Preservativo feminino é redesenhado levando as mulheres maior prazer

A Fundação Bill e Melinda Gates quer ver um preservativo de próxima geração, uma versão melhorada da “luva de látex” tradicional que irá incentivar o sexo protegido e por sua vez, evitar a gravidez indesejada e doenças sexualmente transmissíveis. Em resposta a esta chamada de ação, pesquisadores da Universidade de Indiana estão criando um preservativo feminino que oferece um ajuste mais natural para o corpo feminino.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Este preservativo feminino redesenhado tem uma forma mais elíptica, ao invés do tradicional mais arredondado. A Fundação Bill e Melinda Gates anunciaram no mês passado que ele irá patrocinar a pesquisa para este novo preservativo feminino.

Este “preservativo de prazer feminino” também terá nervuras de um lado, oferecendo uma experiência potencialmente mais agradável do que qualquer outro preservativo. Além disso, os pesquisadores irão testar um método alternativo de aplicar o preservativo feminino usando revestimento extra de látex na parte interna, acrescentando conforto.

preservativo-feminino-1

Imagine um preservativo que faz o sexo ficar melhor. Todos os anos, bilhões de pessoas fazem sexo. Para planejar a família e para reduzir o risco de doenças, mais desses atos sexuais deveriam ser protegidos com preservativos. 1. Todo o ano, existem cerca de 210 milhões de gravidezes no mundo. Cerca de 38% não são planejadas. 2. A cada hora, mais de 50 mulheres jovens são infectadas com HIV. 3. Menos de 1% dos preservativos no mundo são femininos, mesmo assim eles colocam a responsabilidade nas mãos das mulheres.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quais são os benefícios de um preservativo feminino reestilizado? Para começar, há poucas opções existentes que são bem projetadas para o corpo de uma mulher.

“Os preservativos femininos estão realmente em sua infância. Há pouquíssimos projetos. Os preservativos atuais são grandes e largos e realmente não combinam com a anatomia feminina”. Diz pesquisadora.

Uma camisinha de encaixe mais natural, de forma elíptica também capacita as mulheres de assumir o controle contraceptivo com as próprias mãos. A maioria dos projetos apresentados foca em reformular o preservativo masculino, de engenhocas para aplicação de alta velocidade até remodelamento para maior prazer. Em meio a vários redesenhos dos preservativos masculinos, este novo preservativo feminino permite que as mulheres tomem a iniciativa de usar proteção.

Durante a concessão de 18 meses, os pesquisadores irão finalizar seu projeto, procurar um fabricante e criar um protótipo que será avaliado por casais na Índia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,765,320SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ao invés de super-heróis, criança de 6 anos escolhe o irmão como tema da festa de aniversário

Só quem tem irmãos sabe como é especial a relação de amor e amizade que vamos construindo com eles ao longo da vida. Para...

Moradores de comunidade carente servem café da manhã para garis no MA: ‘Apenas agradecer’

Moradores de um bairro carente de São Luís (MA) agradeceram os trabalhadores da limpeza urbana, que não pararam em meio à pandemia do Covid-19,...

Razões Entrevista: ‘Educação Fora da Caixa’ quer mostrar que aprender pode ser divertido

O mineiro Alex Bretas fundou no final de 2013 o projeto 'Educação Fora da Caixa'. O nome foi escolhido para o seu percurso de...

Moradores de Bancroft, no Canadá, ajudam mulher a realizar desejo do seu cão de brincar na neve uma última vez

Uma verdadeira mobilização ocorreu em Ontário, nos Canadá, para conseguir que uma dona levasse sua cachorra Mairead para brincar na neve pela última vez. Depois...

[VÍDEO] Câmera flagra mulheres rezando e dançando para agradecer por mais uma venda

Em meio a tempos tão difíceis, para quem vive do comércio, cada venda é celebrada como se fosse a primeira. Que o diga essas...

Instagram