Professor coloca a criançada para faxinar a escola em Floripa para aprenderem a valorizar as faxineiras

Nunca é demais repetir, para não deixar dúvidas: toda profissão é digna e tem seu valor. E isso se aprende, de preferência, nos primeiros anos da infância, antes da alfabetização, fazendo com que toda a criançada já cresça aprendendo valores importantíssimos para suas vidas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Numa grande brincadeira, lúdica, prazerosa e divertida, o professor Elias Fernández ensinou seus alunos do jardim da infância, na Escola dos Sonhos, em Florianópolis (SC), a respeitar e valorizar o trabalho dos profissionais da limpeza.

criançada

Recentemente, fantasiado de “moça da faxina”, ele colocou a criançada para escovar o piso, lavar roupa, varrer o chão, limpar vidros de janelas e estender roupa no varal. Os pequenos não fizeram corpo mole e mandaram ver!

Elias falou sobre a experiência no seu perfil no Facebook. “Após darmos um trato na sala que iniciamos, ao som de ora “hits” inspiradores, ora sofrências, percorremos outros espaços diversos, inclusive a sala do financeiro e a de teatro, que estavam necessitadas de espanadores e vassouras!”, escreveu ele.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Famílias, me sinto honrado em dizer que seus pequenos são ótimos no que se propõem… Já estão aptos a auxiliar em algumas tarefas domésticas! O fazem com alegria e disposição, deixando muitos de nós no chinelo…”, finaliza.

Leia também: Filho de porteiro dá a melhor resposta para a festa “Se nada der certo”

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM








Professor coloca a criançada para faxinar a escola em Floripa para aprenderem a valorizar as faxineiras 1

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
5,144,250SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Filho de terrorista, Zak Ebrahim optou pela paz e hoje é ativista pacifista

Segundo ele, 99% das situações podem ser resolvidas sem uso da violência, afinal, não se combate guerra com guerra.

Contra desperdício, islandeses banem caixinhas de papelão para pastas de dente

Ao comprar uma pasta de dente, a primeira coisa que fazemos após abrir a embalagem é jogar a caixinha de papelão ou plástico no...

Após perder o pai para Covid, jovem transforma luto em solidariedade no Sergipe

Um jovem sergipano tem transformado a dor do luto em solidariedade para com o próximo. O falecimento do pai, vítima da Covid-19, fez Saulo Noya,...

Machu Picchu agora é acessível para pessoas que usam cadeiras de rodas

Milhões de pessoas visitam Machu Picchu todos os anos. Como uma das 7 Maravilhas do Mundo Moderno, a cidade perdida dos incas é um...

Menino com paralisia cerebral emociona como noivinho em casamento [VÍDEO]

Davi, de seis anos, foi pajem no casamento da sua fisioterapeuta, Eduarda Borghezan, com Antônio Abianco. A internet não está sabendo lidar com o...

Instagram

Professor coloca a criançada para faxinar a escola em Floripa para aprenderem a valorizar as faxineiras 2