Policial para viatura para alimentar cão faminto e foto viraliza na web

2
2036

Existem alguns pequenos atos que possuem tanta generosidade e grandeza, que naturalmente ganham muita repercussão.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A foto de um policial militar dando comida um cachorro de rua (magro e visivelmente faminto), causou comoção ao ser postada no Facebook, quem postou foi um companheiro de profissão do policial, em Penápolis, interior de SP.

O policial Lauro Miller, de 28 anos, que trabalha há 7 anos na região noroeste paulista, contou ao portal G1 que patrulhava o bairro Pevi 2 quando viu um cachorro, muito magro e debilitado.

“Quando vi o cachorro quase sem condições de se levantar e passando fome, sabia que precisava fazer algo e tentei ajudar da minha forma. É um minuto que você ‘perde’, mas que eu faria por qualquer um”, diz Miller.

Lauro resolveu ir até um local onde vendia ração e com apenas R$ 3,00 ele conseguiu comprar comida para alimentar o cão.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Quando ele viu a ração, correu até mim e comeu tudo. Naquele momento não tinha condições de tomar alguma providência ou acionar alguma ONG, queria apenas alimentá-lo. O cachorro fugiu logo depois, mas espero que as autoridades o encontrem e que ele tenha um destino correto”, ainda em entrevista ao G1.

O PM Ederson do Passos Gropo, que acompanhava Miller durante o patrulhamento, achou a atitude muito nobre e tirou uma foto, como forma de incentivar mais atitudes como esta, Miller compartilhou a imagem em sua página no Facebook.

“Eu coloquei na internet porque eu queria incentivar as pessoas a fazerem o mesmo, não custa nada ajudar. Muitas vezes vemos cenas assim e achamos que não podemos ajudar, mas com pouco podemos, sim”, diz.

A imagem ganhou repercussão internacional depois que o instrutor da SWAT, Marcos do Val, de 44 anos, famoso pela profissão, postou a foto em sua página pessoal .

“No meu perfil eu sempre coloco outra imagem da polícia que a sociedade não conhece, imagem que não gera notícias muitas vezes e que são dos “bastidores” da policia, não apenas durante as operações. Eu rodo o mundo todo dando treinamento policial, e em outros países, essa atitude é corriqueira.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele disse que não imaginava que tomaria essa repercussão e chegaria a esse ponto, mas ficou feliz, pois o objetivo é reforçar o compromisso deles com a sociedade, de ajudar o próximo, seja ele quem for, até os animais.

[UPDATE]

Nossa leitora Georgina Sparks nos informou que a cadelinha foi encontrada e passa por tratamento veterinário. Ela está com desnutrição e leishmaniose. Depois dos tratamentos, será encaminhada para adoção! 

foto_oficial_2

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

 Leia também: Em meio ao cenário de um acidente, policial tenta distrair garotinha

Com informações do G1 e Só Notícia Boa

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

2 COMENTÁRIOS

  1. A cadelinha foi encontrada e passa por tratamento veterinário. Ela está com desnutrição e leishmaniose. Depois dos tratamentos, será encaminhada para adoção!

  2. Todos nós sofremos de alguma forma ao ver um animal sofrer. É por isso que precisamos tomar conhecimento do que se passa longe dos nossos, olhos nos abatedouros. A vida dos frangos, porcos e vacas é degradante. Assistam “A Carne é Fraca” e “Terráqueos” no youtube e verão o que financiamos com aquilo que colocamos em nosso prato. Isso não precisa continuar. http://www.sejavegano.com.br

Comments are closed.