Berlim cria primeira mesquita, sinagoga e igreja que ficam sob o mesmo teto

Berlim está prestes a se tornar o lar da primeira mesquita-sinagoga-igreja do mundo, um espaço de oração partilhada, destinada a reunir os membros das três grandes religiões monoteístas sob o mesmo teto.

Depois de concluído, o edifício vai abrir um novo capítulo no entendimento inter-religioso.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Apelidado de House of One, o espaço de oração partilhada proposto está previsto para ser construído no local de uma igreja do século XIII que foi repetidamente destruída e reconstruída até a Segunda Guerra Mundial.

Desde então, a igreja que possui a propriedade decidiu que, em vez de simplesmente construir uma nova casa de culto cristã que podia não ser tão bem recebida como seria esperado, eles iriam criar uma estrutura única em que os judeus, muçulmanos e cristãos pudessem se reunir e expressar as suas respectivas religiões.

“Eles tiveram que enfrentar a questão de o que vamos fazer com esta terra, e o que queremos dar de volta à cidade neste momento?” disse Frithjof Timm, epresentande da House of One.

É uma questão que chama a atenção e quer mudar a composição religiosa de Berlim ao longo das últimas décadas. Desde o final do Holocausto, a vida judaica na cidade tem visto um renascimento, enquanto a comunidade muçulmana de Berlim está prosperando.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A estrutura irá conter três espaços para oração de igual tamanho, mas de diferentes formatos, um para cada fé. Como Timm disse ao Fast Company: “Temos apenas uma entrada no edifício. Então todo mundo que vai rezar tem que usar esta entrada. A entrada leva para a sala comum, e da sala comum há uma escada para o segundo andar e depois você decidi que caminho vai.”

De acordo com a sua carta de fundação, a House of One é dedicada a uma cultura baseada em quatro princípios: a não-violência, respeito pela vida, a solidariedade e a vida vivida com integridade e igualdade.

House of One está arrecadando fundos para a sua construção, tendo acabado de passar a marca de € 1 milhão, a partir de mais de 1.400 doadores individuais. É o suficiente para mostrar que há interesse sério e significativo no projeto.

House of One não é apenas para Berlim”, explica o rabino Ben Tovia Chorin em um vídeo promocional. “E porque é uma cidade multicultural, a ideia vai se espalhar para diversos países em todo o mundo.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Magazine Good

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,751,664SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Compositor carioca faz samba para celebrar o casamento homoafetivo

Já dizia a música de Vinicius de Moraes: "(...)Fazer samba não é contar piada E quem faz samba assim não é de nada O bom samba é...

Jovem que trabalhou com o pai como pedreiro na pandemia é aprovado em Medicina na UFPA

O jovem Adailson Moura, 18 anos, foi aprovado no curso de Medicina da UFPA (Universidade Federal do Pará) e está um passo mais próximo...

Ela tem um amigo que também é pai, irmão e amigo do seu filho

“Meu filho não tem um pai na certidão de nascimento, mas tem pai/irmão/amigo em uma pessoa só.”

Esta árvore que pode acabar com a fome no mundo e ainda despoluir a água

Não existe ninguém mais sábio no mundo que a própria natureza, que não nos cansa de surpreender sempre! Prova disso é a moringa, uma árvore...

Esse casal prova que nem todo amor de Carnaval acaba na Quarta-Feira de Cinzas

Érika se aproximou de um desconhecido para ajudar, foi socorrida e encontrou o amor da vida dela!

Instagram