Professor visto pedindo emprego semáforo é contratado com ajuda das redes sociais

O analista de sistemas Jair da Silva, de 61 anos, conseguiu voltar ao mercado de trabalho depois que a história dele pedindo emprego no trânsito de São Paulo repercutiu nas redes sociais.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Silva passou seis meses desempregado. Sem saber mais o que fazer para sair do desemprego, ele imprimiu centenas de cartões de visitas e foi distribuí-los para motoristas que passavam pelo Largo da Batata e pela avenida Faria Lima, na zona oeste, no dia 28 de agosto. Dias depois, ele foi para outro ponto, um cruzamento próximo a sua casa no Jardim São Paulo, bairro de classe média da zona norte.

_91400499_0f2800c4-bff1-43dc-a3b9-2b0c9a45e1e3

A parte da frente dos cartões trazia seu nome, telefone, e-mail e a frase “Solicito uma oportunidade profissional”. No verso, as atividades que exerceu como professor universitário, gerente administrativo e de negócios.

A história foi parar no Facebook e no LinkedIn (rede social para contatos profissionais) e teve ampla repercussão. Uma reportagem publicada pela BBC Brasil, na última terça-feira (27), também contribuiu para repercutir a história de Silva. Até sexta-feira, a publicação tinha recebido mais de 14 mil reações, 2,8 mil compartilhamentos e centenas de comentários sobre a situação do professor universitário.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Menos de um mês depois, Jair recebeu a ligação de uma pequena empresa da área de saúde, localizada no bairro de Pinheiros, querendo contar com seus serviços. Ele começou no novo trabalho nesta segunda-feira (3).

_91467956_1d

“O diretor da empresa não quer publicidade. Mas ele me disse que me achou para a vaga depois de ler a reportagem [da BBC Brasil]”, disse Silva.

Ele será responsável pelas áreas administrativa e financeira da empresa, “com um dedo no comercial”, explicou em entrevista à BBC Brasil. “Também vou atualizar o sistema de informática. Enfim, tudo dentro do que sei”, finaliza.

Todas as imagens: BBC Brasil

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM



Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,272,726SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Grupo de freiras está lutando contra a proibição do cultivo e uso de maconha medicinal

As Irmãs do Vale são freiras que cultivam maconha. Elas usam essa cannabis para fazer o canabidiol (CBD) - óleos de infusão, cremes para a...

Moradores de cidade destruída pela chuva no ES ganham marmitas com mensagens de esperança

As marmitas estão chegando das cidades vizinhas e até de outros estados recheadas de amor e esperança!

Engenheiros criam óculos que corrigem visão automaticamente

Engenheiros da Universidade de Stanford, nos EUA, desenvolveram óculos capazes de corrigir automaticamente o foco e restaurar a visão de pessoas que precisariam utilizar...

Universidade desenvolve pratos descartáveis feitos de folhas

As tigelas suportam até água quente, sem vazamento e se degradam naturalmente depois de serem descartadas.

ONG devolve sorriso a crianças com fissura labiopalatal

A ONG Smile Train oferece tratamento gratuito a portadores de fissuras labiopalatais.

Instagram

Professor visto pedindo emprego semáforo é contratado com ajuda das redes sociais 3