Pessoas em situação de rua trocam cartas com mensagens de estímulo, motivação e força

Uma das propostas do Projeto Ruas é de que as pessoas que vivem em situação de rua possam conversar entre si, compartilhar suas experiências e criar laços de afetividade, pois uma conhece muito bem a realidade que a outra vive.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Deborah Barrocas, uma das fundadoras do projeto, conta que o projeto começou em 2014, com uma única pessoa  que levava sanduíches e águas para moradores de rua da região que ele morava, o projeto foi crescendo e hoje está nos bairros do Leblon, Botafogo e agora em Maceió, onde várias pessoas atendidas pelo projeto escrevem cartas e participam de outras atividades.

“Na prática é o seguinte: saímos todas as terças a noite e encontramos essas pessoas num mesmo local e horário, levamos doações de modo geral, alimentação e nosso tempo. Passamos algumas horas juntos e levamos diversas atividades de estímulo e informação, visando levar noções de cidadania a eles, buscar emoções, trocar ideias.. Ajudamos a tirar identidade civil, auxílios médicos e reabilitação química. Através desse desenvolvimento pessoal de cada um vamos vendo seus avanços pessoais, já temos alguns casos legais de superação. Uns 5 saíram das ruas definitivamente, uns estão em casa de reabilitação química, muitas identidades civis, muitos contatos familiares.. E por aí vai..”, disse Deborah ao Razões para Acreditar.

E continua: “Já levamos médicos, dentistas, psicólogos, sociólogos, barbeiros, artistas.. qualquer tema é relevante! E também fazemos visitas uma vez por mês aos que estão nas casas de apoio para ajudar a perseverar até o fim do tratamento.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

As cartas continuarão sendo enviadas para Maceió-AL, via Correios, permitindo às pessoas em situação de rua de diferentes regiões do país conversar entre si. Deborah destacou que a maioria das mensagens enviadas são de estímulo, motivação e força.

A inspiração veio de uma iniciativa realizada pela ONG internacional ATD Quarto Mundo. Com sede na França, ela conecta crianças que vivem abaixo da linha da pobreza em diferentes partes do mundo. O projeto ganhou o nome de cartas tapori. A ONG, inclusive, possui um braço brasileiro: a Brasil pela Dignidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja também: Projeto promove encontros de meditação e yoga com moradores de rua

Fotos: Projeto Ruas

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,258,127SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Garçom ouve grito de ‘socorro’ no mar e salva família inteira de afogamento

No último domingo (9), o garçom Guilherme Tawan dos Santos, 18 anos, estava prestes a assumir seu expediente em um quiosque de Mongaguá, no...

Adidas revela camisa do Manchester United feita de plástico retirado do oceano

A adidas Futebol revelou hoje o terceiro uniforme do Manchester United para a temporada 2018 e 2019. A nova camisa é inspirada pelo 50º...

Tisbe de Souza conquista bronze na natação: “Lembrei das vezes que pensei em desistir”

Subir ao pódio fez a curitibana Tisbe de Souza relembrar dos momentos de dificuldade em que pensou em desistir de competir: “Lembrei das muitas vezes em que pensei em desistir e de todo apoio que recebi".

Professores incentivam alunos a fazer afirmações positivas antes de entrar na sala de aula

Professores de uma escola primária de Atlanta, nos EUA, criaram uma simples, mas inspiradora iniciativa para fomentar a autoestima dos estudantes. Segurando um espelho, eles...

Noivo celebra cura de mulher após batalha contra o câncer com pedido de casamento [VÍDEO]

A Fernanda e o Thiago nos deram razões de sobra para acreditar no amor. A história deles mostra o quanto é possível ser feliz,...

Instagram