Professor vai montado de drag para falar sobre tolerância e respeito à diversidade na Paraíba

Você já viu um professor que vai montado de drag queen dar aula? Foi assim que o professor Luis Lima deu aula na última quarta, Dia Internacional de Combate à Homofobia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com o objetivo de promover a importância da luta contra o preconceito, o professor, artisticamente conhecido como Friday Manson, em João Pessoa, Paraíba, decidiu dar uma aula diferente.

Com licenciatura em Química e mestrado em Ensino de Química, o jovem de 25 anos trabalhou o tema “Relações de Gênero na Ciência”, na sua dissertação, o que lhe inspirou a abordar esse tema também em sua escola.

Leia também: Professor se monta de drag para falar sobre gênero e sexualidade aos alunos de cursinho

A intervenção teve total apoio da escola e a intenção era abrir os olhos dos alunos para que refletissem sobre as diferenças e o preconceito. Manson contou que foi a primeira vez em que foi dar aula vestido de drag queen, e no lugar da Química, ele refletiu sobre o Dia Internacional de Combate à Homofobia. Segundo ele, a reação dos alunos foi super receptiva.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Em uma publicação no Facebook, o professor fala um pouco mais sobre sua experiência:

“Hoje foi o melhor dia de minha vida enquanto professor por tantas razões, que até agora não processei tudo. A ação de ir montado para a escola compõe uma prática de intervenção pedagógica, antes de qualquer coisa, o dia de hoje comemora 27 que a homossexualidade não é tratada mais como doença. Entretanto, ao nosso redor muitas pessoas ainda a trata como “escolha” quando na verdade não é assim, e sabemos!

Documentos do Ministério da Educação embasam minha intervenção hoje (ver PCN Ética e Temas transversais) assim como autores que discutem gênero na educação (Guacira Louro), não foi algo sem planejamento, foi altamente intencional e bem planejado. Minha fala durante as 5 aulas nas cinco turmas que dei no dia de hoje não contemplava apenas a questão LGBT, antes de mais dava discutia respeito e tolerância a diversidade! Em todas as salas debatemos a temática e assistimos vídeos que discutiam a questão da diversidade sexual e de gênero.

Enquanto professor meu papel, durante TODO O ANO, é abordar o respeito e tolerância de forma direta e indireta ao meu trabalho, não apenas hoje! O fato de ser um homem gay torna minhas ações mais que necessárias nesse contexto. Cresci sem referenciais LGBTs na escola, sem discussões sobre sexualidade e gênero, e isso fez com que grande parte de minha vida eu me sentisse incapacitado de ocupar certos espaços na sociedade, uma vez que ao meu redor a perspectiva disposta para um gay eram de fracasso, e me senti fracassado até alguns anos atrás.”

Leia a publicação completa:

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Encontramos também um vídeo que ele fez falando sobre a satisfação e alegria de fazer algo tão significativo:

dragqueen-professor

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

dragqueen-professor

Fotos: Friday Manson/Arquivo Pessoal

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,411,289SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

As reações de crianças do Brooklin ao jantarem em um dos restaurantes mais chiques de Nova York

Em uma iniciativa do New York Times Magazine intitulada “Small Plates”, ou Pequenos Pratos, a revista enviou 6 crianças do Brooklyn do 2º ano...

Raí convoca você a contar sua história e poder fazer parte da Seleção do Carinho

A Johnson & Johnson, junto ao técnico Raí e uma equipe dos Olheiros do Carinho (incluindo a mim), está em busca de histórias extraordinárias...

Cadeirante é resgatada após cair de navio de cruzeiro e quase se afogar – veja o vídeo

Enquanto participava de uma festa em um navio cruzeiro, uma jovem cadeirante acabou caindo do alto da embarcação, e quase se afogou no mar...

Moradores levam motorista de empresa de entregas às lágrimas com festa surpresa de agradecimento (EUA)

Chad Turns trabalha como motorista da empresa de entregas UPS, na pequena cidade de Dauphin, Pensilvânia (EUA). Desde o início da pandemia, sua carga...

WWF “desmata” campo de futebol ao vivo durante jogo da Seleção Brasileira

Para mostrar que a cada quatro minutos uma área equivalente a um campo de futebol é desmatada no Brasil, essa ação da WWF mudou gradativamente a...

Instagram