Professora aposentada é voluntária do CVV há 30 anos: “É impossível deixar o coração de lado”

Trinta anos atrás, a professora aposentada Nilza Viana viu uma propaganda do Centro de Valorização da Vida (CVV). Nilza, hoje com 70 anos, descobriu que a associação sem fins-lucrativos oferecia apoio emocional e prevenção do suicídio de maneira anônima.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Encantada, resolveu fazer parte!

Boa ouvinte, Nilza, que mora em Fortaleza (CE), não pensou duas vezes e lá se vão três décadas acolhendo pessoas que nunca viu na vida. Nilza conciliou o trabalho de professora com a sua atuação no CVV por dez anos.

Depois da aposentadoria, passou a se dedicar integralmente ao CVV. Para ela, a “continuidade do trabalho que eu fazia em sala de aula porque falo com pessoas”. Em todo atendimento, Nilza deixa o coração falar mais alto. Mas diz que é um coração com razão.

banner do centro de valorização da vida
Atendimento voluntário e gratuito a pessoas que querem ou precisam conversar, sob total sigilo, por telefone, e-mail e chat 24 horas todos os dias. Foto: divulgação

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Afinal, existe toda uma preparação do voluntário para ser o melhor ouvinte possível – cada vida é uma história.

“Estamos sempre preparados porque estudamos muito para olhar para o outro com um olhar generoso, acolher e respeitar cada um individualmente”, conta.

Nilza vai além e diz que se prepara como se fosse receber a pessoa que está do outro lado da linha – ou da tela – na sua própria casa. Queremos receber nossas visitas sempre bem, não é verdade? 🥰

“Depois do meu plantão, a sensação é de dever cumprido porque dediquei meu tempo a ouvir, independente de qual seja o assunto. Procuro ser verdadeira e respeitosa para que a pessoa se sinta acolhida”, afirma.

A escuta em tempos de isolamento

Em tempos como estes, ouvir mais nunca foi tão necessário.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“O distanciamento gera uma bola de neve que pode acarretar coisas mais sérias. Eu sei que é difícil para quem está em casa nesse momento. Conviver com muitas pessoas durante muito tempo, às vezes, gera estresse. Mas o escutar nessa época é muito importante”, diz.

E que seja uma escuta sem críticas, mas compreensiva, assim como a escuta do CVV.

Ouça mais

Mas que isso não termine junto com a pandemia. Pelo contrário, devemos praticar o exercício da escuta em qualquer circunstância. E que tal ter em mãos esse e outros conselhos de quem já viveu mais de 50 anos?

O primeiro livro do Razões, O Que Eu Aprendi Até Agora: 50 conselhos inspiradores para uma vida cheia de razões para acreditar, está cheio deles! Garanta o seu exemplar até 15/08 e ganhe brinde especial + frete grátis aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Professora aposentada é voluntária do CVV há 30 anos: “É impossível deixar o coração de lado” 1
Nilza reforça a importância de se ouvir mais em tempos tão difíceis. Foto: Nilza Viana/Arquivo pessoal

Para cada unidade vendida, doaremos outro livro infantil da Editora MOL para crianças apoiadas pela VOAA, a vaquinha do Razões, e ONGs parceiras da maior editora de impacto social do mundo. 💜

livro razões para acreditar
Brinde especial + frete grátis para todo o Brasil por tempo limitado

Serviço:

Nome do livro: O Que Eu Aprendi Até Agora: 50 conselhos inspiradores para uma vida cheia de razões para acreditar

Número de páginas: 108

Preço na pré-venda: R$ 34,90, com brinde de cortesia e frete grátis para todo o Brasil

Período de pré-venda: 15 de julho a 15 de agosto

Onde comprar: na página especial do produto no site Leiturinha

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM




Professora aposentada é voluntária do CVV há 30 anos: “É impossível deixar o coração de lado” 2

Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,977,244SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Filho usa escada para matar saudade da mãe de 80 anos sem violar quarentena em PE

Como você se sentiria se precisasse ficar afastado da sua mãe, sem poder tocá-la? Foi o que aconteceu com o pernambucano Saulo Luiz de...

Moradores alugam apartamento para faxineira que perdeu casa e sua reação emociona!

Gratidão é mesmo um dos sentimentos mais bonitos! Moradores de um prédio luxuoso alugaram um apartamento para a faxineira que trabalha nele há 20...

Homem faz linda animação para pedir namorada em casamento

Hoje em dia vemos várias formas diferentes de pedidos de casamento, desde flash mobs, viagens pelo mundo, ataques zumbis, placas misteriosas, surpresas em livrarias, dentro de caverna de...

Cão rejeitado três vezes salva a vida do dono que lhe deu amor

De rejeitado a herói. Não uma, mas três vezes, o cão Jack foi devolvido a um abrigo. Provando lealdade a quem lhe deu amor...

Tyra Banks defende gay de ataque homofóbico no America’s Next Top Model

Tyra Banks, a apresentadora do America's Next Top Model, saiu em defesa de Will Jardell, gay assumido, que teve que lidar com comentários homofóbicos de Denzel...

Instagram

Professora aposentada é voluntária do CVV há 30 anos: “É impossível deixar o coração de lado” 3