Pesquisadores da UnB desenvolvem tecnologia que ajuda paraplégicos a pedalar

É muito gratificante ver como 2020 trouxe pesquisas maravilhosas e que promovem mais acessibilidade às pessoas com deficiência.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Dessa vez, um grupo de pesquisadores da Universidade de Brasília (UnB) criou uma tecnologia que permite pessoas paraplégicas a pedalar e usando as próprias pernas!

Projeto Ema
Foto: divulgação

Vaquinha para Nilson comprar próteses e realizar sonho de carregar seu filho nos braços. Faça a sua contribuição!

O aparelho age como um atalho estimulando os músculos por meio de choques programados.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A tecnologia desenvolvida pelo projeto, realiza contração muscular de uma forma sequenciada e ritmada, capaz de gerar movimento. Dessa forma, o usuário consegue movimentar as pernas, gerando força suficiente para pedalar.

Projeto Ema
Foto: divulgação

A ideia é levar mais qualidade de vida para as pessoas, através do projeto. O grupo esclarece que o aparelho que permite pedalar pode ser usado na prática esportiva e na fisioterapia.

Os testes começaram em 2014, quando foi desenvolvida toda a parte de algoritmos e montagem do equipamento.

Eles cadastraram alguns voluntários para testar o aparelho e acompanharam o funcionamento por um tempo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Projeto EMA
Foto: divulgação

Os resultados dos testes foram tão promissores que a equipe do EMA, conseguiu levar um atleta para Zurique, na primeira edição da competição mundial Cybathlon – um campeonato em que pessoas com deficiência física competem utilizando sistemas de tecnologias de última geração.

A competição aconteceu em 2016. O time não conseguiu o primeiro lugar, mas deu um passo muito importante para o projeto.

Projeto Ema
Foto: divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Agora em 2020 eles levaram novamente a tecnologia para o Cybathlon, com adaptações recentes e mais modernas. O campeonato aconteceu no último final de semana (13 e 14), por meio de uma plataforma online.

A EMA foi a única representante do Brasil e ficou em sexto lugar na categoria “Corrida de Bicicleta por Estimulação Elétrica Funcional”.

Parabéns gente! Torcemos para essa tecnologia se tornar mais acessível a partir de agora e ajuda ainda mais pessoas!

Fonte: Projeto EMA

[Nota da Redação]

A Água Camelo é uma mochila que fornece água limpa para famílias de baixa renda! Com o apoio de Cielo, ampliará ainda mais esse impacto, olha só:

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,857,801SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Professora cria canal no Youtube para contar histórias infantis em Libras

Se tem uma coisa que não podemos negar é que a Internet democratiza e facilita e muito o acesso à educação. Hoje em dia...

Documentário esclarece alguns paradigmas a respeito do autismo

Já falamos sobre o autismo nesse post aqui no qual entendemos como uma autista se sente, hoje falaremos de um documentário feito pela MTV...

Menina que conquistou 3 ouros correndo descalça ganha ajuda da Nike

Uma menina conquistou três medalhas de ouro em uma competição de corrida nas Filipinas correndo apenas com ataduras coladas nos pés para não se...

Tupperware® celebra 45 anos no Brasil e 75 no mundo com homenagem a mulheres que transformam vidas

Tupperware® é uma marca global que reforça a confiança da mulher para acreditar em si mesma e apoiar outras mulheres. O resultado disso são...

Estudantes espalham cartazes contra homofobia na escola após colega sofrer ofensas

“Me senti acolhido e foi importante porque parecia que todo mundo estava contra mim.”

Instagram