Startup cria plataforma para empresas premiarem funcionários que usam bicicleta

E se as empresas participassem ativamente da mudança e incentivassem seus funcionários a andar de bicileta?

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

É exatamente o que a startup Bike na Firma quer ajudar a acontecer.

“Hoje, a média de funcionários que vão para a empresa de bicicleta, em São Paulo, fica entre 2% a 3% de toda a base da empresa. Até mesmo o Google, que é super moderno e criativo, tem apenas 30 funcionários ciclistas entre seus 600 contratados. Nós queremos mudar isso”, diz a designer Fabia Barbieri, 39 anos, sócia e diretora executiva da startup em entrevista para a Revista PEGN.

Fundado em 2013, como um projeto de mobilidade do laboratório criativo Señores, em São Paulo, pela Fabia e pelo publicitário Marcelo Costa, 37, contou com um aporte inicial de R$ 40 mil.

A ideia nasceu após eles fazerem algo semelhante em seu ambiente de trabalho e recompensar quem de sua equipe usasse bicicleta com HH, presentes, entre outros.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Quando os nossos clientes viram que a gente ia até eles de bicicleta, ficaram interessados e perguntaram como a gente organizava isso na empresa. Percebemos que existia um público e decidimos desenvolver uma plataforma”, conta Fabia.

Já sã0 500 ciclistas em sua base, e já estão em sua segunda versão de testes com ajuda de 5 empresas. São 19 mil quilômetros contabilizados. “Agora é a própria empresa que define quais serão as premiações. Algumas dão finais de semana em resorts para os funcionários que pedalam mais, outras dão prêmios temáticos, como a Easy Táxi, que oferece camisetas, capacetes e bonecos de Star Wars como recompensa”, explica.

Empresas com até três ciclistas poderão usar o serviço de graça, outras com quatro a cem ciclistas terão que pagar uma taxa mensal de R$ 300, e acima disso o valor será de R$ 500. “No fim, as empresas percebem que, na verdade, é um benefício para elas seus funcionários trabalharem de bicicleta, pois, além de gastarem menos com táxis, vagas de garagem e carros corporativos, também contam com funcionários mais saudáveis e produtivos”, diz.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,839,934SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Corajoso, menino de 11 anos aciona resgate sozinho e salva mãe que desmaiou em casa na Praia Grande

Na última segunda-feira (15), um menino de 11 anos acionou o resgate sozinho, na Praia Grande, cidade do litoral de São Paulo, para salvar...

Escolas no Ceará utilizam cordel para ensinar sobre Lei Maria da Penha

Com o apoio do Instituto Maria da Penha e a Secretaria de Educação do Ceará (Seduc), o cearense Tião Sampaio criou o cordel "A Lei Maria...

Animação muito fofa conta a história de dois garotos que descobrem o amor

Finalmente, aquele curta – poderia ser um filme! – que a gente tanto aguardava.

Goleiro da seleção do Irã morou na rua antes de ser atleta profissional

Uma vida dura antes de se tornar jogador de futebol profissional e representar seu país no maior evento esportivo do mundo.

Menino que amputou perna por causa de câncer realiza sonho de surfar 

Juan já está guardando as primeira medalhas dos campeonatos de surfe que participa e ainda tem o sonho de se tornar surfista profissional.

Instagram