Professor devolve carro ganho em rifa para ajudar família que fez sorteio no PR

Logo após descobrir que havia ganhado um carro graças à uma rifa, um professor de educação física de Marmeleiro (PR) devolveu o veículo para ajudar a família que organizou o prêmio.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

O gesto de solidariedade de Airton Neri Rama surpreendeu os moradores da cidade.

A rifa foi organizada pelo casal Claci da Rosa Gomes e Antônio Lessir visando arrecadar dinheiro para fazer os exames médicos dos filhos Renan Gabriel, 6 anos, e Natan Renan, 15 anos, que têm deficiência física e mental.

professor devolve carro ganho rifa para ajudar família que fez sorteio
Foto: RPC Foz do Iguaçu

professor devolve carro ganho rifa para ajudar família que fez sorteio
Foto: RPC Foz do Iguaçu

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

“Eu não tenho palavras para agradecer, foi muito emocionante e a gente não esperava. O carro era dele, mas como uma pessoa humilde e humana ele nos devolveu. Ainda temos anjos na terra, que estão aqui para nos ajudar”, revelou a mãe.

Ao entregar as chaves, o professor disse à família que havia feito uma promessa de devolver o carro rifado caso ele fosse sorteado.

“Acho que fiz um ato simples e vejo que esse ato está comovendo muitas pessoas que estão ajudando essa família que tanto necessita”, disse Airton.

professor devolve carro ganho rifa para ajudar família que fez sorteio
Foto: Airton Rama/Arquivo pessoal

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Campanha para pai e filho que dormiam em praia conseguirem comprar sua casinha. Clique aqui e saiba como ajudar!

De acordo com Claci, a pandemia de Covid-19 prejudicou bastante as vendas das rifas. Apesar disso, ela não reclamou, enxergando no momento uma oportunidade de adquirir esperança.

“Foi em meio a uma pandemia, de muitas batalhas e dificuldades, que tivemos essa lição. Temos que ter amor pelo próximo, pois nenhum dinheiro compra felicidade e amor. Sempre que a gente puder ajudar o outro, a gente deve ajudar de bom coração.”

Rifa foi única opção

Os pais de Renan e Natan contam que os exames médicos irão diagnosticar – ou descartar – as possíveis doenças que os filhos têm e dar início ao tratamento adequado para os dois.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Os exames foram solicitados há quatro anos pelo Sistema Único de Saúde (SUS), mas até hoje eles não foram convocados. Como não podem esperar mais, eles farão por uma clínica particular graças ao dinheiro da rifa.

Não foi nada barato: os dois exames de diagnóstico custam R$ 12 mil. A rifa do Voyage, de 1994, garantiu a eles cerca de R$ 8 mil.

professor devolve carro ganho rifa para ajudar família que fez sorteio
Foto: RPC Foz do Iguaçu

“Era o nosso meio de transporte, para o meu marido trabalhar e levar as crianças para a Apae, mas era mais importante fazer o exame, porque a prioridade são as crianças, então decidimos rifar”, contou Claci.

Ela e o marido tentaram vender o carro, mas não encontraram qualquer oferta de pagamento à vista. Foram quatro meses de vendas (janeiro a maio) via redes sociais da família, além de andanças pela cidade. O sorteio foi realizado no dia 30 de abril.

“A gente vê muitas famílias e muitas crianças necessitadas, então quando Deus dá essa oportunidade, da gente fazer alguma coisa a mais, a gente faz”, disse o professor.

O Razões tem seu próprio podcast para espalhar boas notícias, ouça os episódios na sua plataforma favorita clicando aqui!

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: G1

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,824,688SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

De gandula a campeão brasileiro: como o boxe mudou a vida de Patrick Lourenço

Patrick começou sua carreira no boxe no Instituto Todos na Luta, apoiado pelo ator Malvino Salvador, e precisou superar muitos obstáculos até conquistar um vice-campeonato mundial e quatro títulos brasileiros.

Corredor de ultramaratona adota cachorrinha que correu com ele 123 quilômetros

O ultramaratonista Dion Leonard ganhou a companhia de uma cachorrinha enquanto corria a ultramaratona de 250 km no deserto de Gobi, na China. A...

Cachorrinha faz sucesso ao lado de tutor com performance de estátua viva em Fortaleza (CE)

Nas ruas de Fortaleza, capital cearense, uma cachorrinha tem feito o maior sucesso ao lado de seu tutor, que trabalha como estátua viva. Eventualmente,...

Vídeo mostra reação de pessoas ao verem deficientes físicos na academia

O que acontece quando uma cega luta judô? Ou um homem com uma de suas pernas amputadas se prepara para correr na esteira de uma...

Jovem escreve um relato emocionante para homenagear irmão que morreu

A internet sempre nos presenteia com histórias que amolecem o nosso coração. Muitas delas lembram que devemos amar o outro intensamente, sem medo e...

Instagram