Pratos e talheres podem ser plantados para gerar novos alimentos

Imagina se todo mundo pudesse plantar pratos e talheres para que eles depois virassem novos alimentos? Essa possibilidade já existe e é ideia de uma startup colombiana.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Feitos de coroas de abacaxi e cascas de milho, os produtos da linha Papelyco podem ser plantados depois de usados para gerar temperos, legumes e flores. Isso porque as embalagens descartáveis carregam em sua composição vários tipos de sementes.

Elas também são ricas em nutrientes essenciais para a germinação e crescimento da planta, como zinco, cálcio e potássio. É possível ver os primeiros brotinhos germinando em até três semanas.

Diferente das embalagens tradicionais de plástico e de papel, a embalagem ecológica leva 180 dias para se decompor depois de plantada. É livre de toxinas e não usa fibras de madeira de árvores que foram destruídas.

Assista a um vídeo de como funciona:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Pratos e talheres podem ser plantados para gerar novos alimentos 2

Pratos e talheres podem ser plantados para gerar novos alimentos 3

Leia também:

Fotos: divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Pratos e talheres podem ser plantados para gerar novos alimentos 5

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,145,170SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Motoboy adota cachorra abandonada e ela agora vai trabalhar com ele todos os dias

Coincidência ou destino? Um jovem peruano que trabalha como entregador de delivery se deparou com uma cachorrinha abandonada enquanto fazia uma de suas entregas...

Menino com síndrome de Down excluído da formatura do colégio ganha sua própria festa

Amigos, vizinhos e familiares de um menino chamado Romeo resolveram fazer uma festa de formatura para o pequeno após sua turma do colégio excluí-lo...

Projeto “Arquitetura na Periferia” ensina mulheres a construir suas próprias casas

As mulheres são o concreto e o tijolo que fortificam os movimentos de luta por moradias em nosso país. Elas constituem maioria nas ocupações...

Após campanha, cobrador encontra passageira e devolve seu troco no ES

O cobrador Gabriel Litocart fez uma campanha no Facebook para encontrar a passageira após ela descer do ônibus sem receber seu troco.

“Temos que aprender a nos amar como somos”, diz mulher que nasceu com hemangioma no rosto

Professora universitária, palestrante, escritora, blogueira e contadora: a paranaense Luciana Kele Dorini, 42 anos, parece encontrar tempo para tudo, inclusive escrever um livro que...

Instagram

Pratos e talheres podem ser plantados para gerar novos alimentos 6