Para aluna fazer prova, professor cuida de seu gatinho machucado no RS

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO



Um professor universitário foi além de seu papel de docente e, sensível à demanda de uma estudante, decidiu cuidar de seu gatinho machucado enquanto ela fazia sua prova.

Hecson Segat, que dá aula de Patologia Geral na Universidade Federal de Santa Maria (UFSM), no Rio Grande do Sul, começou a aplicar a prova na sala quando viu uma aluna chegar com um gato no colo.

O bichano estava com uma pata imobilizada devido a um acidente e não poderia ficar sozinho em casa. Hecson então decidiu segurá-lo enquanto ela fazia a prova. O caso aconteceu na quinta-feira passada (4).

“Uma aluna me perguntou se poderia deixar o gato dela dentro da sala de aula, na caixinha de transporte, porque ele estava machucado e não poderia ficar sozinho. Acabei deixando, mas, ao longo da prova, o gatinho começou a miar. Para não incomodar os demais alunos, eu peguei o animal no colo para acalmá-lo”, disse o professor.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia também: Aluna leva filha para assistir aula e professor inclui nome da menina na chamada

O ato de altruísmo foi fotografado por uma outra aluna de Hecson, que já havia terminado a prova.

Compartilhada inicialmente em um grupo da universidade, a foto repercutiu nas redes sociais e acabou viralizando.

Para aluna fazer prova, professor cuida de seu gatinho machucado no RS

Esta é a primeira vez que o professor recebe um animal em sala de aula. No entanto, o assunto sobre bichos costuma a aparecer para ele em conversas com alunos no corredor, já que o professor também é formado em medicina veterinária.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Quando eu conto a minha trajetória para a turma, muitos alunos me procuram depois para comentar que tem um cachorro ou um gato”, conta Hecson, que se descreve como um professor rígido, mas que mantém um bom relacionamento com os alunos.

Leia também:

“A dona do gato já tinha me contado sobre ele. Não esperava vê-lo na minha sala de aula, mas em uma situação atípica, a gente também precisa ser flexível”, concluiu.

Você conhece o VOAA? VOAA significa vaquinha online com amor e afeto. E é do Razões! Se existe uma história triste, lutamos para transformar em final feliz. Acesse e nos ajude a mudar histórias.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Fonte: Extra/Foto: Reprodução

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,022,894FãsCurtir
2,171,660SeguidoresSeguir
11,617SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Batismo de bebê conta com bençãos de familiares católicos, espíritas, evangélicos e umbandistas

Quando completou três meses de vida, o pequeno Iago recebeu as bençãos de sua família, cada qual à sua maneira: uma avó é católica,...

Brasileira voluntária da 2ª Guerra Mundial é hoje voluntária na luta contra o Coronavírus

A dona Blandina era adolescente quando confeccionou luvas para os soldados brasileiros da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que lutaram na 2ª Guerra Mundial. Lá se...

Jovens e agricultores se unem e abrem bibliotecas na zona rural da Paraíba

Eu já estou apaixonado por essa história antes mesmo de começar a contar pra vocês. Esse é um exemplo de que a união entre...

Com 4 filhos pequenos, dona de casa abandonada por marido recebe apoio de internautas

A jovem mamãe Andreza Santos Araújo, 23 anos, mora e cria sozinha seus quatro filhos pequenos em Várzea Grande, Mato Grosso. Desde que o...

Universitário de 92 anos se adapta à tecnologia e nos dá uma linda lição de resiliência e otimismo

Não existe idade certa para realizarmos nossos sonhos e o universitário Carlos Augusto Manço, que entrou na faculdade aos 90 anos, é um dos...

Instagram