Professor cuida de bebê para que aluna possa fazer tarefas: ‘Meu menor aluno’

“Ser professor é, antes de tudo, gostar de gente. É se importar com a história de vida das crianças e olhar verdadeiramente nos olhos de cada uma delas”, disse uma vez a pedagoga Aucimara Souza do Nascimento.

Nesta vocação, que muitos professores consideram como um “chamado”, eles se esforçam para que os alunos aprendam e realizem os seus sonhos através da preparação e do conhecimento.

Assim, quem se dedica ao ensino torna-se amigo e apoiador incondicional, como o professor argentino Julio Cruz demonstrou recentemente. O educador da Escola de Comércio da República do Panamá não hesita em tomar ações que facilitem o aprendizado dos alunos.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

No dia 30 de novembro (terça-feira), a partir das 17h, acontece o Razões Para Doar, uma super live para promover a cultura de doação em nosso país. Clique aqui para se inscrever e receber a notificação quando o evento começar!

 

Recentemente, ele se ofereceu para cuidar do bebê de uma estudante para que ela pudesse tomar notas e fazer suas atividades com tranquilidade.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Moira Hinojosa está no último ano do ensino médio. Sem ter com quem deixar seu bebê, o pequeno Santino, ela se viu obrigada a levá-lo consigo para a escola. Felizmente, graças à empatia de Julio, a jovem poderá se dedicar e concluir os estudos.

E mais do que a ajuda do professor, Moira tem recebido apoio incondicional dos alunos e demais professores: todo mundo adora cuidar e ter a presença do bebê nas aulas.

“Desde o início da minha gravidez fui à escola e cada uma das integrantes do grupo educativo esteve ao meu lado, dando-me apoio e ajuda nos momentos em que mais precisei. Ninguém me negou auxílio, e depois que ele nasceu, não queriam que eu faltasse, pois isso prejudicaria os estudos. Ver o carinho deles por meu filho é admirável”, disse a jovem mãe.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Desde então, a sala de aula virou um verdadeiro berçário para Santino!

À imprensa local, Moira contou que seu filho está tão acostumado com os mimos do professor que adormece profundamente em seus braços durante as aulas.

Para Julio, é uma honra poder ajudar a aluna e ter a companhia do bebê. “Brinco que ele roubou meu coração. É uma criança disciplinada e terna […]”, disse.

Quando terminar os estudos, Moira pretende ingressar na faculdade (ela ainda não sabe qual curso irá fazer). De toda forma, ela e muito grata pela ajuda – e conselhos, – de Julio, bem como de todas as pessoas que cruzaram seu caminho.

“Os educadores da Escola de Comércio da República do Panamá são um grande orgulho para a educação na Argentina. São pessoas que não se importam com o que os outros vão dizer e ajudam quem precisa sem pedir nada em troca”, completou a estudante.

Assista à live do Razões Para Doar nesta terça, 30/nov, a partir das 17h. Clique aqui para se inscrever no evento!

Fonte: T-13
Fotos: Arquivo pessoal

Relacionados

Após perder o pai para Covid, jovem transforma luto em solidariedade no Sergipe

Um jovem sergipano tem transformado a dor do luto em solidariedade para com o próximo. O falecimento do pai, vítima da Covid-19, fez Saulo Noya,...

Ex-presidiário cria projeto de esportes para crianças da sua comunidade no RJ

"Se o Jefferson do passado tivesse acesso ao Jefferson do presente, a minha história teria sido diferente."

+ DO CANAL

Dia de Doar: iFood lança ferramenta para doação de alimentos à vítimas da fome

Algumas datas a gente passa o ano todo esperando. O Dia de Doar, 30/11, é uma delas! Ele nasceu nos Estados Unidos e ficou...

Como fazer a diferença? Vamos discutir sobre essa e outras questões no Razões Para Doar 2021

Chegou o dia do Razões Para Doar, e nós vamos te contar tudo sobre esse evento super especial: Hoje, às 17 horas começa A Live...

Ex-presidiário cria projeto de esportes para crianças da sua comunidade no RJ

"Se o Jefferson do passado tivesse acesso ao Jefferson do presente, a minha história teria sido diferente."

Gincana do Razões irá promover o Dia de Doar com desafios de boas ações

O Dia de Doar é realizado mundialmente, em 85 países, todo dia 30 de novembro, como parte do Movimento por uma Cultura de Doação....

Policial ensina funcionária da PRF a ler e escrever nos intervalos de trabalho no DF

Toda manhã, os policiais rodoviários da Unidade Operacional de Ceilândia (DF), costumam ser recepcionados na base com um verdadeiro banquete preparado por Maria do...

Instagram