Ícone do site Razões para Acreditar

Campeã do jiu-jitsu é 1ª criança a ser vacinada no Rio: ‘Aliviada por estar protegida’

Campeã do jiu-jitsu é 1ª criança a ser vacinada no Rio: 'Aliviada por estar protegida' 2

Nesta segunda-feira (17), a vacinação contra a Covid de crianças com idades entre 5 e 11 anos começou oficialmente na cidade do Rio de Janeiro (RJ).

A primeira criança vacinada contra o vírus foi Marion, 11 anos, atleta e multi-campeã do jiu-jitsu, que tomou o imunizante da Pfizer.

Marion vive no Morro da Providência, na região central da capital fluminense.

“Eu tô feliz. Eu tava torcendo para chegar logo a minha vez. Estou aliviada. (…) Se não tomar, pode pegar. Mesmo tomando, até pode pegar, só que o risco diminui“, disse a menina, logo após receber a primeira dose da vacina.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Além das medalhas, agora Marion também tem o certificado de coragem!

Ela foi vacinada no Museu do Amanhã, na presença de diversas autoridades do Rio. Em seguida, outras crianças também foram vacinadas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A mãe de Marion fez questão de comemorar o início da vacinação infantil.

“Só faltava ela. A gente tava aguardando muito por esse momento, que graças a Deus chegou. Estou muito feliz, muito feliz mesmo por ela ter sido a primeira. E que todos venham, todos se vacinem. (…) A vacina é muito importante contra a Covid, todas as vacinas são importantes”.

A vacinação também foi celebrada pelo prefeito da cidade. “Marion e David foram os dois primeiros carioquinhas vacinados hoje. Que momento lindo e emocionante. Vamos proteger nosso futuro! Vacinem seus filhos!”, disse.

Até o dia 9 de fevereiro, a Secretaria Municipal de Saúde planeja imunizar 560 mil crianças entre 5 e 11 anos, seguindo um calendário escalonado por idade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No calendário, meninas e meninos serão vacinados com o imunizados da Pfizer (único autorizado até o momento pela Anvisa), em ordem de idade decrescente – das mais velhas às mais novas (5 a 11 anos).

Importante frisar que as crianças receberão 2 doses em um intervalo de 8 semanas, seguindo o objetivo do Comitê Científico de vacinar o máximo de crianças antes do início do ano letivo.

Fonte: Ninja Esporte Clube
Fotos: Reprodução / TV Globo

Sair da versão mobile