Array

Plataforma permite que desconhecidos convertam compras em doações para ajudar trabalhadores informais

Em tempos de crise do coronavírus, nos perguntamos como os trabalhadores autônomos e informais estão vivendo. 😔 Buscando prestar auxílio a esse grupo, nós do Razões criamos com carinho uma plataforma muito especial!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Conheçam o Mercado Solidário da Voaa. Nele, estamos cadastrando autônomos que precisam de ajuda.

Sabemos que muitos trabalham como vendedores ambulantes, com encomendas, entre outros, visto que o movimento nas ruas e a procura caíram radicalmente após o isolamento social recomendado pela OMS (Organização Mundial da Saúde).

Pensando nisso, no Mercado Solidário você poderá “comprar” um produto ou serviço desse trabalhador sabendo que, na verdade, essa compra será convertida numa doação para essa pessoa. Demais, não é mesmo?!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A intenção não é comprar para consumir, mas para ajudar

Vocês já acompanharam histórias super legais de pessoas que compraram um produto ou serviço com a intenção de ajudar e não de consumir?! (Como da imagem abaixo) Então, é exatamente essa a proposta do Mercado Solidário.

conversa de app de entrega de comida
Foto: Reprodução/ Linkedin Douglas Gomides

Você escolhe um trabalhador clicando aqui e faz a sua compra sabendo que ela será na verdade uma doação. Legal, não é mesmo?

A “compra” pode ser feita por meio de boleto bancário ou cartão de crédito. E garantirá a esse trabalhador uma renda no final do mês. 🙏🙏

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quem são esses trabalhadores informais?!

Infelizmente, nesse difícil cenário não conseguimos ajudar todos, mas selecionamos com carinho pessoas que já passaram pelo Razões e até mesmo trabalhadores que chamaram atenção pela situação que estão vivendo.

Conheça abaixo essas histórias e contribua!

Todos são especiais e precisam de ajuda. Conheça-os:

1- Jonas está com kombi parada e sem trabalhar devido ao coronavírus.

trabalhador autôno Jonas da Kombi
Foto: Arquivo Pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

2- A confeiteira Cida está sem encomendas, essa é a sua única fonte de renda.

confeiteira autônoma Cida Guilherme
Foto: Arquivo Pessoal

3- Família boliviana está sem costuras e sem renda.

família boliviana trabalho informal costuras
Foto: Arquivo Pessoal

4- O vendedor de frutas Diego Saldanha está parado, já que não pode ir na rua trabalhar.

vendedor de frutas Diego Saldanha
Foto: Arquivo Pessoal

5- Leonardo parou de fazer delivery dos seus salgados para proteger o filho que tem doença grave.

pai trabalhador autônomo com filho com doença sem cura
Foto: Arquivo Pessoal

6- Débora é mãe de quatro filhos que está sem vender suas trufas.

vendedora de trufas débora
Foto: Arquivo Pessoal

7- Geise teve todas as encomendas de ovos de Páscoa canceladas.

confeiteira Geise que teve ovos de Páscoa cancelados
Foto: Arquivo Pessoal

8- A cabeleireira da Edileuza que está sem cliente desde a quarentena.

cabeleireira autônoma Edileuza
Foto: Arquivo Pessoal

Vamos apoiar esses trabalhadores? Clique aqui e acesse o Mercado Solidário.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,640,029SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Maju Coutinho encontra menina que se identificou com ela na TV: ‘É meu cabelo aqui’

Durante o Encontro com Fátima Bernardes, nos Estúdios Globo, no Rio de Janeiro, Maju e Maria se encontraram pela primeira vez.

O que acontece quando as pessoas percebem como seus entes queridos as avaliam

Somos muitas vezes nossos próprios críticos mais severos, mas isso pode nos limitar de forma até cruel. Um experimento social pediu para que entes queridos...

Professor cego e cadeirante inspira alunos com sua história

Professor formado em pedagogia, Osvaldo Fernando Moreira, de 29 anos, foi vítima de uma rara doença degenerativa que lhe tirou a visão e parte...

Vovó de 97 anos cria canal de culinária para se entreter

Uma vovó de 97 anos criou um canal de culinária na internet para se entreter na quarentena e compartilhar um pouquinho da sua experiência...

Conheça Nika, uma bebê haitiana com hidrocefalia salva da morte por uma voluntária

Foram dois anos de muita luta para que a menina não tivesse um destino trágico!

Instagram