Vaquinha para porteiro que pediu emprego com cartaz bate meta em menos de 24h

Publicanos na última sexta-feira (01), no Instagram do Razões, a história do porteiro Jaci Davi Gomes, 55 anos, que todos os dias sai cedinho de Cariacica (ES) e passa o dia todo em frente a um supermercado na cidade de Vila Velha (ES), com um cartaz pedindo emprego.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A imagem do seu Jaci segurando o cartaz cortou o nosso coração, entramos em contato com ele e lançamos a sua vaquinha na VOAA! Em menos de 24, batemos a meta, sério, em poucas horas de publicação, já tínhamos o valor da vaquinha!

Vocês são demais, estamos muito felizes com essa ação! A vaquinha está no ar, clique aqui e continue contribuindo.

Todo valor a mais será para o Seu Jaci ter um suporte até conseguir um emprego de carteira assinada.

porteiro com cartaz pedindo emprego
Foto: Reprodução Instagram/A Gazeta Grande Vitória

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desempregado desde o ano passado

Desde dezembro do ano passado o Seu Jaci está desempregado. Ele tem 55 anos e mora sozinho em Cariacica.

Ele também contou que tem filhos, mas todos moram em outra cidade, e Jaci não quer depender deles. “Eles têm a vida deles, sabe? Não quero atrapalhar”.

Todos os dias ele vai até Vila Velha e fica em frente ao supermercado segurando o seu cartaz. Sua situação é muito triste. Ele sempre vai a outra cidade com a doação de passagens das pessoas e durante o dia.

Ele relatou que consegue uns bicos, mas, todo mês, tem a incerteza do dinheiro para pagar o aluguel.

“Fia, não tem nada na minha casa, se você abrir o armário, não tenho nada. Eu só janto e durante o dia, eu bebo água do supermercado.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

selfie de porteiro desempregado
O Seu Jaci explicou que não entende muito de internet e informática, e que usa um celular velhinho para receber as ligações. Para falar com a gente, ele usou a Internet da igreja perto de sua casa. Foto: Arquivo pessoal

Quem tiver interesse em ajudá-lo, o Seu Jaci tem experiência em várias atividades, ele se candidata a uma vaga como porteiro, ajudante de cozinha ou caseiro.

Ele contou que tem duas entrevistas para esta terça-feira (05/11), são de seguidores do Razões que se sensibilizaram com a história dele. Estamos na torcida! <3

Pode ligar pra ele, o que ele mais faz é esperar por uma ligação! Anote aí: (27) 98854-3876.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Vamos ajudar o Seu Jaci? Clique aqui e contribua com a vaquinha!

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,850,069SeguidoresSeguir
24,944SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Sobre contadores de histórias

Eu quebrei o dente quando, um dia na escola, vi minha mãe despontar no portão. Eu corri por uma ladeira íngreme e capotei rolando...

Amor de gatinho cego ajuda idosa a vencer 17 tratamentos contra o câncer

A professora norte-americana Susan Smith encontrou um gatinho vagando pelas ruas de Nova York enquanto se dirigia até o trabalho. Sensibilizada pela condição do...

Grupo de brasileiro da periferia de SP dá show no America’s Got Talent

Grupo liderado pelo paulista Peterson da Cruz deixou os jurados do America’s Got Talent de queixo caído.

Coletivo desafia os brasileiros a repensarem a educação inclusiva no País

Você sabia que no Brasil 30% dos jovens entre 14 e 15 anos com alguma necessidade especial de ensino desistem da escola? Muitas vezes,...

Escolas da Dinamarca ensinam empatia para crianças: desestímulo à competição

Em vez de ensinar o jovem a ser melhor que o colega, o currículo dinamarquês se concentra no desenvolvimento e aprimoramento das habilidades e talentos.

Instagram

Vaquinha para porteiro que pediu emprego com cartaz bate meta em menos de 24h 1