL no sangue de 396 voluntários. Desse grupo, 317 pacientes se recuperavam de um AVC, enquanto 79 estavam saudáveis.

O grupo ainda examinou se os números poderiam indicar a gravidade da doença ou uma possível recuperação. Nesse caso, os níveis da proteína foram comparados ao grau de lesão cerebral e estado neurológico, funcional ou cognitivo dos participantes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Tratamentos e reabilitação mais precisos

Com a análise dessa proteína, os médicos têm mais segurança na hora de agir e determinar quais os tratamentos o paciente deve seguir.

Além disso, sabendo quais as técnicas que trazem melhor resposta para cada caso, as chances de recuperação e o tempo de reabilitação de cada paciente, serão favorecidos.

O chefe do Departamento de Neurologia da Mayo Clinic, James Meschia, afirmou que as “descobertas irão, em última instância, mudar a forma como os pacientes são tratados usando biomarcadores da NFL em ensaios clínicos para permitir a detecção mais rápida e confiável dos efeitos terapêuticos”.

Notícia maravilhosa, não é?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Superinteressante

[Nota da Redação]

A Água Camelo é uma mochila que fornece água limpa para famílias de baixa renda! Com o apoio de Cielo, ampliará ainda mais esse impacto, olha só:

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,396,397SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Gêmeos ficam de mãos dadas logo após o parto e se forem separados choram

Dizem que a relação entre dois irmãos gêmeos é mais do que especial. E se depender de João Nícolas e José Natan, eles...

Cão-guia salta em trilhos do metrô de NY para salvar dono após desmaio

O cão-guia Orlando, um labrador de quase 11 anos de idade, arriscou a própria vida ao saltar nos trilhos do metrô em uma estação...

Estudantes de Engenharia Civil constroem casinhas para cães de abrigo em Lajeado (RS)

Os estudantes usaram o conhecimento adquirido em sala de aula para dar mais conforto a seis cãezinhos de um abrigo. 

Sem herdeiros, idoso deixa empresa para secretária que trabalha há 40 anos ao seu lado

Deolinha trabalha na mesma empresa há 40 anos. Ela foi contratada por Juan Moreyra quando tinha apenas 12 anos e ocupa o mesmo cargo...

Esposa doa rim para ex-marido doze anos após separação

Mais de uma década após se separarem, a paranaense Beth Caperclaro doou um de seus rins para o ex-marido, Claus Ziegelmaier. “Como éramos esposo e...

Instagram