Pizzaria ensina garoto que estava chorando a fazer pizza para acalmá-lo

Quem é mãe ou pai já deve ter passado por uma situação parecida, quando o filho abre o berreiro em um local público e você não consegue fazer nada para acalmá-lo. O pequeno Heitor estava num desses dias e a família ficou desesperada. Mas a atitude da dona da pizzaria mudou tudo. Ela levou o garoto para conhecer o processo de produção das pizzas e o jantar da família, que estava super desconfortável, virou uma noite especial.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele estava muito agitado, chorando muito e sem querer aceitar nada que os pais sugeriam, gritava com a mãe, respondia com agressividade, fazia birra”, explicou a empresária Danielli Dellago, proprietária da Pizzaria La Bambina’s Pizzas, na cidade de Caieiras (SP).

A mãe de Heitor, Caroline Silva, disse que o filho provavelmente estava com ciúmes do irmãozinho mais novo, um processo que costuma acontecer com filhos mais velhos. “Ele está bem ciumento pelo nascimento do irmão, não sei se é só isso ou a idade também… Já não sabia mais o que fazer, se levava no banheiro e dava umas palmadas, se sedia a birra, se ia embora. Foi um momento de estresse”, relatou Carol.

Foi aí que a Dani decidiu intervir. “Quando a Dani se aproximou, por um momento achei que ia nos dar uma bronca pelo barulho”, disse Carol. Mas não era isso, ela queria ajudar. “Eu perguntei: como é que você se chama? E ele disse: Heitor! Então, eu falei: nossa, por que você tá bravo? Ele fechou a cara. Foi aí que eu disse: faz o seguinte, vem com a tia que vamos aprender a fazer pizza, você quer? Aí ele abriu sorriso e a cara amarrada acabou na hora”, relatou a empresária sorridente.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Heitor ficou vendo o pizzaiolo João preparar as pizzas dos clientes e depois ele foi convidado para também fazer uma pizza. “Era um fim de domingo, sem muito movimento, então o João chamou o Heitor para fazer a pizza. Ele fez a massa, passou o rolo, abriu, pôs molho, escolheu o recheio e colocou no forno com a nossa ajuda. No fim, ainda levou a pizza pra casa”, relatou Dani.

A família, então, conseguiu jantar tranquilamente e o garoto não deu mais trabalho nenhum o restante da noite.

Atitude que fez a diferença, principalmente na vida de uma mãe! No final me senti muuuito privilegiada e feliz com o acontecido. Pois nós mães somos julgadas o tempo todo, tudo que nosso filho faz, reflete diretamente em nós. É difícil saber o que é certo e o que é errado, e como agir em determinadas situações. Mas hoje, após esse acontecido, vejo que há muitas possibilidades, e que nós mães devemos muito mais ajudar umas às outras do que julgar tanto”, disse Carol.

Pra mim foi uma coisa boba, algo tão normal, um gesto do dia a dia, como se estivesse fazendo com meu filho, meu sobrinho”, disse Dani. 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Cliente faz pedido de pizzas e recebe mensagem para coroar o reencontro com amigos da escola

Toquinhas para a criançada botar a mão na massa

Depois que a história se espalhou, duas irmãs, de 3 e 7 anos, foram com a família à Pizzaria La Bambina’s Pizzas e pediram para aprender a fazer esfirras. Por essa a pizzaria não esperava, mas a empresária já providenciou até toquinhas de cozinheiro para as crianças que quiserem botar a mão na massa!

Uma simples atitude proporcionou uma noite especial para a família. E a pizzaria que leva o nome de criança em italiano sabe realmente muito bem como tratar os pequenos. Parabéns, La Bambina’s! 🍕🥰

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

crédito das fotos: Caroline Silva/Arquivo pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,765,320SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Projeto ensina capoeira para alunos com paralisia cerebral

Histórias inspiram e pessoas são grandes exemplos de que todo tipo de talento pode ser usado para o bem! É o caso do professor Wellington Aversa da...

Nas Filipinas, professores inauguram call center para ajudar alunos com dificuldades na aprendizagem à distância

Se a educação à distância deixou de ser uma tendência e transformou-se em realidade global, este tipo de ensino oferece inúmeros desafios. Por isto,...

Nanico Car, carro 100% brasileiro, deve começar a ser produzido ainda esse ano no Ceará

Ainda esse ano devemos ver os primeiros Nanico Car à venda! Criado pelo designer brasileiro Caio Strumiello e seu sócio, o físico Paulo Roberto, o protótipo, que...

Este povoado no Acre tem a economia baseada em troca – e dá muito certo

O Acre existe sim! O antropólogo Roberto Rezende foi matar a curiosidade e decidiu conhecer um pouco mais dos habitantes da reserva extrativista de Alto...

Como a meditação reabilitou presidiários na maior prisão da Índia

A maior parte dos presos, submetem-se a uma profunda mudança, vendo o fato de estarem encarcerados como o recomeço de uma nova vida.

Instagram