Príncipe George está fazendo aulas de balé e amando, diz William

Primeiro filho do príncipe William, o príncipe George, de cinco anos, começou a frequentar aulas de dança.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

De acordo com o pai coruja, George está adorando ir às sessões de balé, que começou a comparecer há apenas uma semana, conforme revelou durante um evento para crianças e adolescentes no Palácio de Kensington.

Durante uma conversa com Junior, um dançarino de 14 anos, o duque de Cambridge disse que as aulas de balé acontecem no colégio de Georgie, o Thoma’s Battersea.

Príncipe George está fazendo aulas de balé e amando, diz William
Foto: Wikimedia Commons

“George está aprendendo a dançar também. Ele está amando,” disse o marido de Kate Middleton sobre as aulas semanais de 35 minutos cada.

Leia tambémPríncipe Harry quebra protocolo para confortar garotinho que perdeu a mãe

Por trás da iniciativa, a ideia é que o pequeno George e seus colegas de escola desenvolvam “criatividade, expressão corporal e habilidades físicas nas aulas de ballet.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Interessante notar que todas as aulas de danças são realizadas ao som de um pianista, que toca todas as canções ao vivo para toda a turma.

Príncipe George está fazendo aulas de balé e amando, diz William
Divulgação / The Royal Family

Tempo de ir à escola

O príncipe começou seus estudos de educação infantil em 06 de janeiro de 2016 na Westacre Montessori School, escola situada a cerca de 20 minutos de carro de Anmer Hall, a casa de campo onde ele mora com seus pais e irmã.

Leia tambémGarotinha ‘rouba’ pipocas de príncipe Harry e a reação dele foi muito fofa

Em 7 de setembro de 2017, o Príncipe George começou a frequentar a escola a Thomas’s Batters em Londres. Ele foi ao primeiro dia de aula acompanhado do pai. A mãe, Kate, não pode acompanhá-lo por causa dos fortes enjoos que sofria devido à terceira gravidez.

O príncipe Jorge não costuma participar de eventos oficiais. Seus pais também procuram evitar expô-lo constantemente na mídia, tendo inclusive denunciado o extremo assédio dos fotógrafos na busca de fotos da família.

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.

Fonte: Revista Glamour

Relacionados

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

987,752FãsCurtir
1,764,126SeguidoresSeguir
8,645SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem cria escola de lona para alunos carentes em Tocantins e internautas criam vaquinha

Com alguns tecidos, plásticos e madeiras que encontra no lixão, jovem construiu a sua escolinha de reforço. Mas quando chove, ele perde tudo.

Pitbull resgatado de “rinha” não para de sorrir no novo lar

Publicamos no final do ano passado o resgate de 33 pitbulls de uma “rinha” em Itu (SP). O estado dos cães era muito triste. Hoje,...

Menino vende desenhos no portão de casa para ajudar a família e comprar telas

Kayque coloca seus desenhos à venda no portão de casa por R$1,50 para conseguir dinheiro para as telas e para ajudar a família.

Cadeirante que faz entregas em SP sonha ter cadeira motorizada e internautas criam vaquinha

Conheçam o Luciano Oliveira, 44 anos, cadeirante que ficou conhecido por trabalhar como entregador de comida por aplicativo.

Ortobom doa 500 colchões para vítimas de chuva em Raposos (MG)

A Região Metropolitana de Belo Horizonte foi a mais afetada pelas fortes chuvas que caíram em Minas Gerais nas últimas semanas. Um exemplo é...

Instagram