Policiais constroem casa para mulher que cuida das filhas e do pai doente (GO)

Durante o período de folga, policiais militares organizaram um mutirão para construir uma casa para uma família carente de Goianésia, no interior de Goiás.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os PMs ficaram sensibilizados com a situação financeira de Maristela Rodrigues, funcionária do quartel que cuida de duas filhas e do pai, que está bastante doente.

Ajude a pedreira Renata a construir a própria casa

O capitão do batalhão de Goianésia, Alexandre Fernandes, conta que Maristela vive em uma casa pequena, com dois cômodos, construída com placas de concreto. O marido dela abandonou a família há alguns meses, e desde então, sua condição financeira rapidamente se deteriorou.

policiais ajudam na construção de uma casa para mulher que cuida do pai doente

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Policiais se sensibilizaram com situação de Maristela

“Ela é uma pessoa muito boa e está vivendo uma situação precária, mas nós sabemos que ela é uma guerreira; cuida das filhas, do pai – que é muito doente -, e paga a prestação do lote. Então, nós resolvemos ajudar”, disse Fernandes ao G1 de Goiás.

O aluguel do local custa R$ 580, o equivalente à metade do salário de Maristela, que recebe um salário mínimo.

Leia também:

policiais ajudam na construção de uma casa para mulher que cuida do pai doente

O mutirão começou na última segunda-feira, 16, e contou com a participação de 13 policiais militares.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para continuarem com a obra, eles têm pedido à comunidade a doação de insumos, como cerâmicas para piso, argamassa, vasos sanitários, pias e os móveis da nova residência. Apesar de gradual, a construção tem tido progresso.

policiais militares ajudam mulher que cuida das filhas e do pai doente

Amigos, vizinhos, colegas de trabalho e voluntários que ficaram sensibilizados com a situação da funcionária do quartel empenhados em colaborar com a construção da nova casa de Maristela.

Para conseguirem juntar o valor total necessário para o término da obra, eles estão promovendo uma rifa, cujo prêmio é um par de alianças, fruto de uma doação. “Ainda estamos em uma fase ‘grossa’ da obra, ainda falta muita coisa e toda ajuda é bem-vinda”, finalizou o capitão Alexandre.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: G1/Fotos: Arquivo Pessoal

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,020,257FãsCurtir
2,152,175SeguidoresSeguir
11,488SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovens e agricultores se unem e abrem bibliotecas na zona rural da Paraíba

Eu já estou apaixonado por essa história antes mesmo de começar a contar pra vocês. Esse é um exemplo de que a união entre...

Após alagamento, vaquinha arrecada R$117 mil e idosos ganharão um lar novo (BA)

Os velhinhos da Casa de Idosos Giuseppe Aras, em Itabela (BA), vão ganhar um lar novo! O asilo onde os 34 idosos moravam ficou alagado...

Pescadores salvam 5 tartarugas marinhas presas em rede de pesca

Na praia de Araranguá, em Santa Catarina, o que tinha tudo para ser apenas mais um dia normal para alguns pescadores, transformou-se em uma...

Batismo de bebê conta com bençãos de familiares católicos, espíritas, evangélicos e umbandistas

Quando completou três meses de vida, o pequeno Iago recebeu as bençãos de sua família, cada qual à sua maneira: uma avó é católica,...

Itália começa a sair do confinamento com reabertura de comércio e igrejas

Hoje (18) o dia amanheceu diferente na Itália. Amanheceu “lindo e excitante” como descreveu um barman de Roma. Após dez semanas de portas fechadas, lojas,...

Instagram