Animador da Pixar lança curta sobre experiência com seu filho autista

Clique e ouça:

No mês passado, a Pixar lançou três novas animações, que fazem parte do projeto “SparkShots”. Uma delas é Float (“Flutuador”, em tradução livre).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O curta-metragem apresenta a sensível relação entre um pai e um filho autista, no seu próprio mundo.

A animação de seis minutos foi completamente idealizada por Bobby Rubio, com base em suas próprias experiências pessoais.

Animador Pixar curta-metragem experiência filho autista
Float faz parte do projeto ‘SparkShots’, da Pixar. Foto: Divulgação

O enredo não fala diretamente sobre o autismo, mas aborda a relação dos pais com os filhos autistas, ou em condições diferentes.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Bobby vai muito além de uma abordagem óbvia e acrescenta um toque de magia que inspira coragem e força de vontade para superarmos quaisquer obstáculos após assistirmos o curta.

Leia também: E se as animações da Disney/Pixar fossem sobre o folclore brasileiro?

Enredo

A história começa com o pai soprando um dente de leão, perto do filho. Quando os esporos começam a flutuar, até o bebê voa, para surpresa dos que estão ao seu redor. O pai percebe, assustado, que seu bebê ‘flutua’ (daí o nome da animação).

Apesar de ser inofensivo para todos, é notável sua diferença das outras crianças que não flutuam. Então, o pai tenta impedir que os outros vejam seu filho flutuar; ele procura mantê-lo dentro de casa enquanto cresce. Mas o filho escapa e flutua pelo playground. A criança está feliz, mas os outros pais no parquinho se assustam.

Animador Pixar curta-metragem experiência filho autista
Animação da Pixar aborda relação entre pai e filho autista. Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em meio à tensão, o único diálogo do curta diz: “Por que você não pode simplesmente ser normal?!”.

Ao perceber que isso machucou seu filho, ele cai em si, e, em vez de continuar a segurá-lo, para protegê-lo dos pais de crianças que não flutuam, ele deixa o filho flutuar livremente… Lindo demais!

Confira o trailer abaixo:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O curta-metragem termina com uma dedicatória de Bobby: “Para Alex. Obrigado por me tornar um pai melhor! Dedicado com amor e compreensão a todas as famílias que têm crianças consideradas diferentes”.

Leia tambémNova animação da Pixar aborda temas como morte e mundo das almas; veja trailer

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

Fonte: NSC Total

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,078,209FãsCurtir
2,422,376SeguidoresSeguir
20,712SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Confeiteira é humilhada por cobrar taxa de entrega de R$2 e recebe apoio de internautas

A confeiteira Ângela Oliveira foi humilhada por uma cliente que se recusou a pagar a taxa de entrega do seu bolo de pote. Na troca...

Sogro anda de mãos dadas com genro para ajudá-lo a superar medo de sair na rua com o namorado

Fran guarda algumas memórias ruins de um passado recente, quando ele sofreu preconceito por ser homossexual. O jovem foi agredido fisicamente, além de ter passado...

Vaquinha para motoboy humilhado bate mais de R$100 mil em menos de 24h

Todo mundo acordou ontem precisando engolir a seco a história do Matheus Pires, de Valinho (SP). Vivemos em um país onde ainda há muita indiferença...

Homem raspa cabelo da namorada com alopecia, depois o seu também e ela não aguenta a emoção

Quando a gente escuta que amar não tem limites, a gente fala de gestos como o de Damien! Ele namora Eva Barilaro e, recentemente, os...

Holanda bate recorde e é o primeiro país sem nenhum cão de rua abandonado

O governo holandês deu uma notícia inspiradora para todo o mundo. O país é o único a não ter cães de rua abandonados. Isso é...

Instagram

Animador da Pixar lança curta sobre experiência com seu filho autista 13