Político indiano usa selfies para reduzir o infanticídio feminino do país

1
2567

Todos os anos na Índia, milhares de bebês meninas são abandonadas ao nascer. Enquanto algumas são resgatadas, a maioria não é, deixando o país com 7,1 milhões de meninas a menos do que meninos.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Então, no início deste ano, o primeiro-ministro Narendra Modi veio com um plano totalmente inventivo: que pais em todo o país tirem selfies com suas filhas e compartilhem na internet para o resto da nação para ver.

Conhecido como #BetiBachaoBetiPadhao (salvar a filha, educar a filha), Modi espera diminuir essa questão do abandono com a mídia social.

Tragicamente, a taxa de infanticídio feminino do país é compartilhada por outras nações em condições financeiras semelhantes. Mulheres na Índia não têm o mesmo valor econômico que os homens: para muitos, elas permanecem hóspedes em sua própria família até que elas arranjem um marido.

Algumas mulheres ainda possuem dote. Para evitar a falência, algumas famílias se voltam para o infanticídio. Em 2013, as Nações Unidas divulgaram um relatório argumentando que a Índia era o lugar mais perigoso para nascer mulher no mundo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A mudança está acontecendo, e #BetiBachaoBetiPadhao está bombando na internet. A esperança é que estas fotografias mostrem o quão valioso é ter um bebê.

Selfies, pela justiça social.

CIkMOo8UMAAT65a

CIlIIAHW8AAv9Sd

CIlKKRQVAAAZVYM

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CIlNZNIUAAAy2Gr

CIlT8vzUkAA2-nC

CImqyyqUkAA73I-

CImRcEXUkAAYpfx

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

CIrTqr9UAAA8UuV

CIrXjGdUsAAxufW

CIuruMHVAAE9iyM

images

resize

selfiewithdaughter2.jpg=s750x1300

Fonte: Good

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

1 COMENTÁRIO

Comments are closed.