Professor pula corda com aluno cadeirante no colo e vídeo viraliza; assista!

O que significa pular corda para uma criança? Tem coisa mais gostosa? Para o Heitor, de 7 aninhos, que é cadeirante, pular corda era um sonho distante. Graças ao ‘tio’ João, professor de Educação Física da turma de Heitor, esse sonho se concretizou. Para que o aluno não ficasse fora da brincadeira, o educador pulou corda segurando o menino no colo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“Foi um gesto simples, mas que eu sei que para ele fez diferença”

A cena foi registrada há uma semana. O professor contou que os alunos estavam em um período de brincadeira quando Heitor viu um grupo pulando corda e pediu para pular junto com eles. João abraçou literalmente o pedido.

“Tento sempre trabalhar de maneira que ele possa ser incluído, para a turma também não colocar limitações para ele. É uma criança com deficiência, mas queria que tivesse aquele momento. Foi um gesto simples, mas que eu sei que para ele fez diferença“, disse o professor João Hoffmann.

E fez mesmo, viu! A mãe de Heitor, Natália Nascimento, disse que a atitude do professor mudou o comportamento da criança. “A aula de educação física sempre foi uma aula que não era tão divertida, os professores acabavam deixando para lá porque ele é deficiente e não tinha como incluir. Agora está sendo muito diferente. Os dias preferidos dele são terça e quinta, quando acontecem as aulas de educação física. O trabalho que o João faz é incrível“, comemorou a mãe.

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por Razões Para Acreditar (@razoesparaacreditar) em

Isso aconteceu na Escola Sítio I, em Taubaté (SP). João é formado em Educação Física e trabalhava como personal e preparador físico até que há dois anos ele decidiu entrar em sala de aula, e fez muito bem, viu! Desde o início do ano ele aplica atividades inclusivas e acessíveis com a turma do Heitor. Em outro vídeo, João aparece carregando Heitor nas costas brincando de pega-pega.

“Fiquei apaixonado pelo trabalho com as crianças pelo poder transformador que a educação tem. Me esforço para dar o melhor, porque eu sei que meu trabalho pode impactar a vida deles para sempre. Não há preço que pague ver o mundo de uma criança ficar maior“, disse.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Educação, esporte e arte são fundamentais para a inclusão social de grupos vulneráveis, concorda? Conheça então três projetos que defendem essas causas, escolha a sua favorita, apoie e concorra a um super prêmio de R$ 1 milhão da promoção “Ganhou, Causou”, da Nestlé. Clique aqui e saiba como participar!

Fonte: G1/Imagens: Reprodução/Instagram

 

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,505,556SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Conheça o incrível caso das gêmeas siamesas separadas após 20 horas de cirurgia no DF

Lis e Mel nasceram unidas pela cabeça, compartilhando uma pequena porção do cérebro. Com apenas dois meses de vida, a equipe médica responsável pelo...

Projeto #vemnimimdocinho presenteia com cupcake para quem abraçar uma pessoa!

Estudantes da PUC-Campinas resolveram sair um pouco da rotina e da inércia, e fizeram um projeto na faculdade com uma ação muito legal, propondo:...

Sacola biodegradável ajuda no saneamento básico de regiões não desenvolvidas

Certas coisas nos fazem ver quão ricos somos, mesmo tendo pouco, ou como as necessidades de alguns países, cidades ou tribos são as mais básicas possíveis. Para...

Coisas que você não sabia sobre pessoas sem-teto

Está ficando cada vez mais difícil ser sem-teto nos Estados Unidos. Em quase 43% das cidades norte-americanas, você pode ser preso por dormir em...

Cinco anos após ser declarada extinta, espécie rara de leopardo é vista em Taiwan

Em 2013, a União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN, na sigla em inglês) declarou os leopardos nebulosos de formosa, imponentes felinos endêmicos...

Instagram