Professor de Brasília está ensinando meninos a respeitar as alunas através do esporte

Publicação originalmente feita no site AzMina.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Paulo Henrique Carmona é professor de Educação Física na Escola Classe 108, em Samambaia, no Distrito Federal. Mais do que apenas ensinar seus alunos a prática de diferentes esportes, ele aproveita para falar sobre questões de gênero.

Em uma das aulas, ele pergunta: “Jogar basquete é uma coisa de menino? Ou de menina? Ou de menino e de menina?” Uma das crianças do 2º ano responde: “É de menino”. Outra discorda: “Claro que não, minha prima joga”. E assim começa a discussão sobre gênero usando o esporte como pano de fundo.

Numa outra atividade, as crianças precisavam adivinhar o nome de algumas profissões a partir de pistas dadas pelo professor. Elas tinham que desenhar e dar um nome para a profissão. O objetivo era visualizar a predominância masculina ou feminina nas profissões (policial, astronauta, professor, advogado).

Professor de Brasília está ensinando meninos a respeitar as alunas através do esporte 1

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eles trazem todo um repertório de casa, trabalhamos em cima dessas questões”, comenta a professora Vanessa Terumi, que acompanha as turmas no dia a dia.

No final, os alunos tinham que explicar por que classificaram as atividades como de menino ou menina ou de ambos. Surgia então a grande questão: “Mas você não acha que os meninos podem ser melhores no basquete simplesmente porque treinam mais que as meninas?”. Foi o suficiente para as crianças quererem contar suas experiências.

“Eu aprendi que menino não é melhor que menina e nem menina melhor que menino”, resume Maria Louysa de Sousa Gomes, de 8 anos.

[Nota da Redação]

Assistam nosso vídeo hilário da nossa visita a um asilo em SP onde os idosos se divertiram com a realidade virtual:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia a reportagem completa da Revista AzMina aqui. / Foto: Rogério B. Guerreiro/Arquivo Pessoal

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
2,829,971SeguidoresSeguir
24,609SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Ex-catadora de latinhas que passava fome é aprovada em concurso e sua história vai virar filme

Essa história vai virar filme, ainda bem, pois merece! Marilene Lopes é uma ex-catadora de latinhas, que ganhava 50 reais por mês para sustentar os filhos...

Abraço e barulho de mar: Pesquisa revela as saudades do carioca durante isolamento

Uma pesquisa feita pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) perguntou aos cariocas quais cheiros e sensações eles sentem mais falta no cotidiano...

Alunos fazem cartazes com palavras de incentivo para professora que chorou na sala

A professora chorou no meio da aula, mas foi confortada depois.

Carteiro cumpre último desejo de cachorra falecida que conhecera em sua rota pela cidade

Uma pastora alemã chamada Gretchen faleceu recentemente, mas encontrou a pessoa perfeita para garantir que seu legado de amor continue vivo. Gretchen foi adotada em 2013 de...

Homem não segura a emoção ao descobrir que a mulher está grávida após 17 anos de tentativas

Dana e Arkell Griffin-Graves sempre sonharam em ter filhos. Depois que se casaram, Dana tentou engravidar 17 vezes, mas sem sucesso. Nesse período, ela...

Instagram

Professor de Brasília está ensinando meninos a respeitar as alunas através do esporte 3