Policiais que ajudaram homem preso elogiam cuidado dele com o filho

Um dia depois de agentes e delegados fazerem uma vaquinha para ajudar um homem preso por furtar um pedaço de carne, o clima era de comoção e de dever cumprido na unidade policial. Os investigadores faziam questão de falar que Mário Ferreira Lima cometeu um crime na tarde desta quarta-feira (13/5), mas também relataram a emoção ao verem que o homem, desempregado e pai de um jovem de 12 anos, agiu para não ver o filho passar fome. Mário não tem mulher, emprego nem condições de comprar comida. Ele sustenta o menino com o benefício do Bolsa Família, mas o dinheiro não foi depositado este mês.  

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Veja também: Policiais se comovem com homem que tentou furtar comida, pagam fiança e fazem compras para ele

O agente Ricardo Machado de Almeida, 35 anos, trabalha em uma das seções da 20ª DP. A ocorrência de furto, corriqueira em todas as unidades policiais do DF, chamou a atenção depois que ele ouviu que os colegas chamariam o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para socorrer o desempregado, que passava muito mal. Ao sair da sala, Ricardo se deparou com Mário pedindo para não ficar preso, pois o filho só tinha ele.

A história comoveu Ricardo, que deu R$ 30 para o homem pagar pela carne. O policial voltou para a sala e contou a história aos colegas. Em uma vaquinha, conseguiram mais R$ 80 para ajudá-lo. Apesar de se emocionarem com a história, os policiais tinham ciência de que Mário havia cometido um crime. Assim, com vontade de ajudar, os agentes decidiram ir até a casa do homem, no Jardim Ingá, bairro de Luziânia (GO), no Entorno do DF. 

“Nos colocamos no lugar dele”

O agente Ricardo conta que, ao chegarem no imóvel, se depararam com o filho do preso. E menino estava bem cuidado, alimentado e bem-vestido, diferentemente do pai, um homem magro, com aparência de sofrimento e sem conseguir emprego. “Não podemos deixar de falar do crime. A polícia agiu como deveria agir. Mas todos temos filhos, família. Nos colocamos no lugar dele. Poderia ser com um filho nosso”, ressalta Ricardo. Depois de visitarem a casa de Mário, os agentes da 20ª DP descobriram que a situação era ainda pior. Não havia gás, comida ou qualquer mantimento para os dois na residência.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia a matéria completa no site Correio Braziliense

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,845,820SeguidoresSeguir
24,881SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Corrente do bem faz homem que foi expulso do show do Coldplay em SP assistir a banda em POA

Como vocês devem saber, a banda britânica Coldplay está no Brasil fazendo shows de sua turnê de sucesso e que, entre um show e...

Mãe que adiou tratamento de câncer para esperar filha nascer recebe alta: “Agora, posso me dedicar em ser mãe”

Ellie Whittaker tinha apenas 16 semanas de gestação quando descobriu que tinha câncer. O diagnóstico mostrou um Linfoma de Hodgkin, uma forma de câncer que...

Após repercussão, entregador que trabalha com filha na bike ganha moto e emprego em restaurante

Após viralizar uma foto sua entregando comida com a filha de 4 anos na garupa da bicicleta, o jovem entregador Alessandro Medeiros ganhou emprego...

Família usa capacete para apoiar bebê com má formação no crânio e comove o mundo

A iniciativa partiu da irmã de Jonas, de apenas 3 anos.

12 cidades brasileiras que plantam uma árvore para cada bebê que nasce

Qual a melhor forma de comemorar a chegada de um filho do que plantando uma árvore, algo que vai garantir um futuro melhor para...

Instagram

Policiais que ajudaram homem preso elogiam cuidado dele com o filho 3