Ex-auxiliar de aeroporto retorna como piloto e faz primeiro voo pós-paralisação na Paraíba

Ruan Pontes é um jovem piloto de aeronaves de 24 anos. Neste mês, ele foi o responsável por fazer o voo de retomada das atividades aéreas do aeroporto João Suassuna, em Campina Grande (PB), o mesmo onde há cinco anos ele trabalhava como auxiliar, ajudando passageiros, organizando filas e conferindo bagagens.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No momento do pouso, a equipe jogou jatos de água no avião, o que é uma tradição para celebrar a retomada dos voos, e que deixou a volta de Ruan ao aeroporto ainda mais especial.

Rola para o lado e olha que cena linda: 🚒💦✈️💦🚒

A equipe toda recepcionou o antigo colega de trabalho e até o primeiro professor do curso de aviação foi lá vê-lo e levou uma homenagem para o piloto.

“Eu vi ele chegar um garoto aqui e sair um piloto. Foi uma alegria imensa de vê-lo em um voo que retornou as operações na cidade. A gente fez uma festa grande. Eu sempre vou ao aeroporto ver os nossos ex-alunos, é quase um sentimento de pai mesmo, de irmão mais velho e quando eles voltam aqui, eu faço questão de ir lá”, disse o professor Juliano Brandt.

Piloto de aeronave com funcionários de aeroporto
Ruan reencontrou os antigos colegas de trabalho. Foto: Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Piloto de avião com troféu ao lado de professor
Ruan recebeu visita e homenagem do professor de aviação. Foto: Arquivo pessoal

Ruan é natural de Volta Redonda (RJ), morou em Maceió (AL) e se mudou para Campina Grande para fazer o curso de piloto de aeronaves em 2014 na ESAC. No ano seguinte ele começou a trabalhar como auxiliar de aeroporto na cidade.

Vaquinha para a pequena Raíssa que sonha ser bailarina para ajudar sua família a ter uma casa

Garoto com uniforme de trabalho de pista de aeroporto em frente a avião
Ruan começou trabalhando como auxiliar de aeroporto em 2014 em Campina Grande. Foto: Arquivo pessoal

Depois de se formar, foi para Congonhas (SP) trabalhar como atendente de Check-in, foi promovido a Orange Cap, responsável pelo despacho da aeronave, foi promovido a assistente do piloto de apoio operacional no centro de controle das operações da GOL, e depois selecionado para copiloto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O INÍCIO DE UM SONHO:

Auxiliar de aeroporto na frente de uma turbina de avião

DEU TUDO CERTO:

Piloto de aeronaves

“A todos que sonham um dia em se tornar piloto de aeronaves, eu digo que o caminho não é fácil, mas com resiliência e força de vontade o objetivo pode ser alcançado através de uma caminhada estratégica com foco a cada passo até o objetivo de chegar aos céus e lá de cima ter a oportunidade de agradecer pela força na caminhada, aproveitar todos os belos momentos e forma de viver que essa bela profissão nos proporciona”, disse.

E assim, Ruan constrói Pontes por todo o Brasil.

Voa, garoto!

selo conteúdo original

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,851,931SeguidoresSeguir
24,983SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Irmã ajuda irmão gay a realizar o sonho dele e do seu marido de ser pai

O casal David e Brendan sempre quis ter um filho. Eles tentaram adotar uma criança, mas os obstáculos que foram aparecendo no processo de...

Kim Kardashian vai pagar 5 anos de aluguel para ex-detento que não conseguia lugar para morar

A socialite e empresária Kim Kardashian vem se destacando ultimamente não só pela fama nas redes sociais ou pelo  reality show Keeping Up with...

“Belas, recatadas e do lar”?: Mulheres mostrando que podem ser o que quiserem

Todo mundo deve estar acompanhando a repercussão do perfil que a revista Veja fez Com Marcela Teme, mulher do Vice-Presidente Michel Temer. Com o título...

Após susto, empresário curado da Covid-19 converte escritório em hospital gratuito

O empresário indiano do ramo de imóveis Kadar Shaikh deu uma linda prova de que não estamos no mesmo barco, senão, na mesma tempestade,...

Carpinteiro constrói abrigos de graça para pessoas sem-teto se manterem aquecidas no inverno do Canadá

O inverno é um período crítico para pessoas em situação de rua. E sabendo disso, o carpinteiro Khaleel Seivwright, de 28 anos, quis levar...

Instagram

Ex-auxiliar de aeroporto retorna como piloto e faz primeiro voo pós-paralisação na Paraíba 2