Ele comprou o produto que idosa cadeirante havia desistido devido um mal atendimento em loja

O que você faria se presenciasse uma cena de injustiça e desrespeito, ainda mais envolvendo uma idosa cadeirante? O jovem Kaio Gabriiel presenciou e resolveu não ficar quieto.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ele viu uma senhora de idade, cadeirante, ser mal-atendida e ignorada na fila do caixa da loja Riachuelo do Passeio das Águas Shopping, em Goiânia – GO.

Quem descreveu o ocorrido, foi a filha da senhora, a Camila Marcolina, em seu Facebook. Na ocasião, segundo ela, “fomos mal atendidas pelas funcionárias, que não estavam atendendo pelo local sinalizado como preferencial e no outro local para onde onde nos passaram não tinha uma fila preferencial, a atendente puxava a fila normal e a preferencial, por isso desistimos da blusa que minha mãe havia gostado e fomos embora.”

Relacionado: Gerente da Caixa se senta no chão para atender homem com deficiência e foto viraliza

Atitude nobre de um desconhecido

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foi então que Kaio, um jovem de 17 anos, que estava com sua mãe na mesma loja, presenciou tudo aquilo e não conseguiu deixar passar.

Em conversa com o Razões, a mãe dele, Maria Pimenta, nos disse que ele relatou o que havia visto e não pensou duas vezes em compra a blusinha para dar para essa senhora que havia sido ignorada pelas atendentes.

“Kaio rodou o shopping inteiro à procura da senhora e a filha dela e não encontrou, e quando já praticamente tinha desistido, as encontrou na praça de alimentação e entregou o presente.

A filha dela, Camila, ficou tão feliz que fotografou o jovem e fez uma publicação no Facebook em forma de agradecimento.

“Obrigada Kaio por fazer o dia da minha mãe tão especial, obrigada por nos lembrar do quão bom o ser humano pode ser”, diz ela em um trecho.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A publicação original pode ser vista aqui:

A publicação na íntegra:

“Hoje é sem dúvidas um dia muito especial para nossa família, pois a atitude desse rapaz, Kaio Gabriiel, que até então não conhecíamos, nos tocou profundamente!! ???

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Minha mãe é cadeirante e fomos ao Passeio das Águas Shopping, nesta quinta-feira, para algumas poucas compras.

Ao irmos para o caixa da Loja Riachuelo fomos mal atendidas pelas funcionárias, que não estavam atendendo pelo local sinalizado como preferencial e no outro local para onde onde nos passaram não tinha uma fila preferencial, a atendente puxava a fila normal e a preferencial, por isso desistimos da blusa que minha mãe havia gostado e fomos embora.

O Kaio presenciou todo o acontecimento do caixa e diante disso comprou a blusa para a minha mãe, nos procurou no shopping até nos encontrar e a presentear.

Obrigada Kaio por fazer o dia da minha mãe tão especial, obrigada por nos lembrar do quão bom o ser humano pode ser.

Que o Senhor te abençoe tremendamente!!!”

Fica aqui nosso agradecimento pela linda atitude do Kaio, que possa ser exemplo de mais pessoas. E estamos de portas abertas para ouvir explicação por parte da loja citada na matéria.

Crédito de fotos: Reprodução Facebook Camila Marcolina

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,502,658SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Sem-tetos são contratados como guias turísticos em Barcelona

Barcelona tem de 3.000 a 6.000 desabrigados que dormem nas ruas. Então porquê não oferecer visitas guiadas, lideradas pelas pessoas que mais conhecem elas:...

Ensaio traz depoimentos de mulheres que são minoria na profissão

Criado e produzido pela agência Base Propaganda, o ensaio “Destruidoras” traz depoimentos de mulheres que falam como é ser mulher em profissões onde os...

Jovens mexicanos desenvolvem a ‘Nuvem’, uma máquina que extrai água do ar

Dois jovens pesquisadores mexicanos desenvolveram um equipamento que transforma água imprópria para o consumo em potável utilizando o processo de condensação. O dispositivo foi apelidado...

Gangues rivais celebram paz construindo parque para crianças

Uma ação para comemorar oito meses sem violência.

Juntos há mais de 5 décadas, este casal adotou e cuidou de 100 adolescentes por 30 anos

Durante 30 de seus 56 anos juntos, o casal Ann Hill, 78, e Al Hill, 79, adotou cerca de 100 meninas, a maioria adolescente....

Instagram