Na Colômbia, antiga praça de touradas se tornará centro ambiental e ajudará no reflorestamento de cidade

0
1193

Na cidade Armênia, no departamento de Quindío, Colômbia, uma praça onde aconteciam touradas foi interditada e agora se transformará em um imenso centro ambiental onde serão cultivadas árvores para o reflorestamento de toda região.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Essa foi uma iniciativa do ministro do Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável, Carlos Eduardo Correa, juntamente com o prefeito de Armênia, José Manuel Ríos, e o diretor da Corporação Regional Autônoma do Quindío (CRQ), José Manuel Cortés. Eles  anunciaram o projeto que visa promover atividades como o plantio, conservação e proteção dos recursos naturais do departamento.

praça de tourada se transforma em centro ambiental
Carlos Eduardo Correa, José Manuel Ríos e José Manuel Cortés querem que a praça seja um incentivo para conservação e valorização da natureza | Foto: Ministério do Meio Ambiente

‘Biodiverciudades’

A restauração da praça ‘El Bosque’ será uma das muitas ações ambientais que ocorrerão em todo o distrito de Quindío. “Queremos enviar uma mensagem aos colombianos sobre como devemos plantar e conservar para que todos entendamos o valor de nossos recursos naturais. É uma forma de semear a vida”, afirmou o ministro Carlos Eduardo Correa.

Essas ações de restauração são parte do programa ‘Biodiverciudades’, que visa desenvolver sustentabilidade e inovação para diversas cidades colombianas e tem como meta plantar 180 milhões de árvores até 2022.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

praça de tourada se transforma em centro ambiental
Foto: Ministério do Meio Ambiente

Educação e conscientização

A antiga praça será utilizada também como ponto de apoio para escolas e outras instituições que querem levar mais conhecimento sobre a fauna e a flora local. Além disso, será o início da criação de muitos outros jardins urbanos em Armênia.

praça de tourada se transforma em centro ambiental
Foto: Ministério do Meio Ambiente

O ministro do meio ambiente informou que todo o projeto de restauração está feito. A entrada contará com um jardim vertical e as passarelas cercadas por espécies de flores coloridas. Já dentro do local, hortas serão cultivadas para ajudar na distribuição de alimento para a comunidade.

“Vamos sair de um lugar que era a morte para um lugar que favorece a vida. Sabemos que parte da proteção do nosso patrimônio ambiental vem de poder garantir o sustento dos cidadãos”, acrescenta o ministro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Carlos ainda completa, dizendo que quer transformar Armênia na capital verde da Colômbia. E esse é um grande começo!

Fonte: Cuarto de Hora

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.