Professor vai montado de drag para falar sobre tolerância e respeito à diversidade na Paraíba

Você já viu um professor que vai montado de drag queen dar aula? Foi assim que o professor Luis Lima deu aula na última quarta, Dia Internacional de Combate à Homofobia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com o objetivo de promover a importância da luta contra o preconceito, o professor, artisticamente conhecido como Friday Manson, em João Pessoa, Paraíba, decidiu dar uma aula diferente.

Com licenciatura em Química e mestrado em Ensino de Química, o jovem de 25 anos trabalhou o tema “Relações de Gênero na Ciência”, na sua dissertação, o que lhe inspirou a abordar esse tema também em sua escola.

Leia também: Professor se monta de drag para falar sobre gênero e sexualidade aos alunos de cursinho

A intervenção teve total apoio da escola e a intenção era abrir os olhos dos alunos para que refletissem sobre as diferenças e o preconceito. Manson contou que foi a primeira vez em que foi dar aula vestido de drag queen, e no lugar da Química, ele refletiu sobre o Dia Internacional de Combate à Homofobia. Segundo ele, a reação dos alunos foi super receptiva.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em uma publicação no Facebook, o professor fala um pouco mais sobre sua experiência:

“Hoje foi o melhor dia de minha vida enquanto professor por tantas razões, que até agora não processei tudo. A ação de ir montado para a escola compõe uma prática de intervenção pedagógica, antes de qualquer coisa, o dia de hoje comemora 27 que a homossexualidade não é tratada mais como doença. Entretanto, ao nosso redor muitas pessoas ainda a trata como “escolha” quando na verdade não é assim, e sabemos!

Documentos do Ministério da Educação embasam minha intervenção hoje (ver PCN Ética e Temas transversais) assim como autores que discutem gênero na educação (Guacira Louro), não foi algo sem planejamento, foi altamente intencional e bem planejado. Minha fala durante as 5 aulas nas cinco turmas que dei no dia de hoje não contemplava apenas a questão LGBT, antes de mais dava discutia respeito e tolerância a diversidade! Em todas as salas debatemos a temática e assistimos vídeos que discutiam a questão da diversidade sexual e de gênero.

Enquanto professor meu papel, durante TODO O ANO, é abordar o respeito e tolerância de forma direta e indireta ao meu trabalho, não apenas hoje! O fato de ser um homem gay torna minhas ações mais que necessárias nesse contexto. Cresci sem referenciais LGBTs na escola, sem discussões sobre sexualidade e gênero, e isso fez com que grande parte de minha vida eu me sentisse incapacitado de ocupar certos espaços na sociedade, uma vez que ao meu redor a perspectiva disposta para um gay eram de fracasso, e me senti fracassado até alguns anos atrás.”

Leia a publicação completa:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Encontramos também um vídeo que ele fez falando sobre a satisfação e alegria de fazer algo tão significativo:

dragqueen-professor

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

dragqueen-professor

Fotos: Friday Manson/Arquivo Pessoal

Quer ver a sua pauta aqui? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,067,715SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Idosa que se recusava a ir pra abrigo e abandonar seus cães recebe ajuda e agora tem casa pra morar

Dona Hermelina, a idosa de 63 anos, comeveu a internet com sua história. Ela preferiu ficar na rua a abrir mão da companhia de seus dois...

Professor faz carro que ajuda crianças com deficiência a explorar o mundo

Em geral, crianças pequenas com um problema físico costumam ser carregadas no colo ou em carrinhos de bebê. Mas cadeiras motorizadas, que poderiam lhes...

Quase metade de pacientes com coronavírus já estão recuperados

Uma ótima notícia em meio à atmosfera de dúvidas e incerteza que o mundo todo está vivendo. Mais da metade dos casos de coronavírus...

Hospital na Tailândia cria protetor facial para proteger bebês recém-nascidos

Um hospital infantil de Bangkok, na Tailândia, viralizou nas redes sociais neste fim de semana pela maneira como está cuidando dos bebês recém-nascidos da...

Em Curitiba, evento terá palestras de imigrantes e refugiados de sete países

Acontece amanhã, 17, em Curitiba, o Global Talks, uma noite de palestras com sete imigrantes, de sete países diferentes, todos resididos na capital paranaense,...

Instagram

Professor vai montado de drag para falar sobre tolerância e respeito à diversidade na Paraíba 1