Rede de placas solares leva energia para 80 mil pessoas em Serra Leoa pela 1ª vez em 60 anos

Dezenas de aldeias e pequenas comunidades de Serra Leoa, um pequeno país na África Ocidental, estão sendo beneficiadas por um projeto social que leva energia solar, 100% renovável, para suas casas – pela primeira vez em 60 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Cerca de 80 mil pessoas que estiveram fora do alcance do fornecimento energético no país por décadas, finalmente têm energia em abundância para uso – e sem risco de apagões.

A iniciativa, batizada de Projeto Movamba, é financiada pelo Projeto de Energia Renovável Rural (RREP) do Reino Unido, com 32 micro-redes solares totalizando 1,7 megawatts, suficientes para alimentar mais de vinte mil residências e 23 centros de saúde.

Rede de placas solares leva energia para 80 mil pessoas em Serra Leoa pela 1ª vez em 60 anos 2

Uma dessas redes já está online – na comuna de Foredugu, que não tem energia regular há 60 anos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Luz é essencial e todos os serra-leoneses devem ter acesso à eletricidade”, disse Alhaji Kanja Sesay, Ministro de Energia do país.

Para ele, o fornecimento de eletricidade é, – para além de um direito universal, – algo estratégico, uma vez que a luz traz desenvolvimento econômico e melhora da qualidade de vida das pessoas, em especial as que vivem nas zonais rurais de Serra Leoa.

Nos últimos meses, o Projeto Movamba registrou avanços notáveis ​​no interior do país africano. Atualmente, 21 das micro-redes solares financiadas pelo RREP já foram iniciadas ou concluídas, totalizando 630 quilowatts-hora.

Rede de placas solares leva energia para 80 mil pessoas em Serra Leoa pela 1ª vez em 60 anos 3

“Essas pessoas incluem, por exemplo, o comerciante Kadiatu Maseray, que com eletricidade acessível e confiável aumentou os lucros de seu negócio de bebidas frias em 300% e a Escola Conakry Dee Junior, que viu um aumento de 25% na frequência e 235% no número de alunos que frequentam as salas de aula”, disse Nicole Poindexter, CEO e fundadora da Energicity Corporation, a empresa de energias renováveis ​​com sede na África Ocidental responsável pelo projeto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Nicole enfatizou que o custo para mudar a vida de tantas pessoas, até aqui, tem sido bastante baixo: foram investidos US$ 1,7 milhão (R$ 10 milhões) nas placas solares, com um custo-benefício extraordinário.

Com um investimento de US$ 10 milhões previstos em energia solar, o Projeto RREP pode alcançar meio milhão de pessoas nos próximos anos!

Junto à Stone, viajamos o Brasil para mostrar negócios que muita gente acha que não daria certo na nossa terrinha – e dão! Veja o 7º EP da websérie E se fosse no Brasil?

Fonte: GNN
Fotos: RREP UK

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Rede de placas solares leva energia para 80 mil pessoas em Serra Leoa pela 1ª vez em 60 anos 5

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,971,659SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Alagoana de 8 anos mapeia 23 asteroides e se torna astrônoma mais jovem do mundo

Nicole Oliveira, a "Nicolinha", pode ter apenas 8 anos, mas já mapeou 23 asteroides espalhados pelo Sistema Solar, o que a torna a astrônoma...

Noiva que sobreviveu à leucemia dança valsa com doador que salvou sua vida

Imaginem a emoção de dançar valsa com doador que fez com que você sobrevivesse a um tratamento. Sabe aquela máxima "fazer bem sem ver a...

Dr. Drauzio Varella dá lição importante sobre a homossexualidade e homofobia

Em época de eleição a criminalização da homofobia é um assunto muito tocado nos debates políticos e nas mídias sociais, principalmente após a presidenciável...

Idosa escreve milhares de cartões para agradecer caminhoneiros por entregas na pandemia

Você já parou para pensar o quanto o trabalho dos caminhoneiros tem sido essencial? Pois a idosa Beverley Perrin sim! A canadense decidiu entregar...

Mãe viaja mais de mil quilômetros para adotar menina com síndrome de down

Até onde o amor de mãe pode levar? Para Paola, ele não mede distâncias. A goiana esperou cuidadosamente para alcançar o desejo de adotar...

Instagram

Rede de placas solares leva energia para 80 mil pessoas em Serra Leoa pela 1ª vez em 60 anos 6