Policial que ajudou picolezeiro humilde a ter casa própria ganha prêmio de Vaquinha do Ano

Na noite desta terça-feira (7), conhecemos os vencedores do I Prêmio Razões Para Acreditar, premiação criada para reconhecer histórias extraordinárias de pessoas comuns.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O evento foi apresentado pelos sempre ótimos Fábio Porchat e Sauanne Bispo, que divulgaram, um a um, os 16 vencedores das categorias desta edição.

Ao todo, mais de 600 mil votos foram computados entre os 48 indicados, uma verdadeira celebração da beleza das boas ações!

O policial Derineudo de Souza foi um dos indicados deste ano e venceu na categoria “Vaquinha”, graças aos seus esforços para melhorar a vida do Seu Manuel.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vaquinha escolhida pelo público arrecadou mais de R$ 100 mil

Um dia antes do réveillon do ano passado, em Rio Branco (AC), Derineudo encontrou o vendedor de picolé “seu” Manuel, 59 anos, chorando no cantinho de uma rua, porque não tinha conseguido vender nada naquele dia.

Sem pensar duas vezes, mesmo sem conhecê-lo, ele se prontificou a ajudá-lo, indo de loja em loja com o idoso no centro de Rio Branco (AC), oferecendo seus sorvetes. E foi dessa forma que Seu Manoel conseguiu vender tudo e ter uma virada de ano mais feliz e com alimentos.

Policial que ajudou picolezeiro humilde a ter casa própria ganha prêmio de Vaquinha do Ano

Mas a vida não vinha sendo muito legal com o seu Manuel. Homem trabalhador, que encara todos os dias 4 horas de caminhada até o centro da cidade para vender seus sorvetes (faça chuva ou faça sol), ele morava sozinho numa casa de madeira e vinha passando por muitas dificuldades para ter comida no prato e pagar o aluguel.

Com a ajuda de Derineudo, a VOAA – vaquinha do Razões, criou uma campanha para o seu Manuel que arrecadou R$ 107,3 mil com a ajuda de 2.402 transformadores. O valor superou em 258% a meta estabelecida para o financiamento coletivo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Policial que ajudou picolezeiro humilde a ter casa própria ganha prêmio de Vaquinha do Ano

Se o objetivo da vaquinha no início era ajudar financeiramente o seu Manuel a sobreviver nos meses seguintes de pandemia, os R$ 107 mil puderam dar uma nova casa para o vendedor de picolés. Desta forma, a VOAA e o policial se uniram para dar um novo lar a este senhor!

Em maio deste ano, após alguns meses de espera, finalmente o seu Manoel pôde receber as chaves de sua nova casinha. Com direito a fogos de artifício, balões e até champanhe, o vendedor de picolés se emocionou ao encontrar seu novo lar completamente reformado.

A residência, toda mobiliada, conta com eletrodomésticos, como geladeira, fogão e até ar-condicionado split para aguentar o verão lá de Rio Branco. O terreno ainda tem um enorme quintalzão para o seu Manuel aproveitar e plantar o que quiser!

“Isso que está acontecendo hoje eu jamais esperaria que fosse assim. Eu pensava uma coisa, mas saiu algo melhor do que eu imaginava”, disse o picolezeiro.

Mais do que merecido, seu Manuel! 👏💜

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,253,471SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Livro ‘Viagem Amazônica’ conscientiza crianças sobre desmatamento ilegal na Amazônia

A alta do desmatamento da Amazônia Legal demonstra a importância de conscientizar desde cedo as crianças sobre o que vem acontecendo na floresta.

Apaixonado por borboletas, fotógrafo passa 3 anos fazendo registros incríveis da espécie em pleno voo

Andrew Fusek Peters é um fotógrafo da vida selvagem, que, entre todos os animais, possui uma predileção especial pelas borboletas. E este encanto é...

Criança dá presente para Papai Noel que se emociona com a surpresa

“A gente sempre quer dar, né?! Mas receber também é bom."

Natal promoverá 1ª doação de sangue coletiva LGBTQ+ do Brasil

No próximo sábado (31), a capital potiguar irá comemorar o Dia D de Doação de Sangue LGBTQ+, promovido pelo Coletivo LGBT+ Leilane Assunção.

Conheça a história de mulheres em cargos de liderança que promovem a inclusão e derrubam preconceitos

Não existe maneira melhor de falar sobre Guacira e Débora senão através de palavras como inspiração. Por motivos diferentes, mas também por qualidades e...

Instagram