Policiais constroem casa para mulher que cuida das filhas e do pai doente (GO)

Durante o período de folga, policiais militares organizaram um mutirão para construir uma casa para uma família carente de Goianésia, no interior de Goiás.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os PMs ficaram sensibilizados com a situação financeira de Maristela Rodrigues, funcionária do quartel que cuida de duas filhas e do pai, que está bastante doente.

Ajude a pedreira Renata a construir a própria casa

O capitão do batalhão de Goianésia, Alexandre Fernandes, conta que Maristela vive em uma casa pequena, com dois cômodos, construída com placas de concreto. O marido dela abandonou a família há alguns meses, e desde então, sua condição financeira rapidamente se deteriorou.

policiais ajudam na construção de uma casa para mulher que cuida do pai doente

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Policiais se sensibilizaram com situação de Maristela

“Ela é uma pessoa muito boa e está vivendo uma situação precária, mas nós sabemos que ela é uma guerreira; cuida das filhas, do pai – que é muito doente -, e paga a prestação do lote. Então, nós resolvemos ajudar”, disse Fernandes ao G1 de Goiás.

O aluguel do local custa R$ 580, o equivalente à metade do salário de Maristela, que recebe um salário mínimo.

Leia também:

policiais ajudam na construção de uma casa para mulher que cuida do pai doente

O mutirão começou na última segunda-feira, 16, e contou com a participação de 13 policiais militares.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para continuarem com a obra, eles têm pedido à comunidade a doação de insumos, como cerâmicas para piso, argamassa, vasos sanitários, pias e os móveis da nova residência. Apesar de gradual, a construção tem tido progresso.

policiais militares ajudam mulher que cuida das filhas e do pai doente

Amigos, vizinhos, colegas de trabalho e voluntários que ficaram sensibilizados com a situação da funcionária do quartel empenhados em colaborar com a construção da nova casa de Maristela.

Para conseguirem juntar o valor total necessário para o término da obra, eles estão promovendo uma rifa, cujo prêmio é um par de alianças, fruto de uma doação. “Ainda estamos em uma fase ‘grossa’ da obra, ainda falta muita coisa e toda ajuda é bem-vinda”, finalizou o capitão Alexandre.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

Fonte: G1/Fotos: Arquivo Pessoal

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,829,971SeguidoresSeguir
24,599SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Médico de 82 anos interrompe aposentadoria para atender pacientes de graça no ES

Um médico de 82 anos decidiu 'suspender' sua aposentadoria e voltou a trabalhar para ajudar indiretamente no combate ao novo coronavírus. "Ele me disse que...

Pai pedala 35 km para agendar exames do filho com doença sem cura

O pequeno Fábio foi diagnosticado aos cinco meses de vida com uma doença sem cura. Família tem passado dificuldades para o tratamento do filho.

Escultura gigante usa material reciclável e efeito hipnotizante de luzes para criar baleias e ondas

Não é nenhum segredo que o oceano está cheio de lixo, mas o que dizer de um oceano feito de lixo? Recentemente, a Cod Steaks da...

Cão visita garotinho em coma todos os dias, mas é chamado de “perigoso” por autoridades

Um garoto de 10 anos, Dylan Gerzmehle, que está em estado vegetativo desde que nasceu, e vive em um hospital em Berlim, tem há 6 anos...

Fazenda vertical soluciona problema da baixa produção de legumes em Cingapura

Apenas 7% da demanda de produtos hortícolas em Cingapura é atendida localmente. E, na época das monções, é ainda mais difícil encontrar legumes frescos...

Instagram

Policiais constroem casa para mulher que cuida das filhas e do pai doente (GO) 2