Professor de Brasília está ensinando meninos a respeitar as alunas através do esporte

Publicação originalmente feita no site AzMina.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Paulo Henrique Carmona é professor de Educação Física na Escola Classe 108, em Samambaia, no Distrito Federal. Mais do que apenas ensinar seus alunos a prática de diferentes esportes, ele aproveita para falar sobre questões de gênero.

Em uma das aulas, ele pergunta: “Jogar basquete é uma coisa de menino? Ou de menina? Ou de menino e de menina?” Uma das crianças do 2º ano responde: “É de menino”. Outra discorda: “Claro que não, minha prima joga”. E assim começa a discussão sobre gênero usando o esporte como pano de fundo.

Numa outra atividade, as crianças precisavam adivinhar o nome de algumas profissões a partir de pistas dadas pelo professor. Elas tinham que desenhar e dar um nome para a profissão. O objetivo era visualizar a predominância masculina ou feminina nas profissões (policial, astronauta, professor, advogado).

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Eles trazem todo um repertório de casa, trabalhamos em cima dessas questões”, comenta a professora Vanessa Terumi, que acompanha as turmas no dia a dia.

No final, os alunos tinham que explicar por que classificaram as atividades como de menino ou menina ou de ambos. Surgia então a grande questão: “Mas você não acha que os meninos podem ser melhores no basquete simplesmente porque treinam mais que as meninas?”. Foi o suficiente para as crianças quererem contar suas experiências.

“Eu aprendi que menino não é melhor que menina e nem menina melhor que menino”, resume Maria Louysa de Sousa Gomes, de 8 anos.

[Nota da Redação]

Assistam nosso vídeo hilário da nossa visita a um asilo em SP onde os idosos se divertiram com a realidade virtual:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Leia a reportagem completa da Revista AzMina aqui. / Foto: Rogério B. Guerreiro/Arquivo Pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,429,587SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Site oferece acompanhamento individualizado gratuito para concurso de Defensor Público Estadual

De olho na democratização do cargo de Defensor Público Estadual.

Médica cria projeto para distribuir coletores menstruais a nigerianas que vivem em condições insalubres

Em alguns lugares da Nigéria, a menstruação é considerada uma impureza. Isso faz com que mulheres sejam, praticamente, excluídas de tudo durante o seu...

Fotógrafo capta o ‘antes e o depois’ de mulheres que foram chamadas de bonitas

É incrível como as mulheres, de diferentes partes do mundo, ficam felizes – e até sem graça - com o elogio.

Pai agradece desconhecido por entreter sua filha em aeroporto: “Este é o mundo que quero para ela!”

A amizade feita entre um homem uma menininha de 16 meses prova que a amizade não tem barreiras. O ex-fuzileiro naval dos Estados Unidos, Kevin...

Vovó ganha um balanço de presente de Dia das Mães e transborda de alegria. Era seu sonho de infância

A gente tem aquele sonho de criança que nunca vai morrer né? Não importa a idade, algumas coisas nos levam às épocas mais felizes....

Instagram