Por falta de detentos, Suécia fecha 4 presídios

Na Suécia, os problemas de super lotação e rebeliões não são noticiados, por lá, a notícia é outra: quatro presídios e um centro de detenção preventiva do país foram desativados por falta de prisioneiros.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Isso mesmo. Desde novembro de 2013, as cidades de Åby, Håja, Båtshagen e Kristianstad não possuem mais cadeias, pelo simples fato de não serem necessárias. Desde 2004, a população carcerária sueca cai 1% ao ano. Entre 2011 e 2012, a queda foi ainda maior, de 6%. No país europeu, apenas 1 em cada 1.956 cidadãos está preso.

Entre outras medidas adotadas pela Suécia para diminuir a população carcerária, estão forte investimento na reabilitação dos presos, penas mais brandas para delitos que envolvam drogas e aplicação de penas alternativas para alguns tipos de crime, como pequenos furtos.

Ontem mesmo falamos de um homem que conseguiu diminuir em 79% o índice de violência em Boston com o simples fato de começar a escutá-los, relembre:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Post originalmente publicado aqui. / Foto: Marcos Santos/USP Imagens

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Por falta de detentos, Suécia fecha 4 presídios 4

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,967,657SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Outback faz cadeira que abraça o aniversariante

O Outback lançou a “B-Day Chair”, cadeira que dá abraços em aniversariantes. Criação da Lew’Lara TBWA, a poltrona se conecta ao Facebook por meio de um...

A máquina para criar um futuro mais limpo e sustentável de Alceu Rocha

Imagine um mundo sustentável, em que o lixo produzido pelo homem pudesse ser reutilizado, dando origem a novos produtos, gerando menos poluição e dejetos...

Internautas criam vaquinha para idoso que perdeu os braços em acidente e sonha ter suas próteses

Idoso foi eletrocutado com 34 mil volts em um acidente de trabalho há 30 anos.

No litoral paulista, o projeto Empresto Minhas Pernas entrega muito mais que solidariedade

A ideia principal do projeto não é apenas entregar algo, e sim trocar experiência juntos e permitir que a pessoa com deficiência se sinta parte de um todo assim como uma pessoa que não tem deficiência.

Muito amor envolvido! Veja a transformação de 20 de cães e gatos após a adoção

A gente sabe que adoção de animais, principalmente quando os tiramos da rua, traz uma mudança muito grande nas nossas vidas. Acontece que esses bichinhos...

Instagram

Por falta de detentos, Suécia fecha 4 presídios 5