Dois pilotos gastam economias em avião para resgatar imigrantes

Dois pilotos de avião gastaram economias de uma vida inteira para um propósito maior do que interesses pessoais: salvar refugiados que cruzam o Mar Mediterrâneo buscando perspectivas de vida melhores na Europa.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os pilotos franceses José Benavente e Benoit Micolo juntaram seu esforço e dinheiro para comprar um avião de 150 mil dólares que será usado para resgatar imigrantes no mar.

“José e eu compramos o avião com nosso dinheiro, porque senão teríamos perdido muito tempo procurando financiamento”, disse Micolon à NBC News.

Benavente pratica trabalhos voluntários há 25 anos: já trabalhou, por exemplo, para a Cruz Vermelha, quando testemunhou os inúmeros desafios enfrentados pelos imigrantes sírios no seu país, afundado em uma guerra civil desde 2011.

pilotos avião resgatar imigrantes
Ajuda humanitária acima de interesses pessoais. Foto: Isabelle Serro/Pilotes Volontaires

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Micolon conheceu Benavente em 2006, quando eles estavam se preparando para tirar suas licenças de piloto de avião. Ele juntou-se à causa dos refugiados depois que Benavente lhe descreveu a crise humanitária que essas pessoas vivem.

Há alguns anos, milhares de refugiados se amontoam em pequenos barcos, como a única saída para encontrar segurança e trabalho nos países da Europa. Infelizmente, muitos desses barcos não chegam ao continente.

“É muito difícil localizar esses barcos, que às vezes transportam centenas de pessoas, e muitas vezes os barcos de ajuda chegam tarde demais”, dizem os pilotos que estão à frente do grupo de resgate Pilotes Volontaires.

“Nós nos recusamos a aceitar esse fato como uma fatalidade e queremos agir para salvar mais vidas. Nossa missão é fornecer apoio aéreo, graças ao nosso avião adaptado para buscas no mar.”

pilotos avião resgatar imigrantes barco
Muitos barcos não chegam ao continente. Foto: Pixabay/Creative Commons

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Benavente e Micolon compraram o avião em janeiro e fizeram no início de maio o primeiro voo sobre o Mediterrâneo para procurar barcos tripulados por imigrantes. Com o apoio de várias organizações sem fins lucrativos para coordenar os resgates, eles agora podem detectar botes salva-vidas e direcionar navios de resgate para esses locais.

O pequeno avião foi batizado de “Beija-Flor” e faz alusão a uma história de nativos americanos sobre um beija-flor que tenta deter um incêndio florestal pegando gotas de água com seu bico e as soltando sobre as chamas. Quando outros animais perguntam o que o beija-flor está fazendo, ele responde: “Eu faço o que posso”.

Leia também!

Imigrante escala prédio para resgatar menino pendurado em Paris

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foto de capa © Isabelle Serro/Pilotes Volontaires

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,782,693SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Senhora de 80 anos arrasa no Britain’s Got Talent!

Esse vídeo mostra uma senhora de 80 anos, Janey Cutler, sete filhos, treze netos e quatro bisnetos, que se apresentou no Britain's Talent em...

Estudante vende palha italiana na Paulista para cursar medicina em Harvard

“Eu ouvia a palavra Harvard nos filmes, mas pensava: ‘será que um dia eu vou tá lá’ e hoje tenho a chance de ir”, diz o estudante.

Fotógrafa capta as expressões quase humanas de animais em extinção

A fotógrafa alemã Manuela Kulpa cria obras de arte muito bonitas com espécies ameaçadas de extinção, de fotografias tiradas em jardins zoológicos à parques...

Fundação Amy Winehouse cria casa de reabilitação gratuita para mulheres com dependência química

A cantora britânica Amy Winehouse morreu no dia 23 de julho de 2011, em decorrência de um envenenamento acidental por álcool. Cinco anos após...

Festival matinal Wake acontece em SP com renda revertida para projeto Chef Aprendiz

Cidade receberá edição da festa que reinventa a lógica urbana e traz DJs, performances, yoga e gastronomia saudável a partir das 7h da manhã.

Instagram