Professor de Brasília está ensinando meninos a respeitar as alunas através do esporte

Publicação originalmente feita no site AzMina.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Paulo Henrique Carmona é professor de Educação Física na Escola Classe 108, em Samambaia, no Distrito Federal. Mais do que apenas ensinar seus alunos a prática de diferentes esportes, ele aproveita para falar sobre questões de gênero.

Em uma das aulas, ele pergunta: “Jogar basquete é uma coisa de menino? Ou de menina? Ou de menino e de menina?” Uma das crianças do 2º ano responde: “É de menino”. Outra discorda: “Claro que não, minha prima joga”. E assim começa a discussão sobre gênero usando o esporte como pano de fundo.

Numa outra atividade, as crianças precisavam adivinhar o nome de algumas profissões a partir de pistas dadas pelo professor. Elas tinham que desenhar e dar um nome para a profissão. O objetivo era visualizar a predominância masculina ou feminina nas profissões (policial, astronauta, professor, advogado).

Professor de Brasília está ensinando meninos a respeitar as alunas através do esporte 2

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eles trazem todo um repertório de casa, trabalhamos em cima dessas questões”, comenta a professora Vanessa Terumi, que acompanha as turmas no dia a dia.

No final, os alunos tinham que explicar por que classificaram as atividades como de menino ou menina ou de ambos. Surgia então a grande questão: “Mas você não acha que os meninos podem ser melhores no basquete simplesmente porque treinam mais que as meninas?”. Foi o suficiente para as crianças quererem contar suas experiências.

“Eu aprendi que menino não é melhor que menina e nem menina melhor que menino”, resume Maria Louysa de Sousa Gomes, de 8 anos.

[Nota da Redação]

Assistam nosso vídeo hilário da nossa visita a um asilo em SP onde os idosos se divertiram com a realidade virtual:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia a reportagem completa da Revista AzMina aqui. / Foto: Rogério B. Guerreiro/Arquivo Pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,275,963SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Jovem “esquece” livros no metrô para incentivar a leitura e deixar o celular um pouco de lado

Soube desse projeto há algumas semanas, e fiquei muito feliz em saber sobre ele. Trata-se do projeto "Leitura no Vagão", do desenvolvedor de software Luís Fernando...

Padre faz bonita homenagem a drag queens e desmistifica a ideia de que todo religioso é homofóbico

A atitude do padre Manoel Olavo Amarante prova que é um erro afirmar que todo religioso é homofóbico.

Caixa de supermercado paga conta de mulher sem dinheiro e recebe 300 vezes mais de volta

Um jovem caixa de supermercado decidiu pagar a conta de uma mulher que não tinha dinheiro para levar todas as suas compras para casa. Seu...

Com casas de show fechadas, drag queens se apresentam em janelas de apartamento em Paris

Com a pandemia do coronavírus, casas de shows e espetáculos no mundo inteiro foram canceladas. Mas e as pessoas que vivem disso? Como a...

Nesta empresa, não existe chefe e os funcionários escolhem o que fazer

A empresa abeLLha manda o recado: precisamos repensar nossas relações no trabalho. Ela aponta o caminho com um modelo de gestão transparente e sem...

Instagram

Professor de Brasília está ensinando meninos a respeitar as alunas através do esporte 4