Professor percorre 30 Km e atravessa igarapé com água no pescoço para imprimir tarefas de alunos indígenas em RR

Telmo Ribeiro, 48 anos, é professor da escola indígena Presidente Afonso Pensa, na comunidade de Matri, em Roraíma e, com certeza, os alunos se orgulham muito dele!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Telmo e seus alunos
Telmo e seus alunos | Reprodução: F1 Notícias

Para conseguir imprimir as atividades da escola, Telmo faz um percurso de 30 km, que leva cerca de 2 horas. 

Só que não é simplesmente ir e voltar. Ele precisa atravessar igarapés cheios e enfrentar estradas de terra, que quase sempre estão inundadas porque não há barco para realizar a travessia.

Telmo atravessando Igarapé
Reprodução: F1 Notícias

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Professor de 60 anos viaja de moto pra levar atividades aos seus alunos sem internet, no PE

Tem sido um desafio e um desgaste físico. Mas, estamos fazendo nossa parte como educadores, tentando levar aquilo que temos como missão, que é estar preocupado com o ensino e aprendizado das nossas crianças e jovens”, conta Telmo.

E ele não faz isso sozinho. São mais cinco professores da mesma escola, que enfrentam a jornada sempre que precisam repor o material dos alunos, a cada 15 dias.

Para ir e voltar, Telmo usa moto, bicicleta, vai um trecho a pé e faz a travessia de alguns igarapés. E tudo isso com muita satisfação.

O povo sofre. Nós estamos em 2020, mas dá a impressão que esses lugares estão parados em 1980. Mas, se nós não fizermos pelo nosso povo, as pessoas de fora não vão vir fazer, pelos desafios que enfrentamos”.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Telmo segurando moto
Reprodução: F1 Notícias

Para imprimir as atividades a gente vai de moto até o igarapé cheio. Chegando lá tem que procurar um meio para atravessar sem molhar o material dos alunos. Do outro lado, pega a bicicleta, depois larga e vai caminhando pela estrada submersa pela água. Ainda corremos risco com animais como jacarés e cobras.”, explica o professor.

Depois que imprime, ele repete todo o percurso na volta, e entrega na casa de cada aluno as atividades elaboradas.

Que exemplo, Telmo! Que exemplo!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

[VEJA TAMBÉM]

Uma música pra sair do armário? Temos! Encontraram um jeito sensacional de fazer isso! E a gente fez essa compilação das melhores reações. Tem choro, abraço e muuuuito amor!

FONTE: F1 Notícias

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,780,571SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

SOS Manaus: vaquinha do Razões arrecada R$ 850 mil e ajuda levar oxigênio para pacientes com Covid-19

Olha que notícia maravilhosa tivemos hoje! Após bater a meta em menos de 24 horas, a nossa vaquinha para levar oxigênio aos pacientes com...

Vídeo com compilação de pessoas resgatando animais em apuros é puro amor

O internauta Alexandr Mish reuniu trechos comoventes de resgate de diversos animais em apuros ao redor do mundo. Essas duas compilações de vídeos que vêm...

Uma compilação de vídeos com bebês escutando pela primeira vez

Já falamos algumas vezes aqui no Razões sobre pessoas que puderam escutar graças a um implante coclear, que é um aparelho implantado na orelha...

Jogo ‘Sobrevivência na Amazônia’ traz aventura, mitologia e educação ambiental

Aventura, mitologia e educação ambiental. O jogo de tabuleiro Sobrevivência na Amazônia tem um pouco disso tudo.

Menino autista pede ao Papai Noel que seu amigo, também autista, aprenda a falar

"E esse foi o pedido de Natal do meu filho Rafael, que é autista. Ele pediu que seu amiguinho, João, também autista, porém não verbal, falasse", disse sua mãe, Carina.

Instagram