Razões para Acreditar

Políticos da Nova Zelândia cortam seus salários em 20% em meio à pandemia

Na última quarta-feira (15), a primeira-ministra da Nova Zelândia, Jacinda Ardern, afirmou que irá reduzir o seu próprio salário e de outros membros do Poder Executivo em 20% pelos próximos 6 meses.

Os recursos poupados pelo Estado serão redirecionados para o sistema de saúde neozelandês, que enfrenta a pandemia de Covid-19.

“Reconhecemos que os neozelandeses que dependem dos salários estão tendo os pagamentos reduzidos e perdendo seus empregos como resultado da pandemia de global de covid-19. Hoje, eu confirmo que eu, os ministros do governo e os chefes do setor público vamos reduzir nossos salários em 20% nos próximos seis meses”, afirmou Jacinda em uma conferência.

Foto: Reprodução/Instagram @jacindaardern

Mesmo com empresa parada, empresário se prontificou a fabricar máscaras para hospitais. Apoie clicando aqui.

De acordo com a universidade norte-americana Johns Hopkins, que faz o monitoramento em tempo real da pandemia de coronavírus, a Nova Zelândia teve até esta quinta (16), 1.386 casos confirmados e 9 mortes.

A primeira-ministra disse que tomou tal decisão para “mostrar a liderança do gabinete” em meio a esses tempos difíceis. No final do mês passado, o presidente e os ministros do Uruguai também reduziram seus salários.

Plataforma dará cachê a 600 a maquiadores autônomos que estão sem trabalhar por causa da Covid-19, saiba mais clicando aqui.

Fonte: EXAME