Plataforma de voluntariado da IBM liga colaboradores a ONGs

A IBM acaba de lançar no Brasil sua plataforma de voluntariado, o IBM.org. O objetivo da ferramenta de responsabilidade social é que funcionários da empresa no mundo todo possam conhecer histórias de outros colaboradores, que já são engajados em ações sociais. Com isso, os colaboradores terão a oportunidade de conhecer iniciativas de ONGs brasileiras e de outros países, e colegas em quem se inspirar para dedicar um pouco do seu tempo ao voluntariado.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Como funciona

Para as ONGS, o IBM.org é um espaço onde necessidade e desenvolvimento se unem de um jeito fácil e prático. Pela plataforma é possível descobrir funcionários que tenham habilidades e conhecimentos precisos e que estejam disponíveis para colaborar em projetos de voluntariado. E estes colaboradores podem ser atuantes ou aposentados na empresa. No mesmo espaço, o interessado ainda encontra informações sobre as ONGs parceiras.

De acordo com Juliana Nobre, Gerente de Cidadania Corporativa da IBM Brasil: “O diferencial do site é que ele transforma essa experiência não apenas para os IBMistas, mas também para as ONGs, porque proporciona um espaço único para aprender e participar ativamente dos esforços de impacto social da IBM”.

Juliana Nobre, Gerente de Cidadania Corporativa da IBM Brasil. Foto: Arquivo pessoal

As oportunidades de voluntariado podem ser encontradas na aba IBM Volunteer Portal, onde os colaboradores também podem realizar doações às organizações escolhidas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Todo ano, o IBM.org fornece acesso aos relatórios de responsabilidade social da companhia, que revelam seus esforços para prover tecnologia e talento para enfrentar os mais difíceis desafios do mundo.

“Um deles é o uso de tecnologia do laboratório de pesquisa da IBM no Brasil para ajudar os agricultores a serem mais bem-sucedidos. Durante 2018, de acordo com o relatório anual de responsabilidade corporativa, a empresa fez contribuições de US$ 392,5 milhões em todo o mundo”, afirma Juliana.

Impacto em diferentes áreas

Com o lançamento da plataforma também em solo brasileiro, o IBM.org se torna mais global, flexível e focado. Além disso, o sistema pode gerar um impacto maior em setores que se conectam à estratégia da companhia de tecnologia, como: saúde, educação e fatores ligados à desastres naturais.

Call For Code

Prova disso, foi a criação no ano passado do programa global Call For Code.

“A ideia do Call For Code surgiu em 2018 como resultado de uma parceria entre a IBM e a David Clark Cause para idealizarem um projeto que pudesse reunir desenvolvedores de startups, de universidades e de empresas para resolverem uma das questões sociais mais urgentes do nosso tempo: prevenção, resposta e recuperação de desastres naturais”, explica Juliana.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Portanto, programadores são convocados para criarem tecnologias que possam ajudar a população em situações de desastres naturais. Como aplicativos que utilizem dados de meteorologia e que contém informações com o intuito de alertar farmácias para ampliarem a distribuição de remédios, água engarrafada e outros itens baseados na suspensão determinada pelo clima naquele momento.

Além disso, também é possível desenvolver um sistema que prevê quando e onde é o desastre mais grave, “para que as equipes de emergência possam ser despachadas antes do tempo em números adequados para tratar os necessitados”, reforça Juliana.

Ela ainda conta que a equipe vencedora recebe um prêmio em dinheiro e acesso a todo suporte necessário por um longo período para que a ideia saia do papel e se torne um aplicativo real, por meio da iniciativa de implementação do IBM Code and Response e da parceria da IBM com a Linux Foundation.

Cidadania Corporativa IBM. Foto: Divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Call For Code no Brasil

Em junho deste ano foi a vez da IBM Brasil aderir às ações do projeto e realizar o evento Call For Code Brasil. O encontro se tornou “um Ideaton no Rio de Janeiro para 100 pessoas – algo similar a um hackathon, porém com o objetivo de definir ideias e criar escopos de projetos que poderiam concorrer ao desafio global”, completa a gerente de Cidadania Corporativa.

Mais do que ações sociais que geram doações no mundo todo, a IBM visa encorajar seus funcionários a doarem seu tempo para ajudar o próximo, de acordo com suas competências. Só no ano passado, foram 1,3 milhões de horas de voluntariado.

PTECH – Centro Paula Souza. Foto: Divulgação

Neste momento, a empresa está em fase de ativações de comunicação interna para informar os IBMistas brasileiros sobre a nova plataforma. Juliana revela que a IBM está muito confiante de que o projeto nacional também será um sucesso e de que terá grande adesão “uma vez que a IBM e seus colaboradores têm uma longa trajetória em iniciativas de responsabilidade social”.

Esta é uma verdadeira experiência para todos da família IBM e para as ONGs parceiras!

Quem quiser conhecer mais sobre o IBM.org, acesse o portal aqui.

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,265,903SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Os melhores vídeos feitos para o Dia das Mães

Ok, o Dia das Mães é hoje, mas ainda dá tempo de vermos os melhores comerciais feitos para comemorar e emocionar a todas as...

A Flor Do Daniel

Um relato sobre amizade: "Toda vez que minha mãe vê uma florzinha dessa ela diz: a flor do Daniel. Um dia eu perguntei pq, eis...

ONG libera lista dos 20 artistas que mais fizeram caridade em 2017

2017 foi um ano em que muitos artistas cresceram, fizeram mais sucesso do que faziam e estouraram na mídia. Mas, quais foram os artistas...

Primeira modelo com Síndrome de Down a estrelar campanha da Gucci e Vogue Itália

Ellie Goldstein tem 18 anos e acaba de se tornar a primeira modelo com Síndrome de Down a estrelar uma campanha da Gucci! Ela...

Menino que vende barras de chocolate para ajudar a mãe ganha tênis de funcionários de loja

O garoto queria comprar um par de tênis, mas disse que não poderia gastar todo o dinheiro, pois precisa ajudar a mãe em casa. Ele tinha menos de R$ 20,00...

Instagram