Prêmio Razões Para Acreditar: veja a lista dos vencedores e saiba como foi a premiação

Gente, foi incrível!!! ❤️❤️❤️

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Na noite desta terça-feira (7), conhecemos os vencedores do I Prêmio Razões Para Acreditar, premiação criada para reconhecer histórias extraordinárias de pessoas comuns, como eu e você.

O evento foi apresentado pelos sempre ótimos Fábio Porchat e Sauanne Bispo, que divulgaram, um a um, os 16 vencedores das categorias desta edição.

 

Ver essa foto no Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Uma publicação compartilhada por Sauanne Bispo (@sauannebispo)

“Quando recebi o convite de apresentar a primeira edição do Prêmio Razões, eu não pensei duas vezes: lógico que eu aceitei! Eu já acompanhava o trabalho do Razões e é incrível ver como todos os dias, brasileiros e brasileiras, até então anônimos, agem pelo bem do próximo”, disse Porchat no início do evento.

“O Razões, realmente, me dá uma “ousadia”, viu? Minha história começou no Cafezoom, onde eu compartilhei um pouco da minha trajetória enquanto estudante, enquanto viajante, o apoio que minha mãe me deu para eu tornar empreendedora… E aí eu e o Razões nos grudamos para nunca mais se soltar”, brincou Sauanne.

A empreendedora baiana fez questão de exaltar as histórias de cada um dos indicados. “Eu sinto que essas pessoas são pessoas reais, que merecem holofote e toda visibilidade do mundo. Afinal, não é que o mundo esteja pior, minha gente… É você que não fica sabendo das coisas boas que acontecem”, afirmou ela, enfatizando a importância de veículos de comunicação que dão foco ao que acontece de bom no mundo, como o Razões. 😉

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Toda a transmissão do prêmio contou com áudio-descrição e tradução para Libras.

Ao todo, mais de 600 mil votos foram computados entre os 48 indicados, uma verdadeira celebração da beleza das boas ações!

É HOJE! A partir das 18h, conheça os vencedores do Prêmio Razões Para Acreditar - saiba como assistir

Separamos abaixo os vencedores de cada categoria e como ocorreu a entrega de cada troféu. Confira!

Categoria Vaquinha: Derineudo de Souza

O primeiro troféu foi entregue ao policial Derineudo, que acolheu e ajudou um vendedor de picolés de Rio Branco (AC) flagrado chorando por não ter conseguido vender nada durante o dia.

Pois bem, após o contato dele com o Razões, a VOAA abriu uma vaquinha para o seu Manuel que arrecadou R$ 107,3 mil com a ajuda de 2.402 transformadores. O valor superou em 258% a meta estabelecida para o financiamento coletivo.

“Meu muito obrigado por cada um que esteve votando na história. Independente do resultado, meu muito obrigado, gratidão, a cada um que esteve participando deste momento maravilhoso”, disse ele, sempre sorridente!

Categoria Mãe: Patty Pontes

Já na categoria Mãe, quem venceu foi a Patty, mãe solo que virou exemplo de amor e dedicação a quadrigêmeos com paralisia cerebral.

Ela fez um discurso emocionado ao receber o prêmio.

“Eu tenho tanto a agradecer vocês… Foram dias tão difíceis e um ano tão complicado. Eu já me sentia vitoriosa de ter sido indicada diante de tantas mães, de tantas histórias lindas, mas coroar este ano com esse prêmio, com pessoas que me ajudaram a crescer novamente, pra me descobrir novamente, como o Razões ajudou, é literalmente um choro de desabafo pra esse ano”, disse Patty, segurando o choro. 😭

Participação especial

Para anunciar os vencedores das categorias Pai e Filho/a, Marcos Mion surgiu como convidado mais que especial, falando um pouco sobre a sua própria trajetória de paternidade, aprendizados ao longo do caminho e sobre o privilégio de cuidar dos nossos pequenos, a quem mais amamos e dedicamos nossas vidas.

“Senhoras e senhores, é um prazer participar desse evento muito especial e ser o portador das boas notícias pros vencedores das categorias pai e filho/a. A paternidade é um momento transformador da vida, né? Quem me conhece sabe muito bem que esse é o tema mais recorrente do meu dia a dia, da minha vida. Afinal, ser pai é um sonho que eu carreguei desde moleque e a partir do momento que o Romeo, meu primeiro filho, nasceu, eu entrei de cabeça nessa montanha-russa, cheia de responsabilidade, mas a mais prazerosa montanha-russa da minha vida”, disse o apresentador.

“Hoje são mais de 16 anos com certificado de pai e uns 42 anos como filho. “Então, conhecimento de causa pra apresentar os vencedores dessas categorias, eu garanto que eu tenho”, brincou.

Categoria Filho/a: Caio Luz

Caio, jovem que largou os estudos para cuidar da mãe que sofreu AVC, agradeceu a oportunidade de participar do prêmio e por todos os votos recebidos. Ao final, fez questão de exaltar Dona Zenaide, sempre esbanjando respeito, amor e carinho pela progenitora.

“Oi, meu povo! E aí, como vocês estão? Eu tô bem. Na verdade, eu estou maravilhoso. Porque na companhia da pessoa que está aqui do meu lado… Eu tenho que estar muito maravilhoso, porque ela é maravilhosa. Esta mulher, ela é incrível… Minha mãe!”, disse. 😍

“Estamos aqui para agradecer a vocês pelo apoio que vocês nos deram para concorrer ao prêmio na categoria Filho/a. Eu, como o filho responsável pra cuidar desta rainha, maravilhosa. Agradeço por todos os votos! Muito obrigado pelo carinho de vocês, pelo apoio, por vocês serem parte dessa reabilitação, parte desse cuidado que eu tenho com minha mãe”, completou Caio.

Categoria Pai: Luan Maciel

Direto de Santa Helena de Goiás, Luan Maciel e o pequeno Pedro agradeceram – e muito! – a sensibilidade de todos que votaram em sua história.

Luan é pai solo e em outubro do ano passado ficou conhecido por adaptar uma carretinha em bicicleta para trabalhar e cuidar do filho durante a pandemia.

Lançamos uma vaquinha na Voaa para ajudá-lo e conseguimos arrecadar o valor suficiente para ele comprar uma casa própria!

“Agradecemos ao Razões Para Acreditar por ter nos chamado para fazer parte dessa história, e por ter nos ajudado a conseguir nossa casa própria. Agradecemos também a todos que nos ajudaram nesse sonho, por terem votado […] em nós. Vocês fazem parte da nossa história”.

Categoria: PCD – Pessoa com Deficiência

Ryan, jovem com paralisia cerebral que pinta lindos quadros com a cabeça, ganhou na categoria PCD.

Alguns meses atrás, ele ganhou uma vaquinha na VOAA para realizar o sonho de ter sua cadeira motorizada. Juntos, conseguimos arrecadar mais de R$ 38 mil na campanha.

Após ser anunciado vencedor, Ryan recebeu um recado muito fofo da Xuxa!

“Oi Ryan, beijo bem gostoso da tia Xuxa pra você, parabéns pelo prêmio. Espero que você consiga sua cadeira motorizada, espero que você consiga tudo nessa vida, tá bom? Um grande beijo meu, fica com Deus!”. 🤗

Categoria Atendimento: Raphael Cavaleiro

Raphael, um agente de aeroporto de Campo Grande (MS) que pagou passagens de um casal surdo e seus filhos ao perceber que eles tinham caíram num golpe, foi o vencedor da categoria “Atendimento”.

Raphael foi calorosamente abraçado pela família, que naquele dia estava embarcando de mudança para Recife. A atitude dele, mesmo que tomada de maneira discreta, chamou a atenção até do presidente da empresa Azul, John Rodgerson, que fez questão de ligar para Raphael, além de publicar a história em seu Instagram.

“Olá pessoal, tudo bem? […] Agradeço a cada um de vocês que votaram em mim, já me sinto vitorioso por isso e obrigado pelo prêmio. Estou muito feliz por ele e agradeço principalmente à Deus por ter tido a oportunidade de ajudar pessoas que aparecem em minha frente”, disse Rapha no discurso de aceitação do troféu.

Categoria Pet: Big Mac & Katinha Franco

Big Mac, um cãozinho da raça golden retriever, se tornou muito querido nas redes sociais após um vídeo seu viralizar, em que ele aparece acordando sua tutora, Katinha Franco, para avisar que sua “irmã canina” estava passando mal.

Já era tarde da noite e seus tutores dormiam quando Big percebeu que a cadela, que já era idosa, estava doente. Nesse momento, o golden fez o que pôde para acordar sua tutora e ‘pedir’ ajuda à irmãzinha.

“Oi gente! Passando aqui para agradecer todo mundo que votou na história do Big com a irmãzinha dele, a Izzy, e dizer muito obrigado […] pelo apoio. E, independente dessa premiação, ganhar ou não, o Big já é um vitorioso, só pelo fato de ter sido indicado. Muita obrigada, gente!”, disse a tutora dele em um vídeo após vencer na categoria Pet.

Categoria Criança: Samuel Miranda

Os tempos andam difíceis e todo mundo pode ajudar. Mesmo uma criança, como o Samuel, 7 anos, que surpreendeu os pais um dia desses ao pedir para que fizessem geladinho para vender e comprar cestas básicas para famílias carentes, em Caetité (BA).

A mãe, Simone Xavier Soares Miranda, conta que Samuel insistiu que queria vender geladinho. Num primeiro momento, ela hesitou, dizendo que ele ainda é uma criança. Foi aí que o menino disse que era para ajudar famílias que têm pouco ou nada para comer.

“Samuca” venceu na categoria Criança e agradeceu aos votantes.

“Oi! Hoje eu vim aqui agradecer o Razões Para Acreditar por ter me indicado a esse prêmio. Muito obrigado também a vocês que votaram em mim. Beijo!”, disse ele, todo simpático! 😆

Categoria Profissional da Saúde: Paulo Bonavides

Paulo Bonavides – o Tio Paulo, venceu na categoria Profissional da Saúde, em reconhecimento ao trabalho extraordinário que ele faz como odontopediatra.

Todos os dias, Paulo transforma a ida ao consultório em momento de diversão para a criançada.

“Eu sou conhecido como o dentista mágico, eu levo tudo para o lúdico, acredito que antes de ser dentista, sou artista. Eu tento trazer essa magia para dentro das minhas consultas”, contou o profissional. Parabéns, Paulo!

Categoria Cientista/Pesquisador: Ygor Requenha

Ygor Requenha foi o escolhido do público na categoria Cientista/Pesquisador(a). O jovem desenvolveu um filtro de água que usa sementes de açaí e garrafas PET recicladas. A matéria-prima utilizada para construir o filtro ameniza o descarte de sementes no processo de industrialização da polpa da fruta.

Ygor uniu as sementes com garrafas PET, que é um grande poluente ambiental, para criar filtros para coletar água do rio!

“É feito para ser utilizado em garrafas pet. O preço de custo é baixíssimo e é ecológico, além de muito eficiente. As sementes passam por uma alteração química antes de serem colocadas no filtro, mas isso não agride o meio ambiente quando elas forem descartadas”, explicou o pesquisador.

Categoria Mulher: Rozeli da Silva

Por sua ONG que transforma a vida de centenas de crianças em Porto Alegre (RS), Rozeli foi reconhecida na categoria Mulher.

Mulher, negra, pobre, gari e analfabeta criou uma ONG que, há dez anos, transforma a vida de centenas de crianças em Porto Alegre (RS). A meta é tirar as crianças das ruas e dar uma perspectiva de futuro para elas. Desde 1996, Rozeli da Silva fez de sua luta pessoal um propósito de vida.

Ela, que cresceu rodeada pela pobreza e hoje está viva graças às doações de comida que recebia ao pedir de porta em porta, decidiu que era importante contar para o mundo que não existe criança de rua. Afinal, nenhuma delas brotou do asfalto, nasceu nos becos ou foi colocada ali pela cegonha.

Todas têm família e história, não cabe a ninguém o direito de dar nomes a elas: “trombadinhas ou qualquer outra ofensa não as representam”!

Categoria LGBTQIA+: Adriana Menegueli

“Certo dia minha mãe me disse: Bruno, precisamos pintar a casa de novo, qual cor pintaremos dessa vez?! E eu disse brincando: pinta um monte de cor logo, faz a bandeira LGBT 😂”.

E não é que a mãe do Bruno fez isso mesmo?!

Essa mãezona pintou sua casa com as cores do arco-íris, e homagenou seu filho LGBTQIA+ em Anchieta (ES). Parabéns, Adriana!

Categoria Professor/a: Sandra Ferreira

Sandra venceu nessa categoria preciosa em reconhecimento por ter construído um quartinho no próprio barraco para dar aulas de reforço a crianças da sua comunidade.

“Tudo começou com um projeto que criamos para ensinar as mulheres da nossa comunidade a bordar. Quem tinha filho levava junto, daí começamos a ajudar as crianças nas atividades da escola”, contou Sandra.

Ela inclusive ganhou uma vaquinha para construir uma linda sala de aula e poder atender mais crianças, com o conforto que elas merecem. Sandra passou a ensinar os meninos e meninas na cozinha da própria casa. As casas da comunidade são barracos feitos de madeira e, com a improvisação do espaço, ela só conseguia atender três crianças por turno.

Não demorou e a demanda aumentou. “Quando percebi, estava com 12 crianças, sem contar que tinham várias querendo participar”, relatou. Para atender todo mundo, ela decidiu construir um quartinho de madeira, uma sala de aula improvisada. Hoje os pais dão uma ajuda financeira para incentivar e manter as aulas de reforço.

Categoria Amigo(a) do Meio Ambiente: José Carlos

O vigilante e catador de recicláveis José Carlos, 59 anos, se tornou um exemplo extraordinário de solidariedade e amor ao próximo em Cabixi, no interior de Rondônia.

Há mais de sete anos ele contribui para o Hospital de Amor, que trata pacientes com câncer no estado. Ao longo dos anos, José já doou mais de R$ 140 mil – sendo que a última doação chegou a R$ 41,3 mil. Toda a quantia foi arrecadada com a venda de recicláveis.

Parabéns, José!!! Troféu merecidíssimo.

Categoria Empreendedor(a): Janaína Terças

Janaína assumiu o negócio de tijolos do pai, modernizou a empresa e hoje emprega 30 pessoas no Acre!

Aos 43 anos de idade, a empresária Janaína Verbena, de Cruzeiro do Sul (AC), representa a terceira geração da família a cuidar do negócio de cerâmicas e tijolos. Tudo começou com o avô, o português Manoel Terças, que inaugurou o empreendimento há quase cem anos, na década de 1930.

Para Janaína, a decisão de ficar à frente da empresa se deve ao bom relacionamento familiar, tomado em conjunto com os pais e irmãos. O pai, por exemplo, segue ativo por lá, sendo um profundo conhecedor da fabricação de cerâmicas.

Para a empresária, sua criação baseada na experiência e na igualdade de oportunidades dadas à ela e à seus irmãos (homens) foram fundamentais para que ela liderasse o negócio com sucesso. Hoje, Janaína é conhecida como a “Rainha do Tijolo do Vale do Juruá”.

Categoria Gentileza: Maicol Paulino

Maicol consolou o homem que acidentalmente atropelou sua filha em Curitiba (PR). Seu gesto viralizou nas redes sociais e ele virou um exemplo de empatia e amor ao próximo.

“Eu vi sinceridade no coração dele, não era o momento de brigar, a gente tinha que se abraçar e se ajudar”, conta o pai.

A garotinha foi imediatamente encaminhada para Hospital Evangélico, se recuperou dos ferimentos e está bem hoje!


Sua caixa de lencinhos lutou né, porque a emoção desta edição foi garantida! 😭

Já estamos ansiosos para o próximo Prêmio Razões!

Assista, na íntegra, o I Prêmio Razões Para Acreditar abaixo:

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,234,546SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Alunos fazem vaquinha para ajudar vendedora de cachorro-quente que perdeu carro em chuva

Durante um temporal em maio de 2017, o carro que a vendedora de cachorro-quente Inês Silva utilizava para trabalhar foi atingido por uma árvore...

Os “BackFavela Boys” são os meninos de ouro no atletismo das Paralimpíadas

Muitos adolescentes cantaram os hits da banda norte-americana Backstreet Boys durante os anos 2000. O que ninguém esperava é que em 2016 as Paralimpíadas...

Moradores de rua reformam asilo e levam amor a idosos

Moradores em situação de rua, do projeto DOA AMOR, reformaram o Casa de Repouso Bom Pastor, em Belo Horizonte.

Conversamos com o fotógrafo que fez relato emocionante sobre adoção tardia

"Queria conseguir mostrar a gratidão e alegria que estávamos passando e também incentivar outras pessoas a passarem pela mesma experiência."

Como o autoconhecimento pode ser positivo para você e toda a sociedade

“Eu não diria que as pessoas têm medo de autoconhecimento, diria que elas não estão acostumadas, não tem o hábito de investirem tempo, energia e dinheiro nisso”, diz a especialista em desenvolvimento humano Viviane Ribeiro.

Instagram