Polícia turca tenta expulsar pessoas na parada LGBT com jatos de água e criam arco-íris acidentalmente

Um método de dispersão da multidão se transformou em um símbolo inconsciente de desafio e resistência, na Praça Taksim, na Turquia, onde a parada anual do orgulho LGBT estava sendo realizada.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A polícia turca usou caminhões com canhões de água e balas de borracha onde estavam as pessoas reunidas no centro de Istambul, apesar do desfile ter ocorrido pacificamente no ano passado.

[A Ana Paula é uma mulher trans e foi acolhida pela dona de um salão de beleza, após ter sido vista comendo comida do lixo. Tatiana criou uma vaquinha online para ajudar a moradora de rua a recomeçar sua vida do zero, saiba como ajudar aqui.]

Os participantes foram feridos pelos canhões, de acordo com o site Hurriyet, embora no momento da dispersão um espectador tirou uma foto que supostamente mostrou um dos jatos criando um arco-íris na luz solar.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

via

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,855,215SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Cultivar uma fazenda no topo de um prédio já é possível: conheça a história da Plant

Com a criação de hortas em espaços subutilizados de empresas, a Plant conecta as esferas ambiental, social e econômica.

Cuba desenvolve importante vacina contra o câncer de pulmão

Diretamente de Cuba uma notícia muito animadora do universo da medicina: uma vacina contra o câncer de pulmão. A Cimavax, segundo o MedicalDaily, não previne...

Casal com debilidades cuidam um do outro

Ahmad e Fatima, são um casal jovem que, embora Ahmad não tenha braços e Fatima não tenha pernas, cuidam um do outro com muito...

Jornalista almoça com idoso solitário e gesto comove a internet

O jornalista só queria comer uma feijoada para sentir que estava perto do pai dele, no Dia dos Pais, mas acabou ganhando um amigo.

Senhor de 91 anos com câncer já costurou mais de 8 mil gorros para desabrigados

Enquanto luta contra o câncer de pele, Morrie Boogaart, um senhor de 91 anos, faz gorros para moradores de rua. Ele já confeccionou mais de...

Instagram