Professora cria jogo para estudantes “caçarem” livros no lugar de Pokémons

Aveline Grégorie é diretora de uma escola primária na cidade belga de Farcienne. Ela aproveitou o sucesso de “Pokémon Go” para estimular o hábito da leitura entre os estudantes – brincadeira que foi abraçada por “caçadores” do país inteiro.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Para isso, Aveline criou um grupo no Facebook. A brincadeira funciona assim: o jogador escolhe um livro que queira doar ou compartilhar com outras pessoas, deixa em um local público, de fácil acesso, e publica uma foto no grupo, indicando onde a obra foi deixada. Depois que a pessoa terminar a leitura, ela deve devolver a obra para o seu antigo dono ou abandonar outro livro para que o próximo jogador também possa ler.

“Como eu tinha jogado “Pokémon Go” com meus alunos, eu tive a ideia de libertar os livros na natureza”, contou Aveline. “Minha filha disse que parece com a caça a ovos de Páscoa, só que com livros.”

Desde que a brincadeira foi criada, no dia 12 de agosto, mais 47 mil pessoas se inscreveram no grupo de caçadores de livros. A maioria dos livros é doada dentro de sacos plásticos para ficarem protegidos da chuva. Existem obras de todos os tipos, desde clássicos da literatura mundial, passando por livros infantis e de autoajuda, até romances eróticos.

O sucesso da brincadeira foi tão grande que a professora planeja agora transformar o jogo em um aplicativo.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Com informações de O Globo

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM









Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
4,805,387SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Anos após dar bolsa para estudante cursar medicina, professor é salvo da Covid-19 pelo ex-aluno

Não existe exemplo melhor para mostrar como o bem que a gente faz sempre retorna de alguma forma. E, nesse caso, o bem praticado...

Casal brasileiro troca festa de casamento por volta ao mundo

Apaixonados por viagens, eles resolveram investir o dinheiro da festa de casamento nessa aventura. Depois de perderem quatro familiares, em um pequeno espaço de tempo, “tivemos uma profunda reflexão do ter contra o ser", disse a ex-empresária Stela.

Dentinho, que trabalhava em feira para ajudar no sustento da família, comemora aniversário em sua nova casa

Erikson Bastos, 13 anos, conhecido lá em Pintadas (BA) como Dentinho, é um menino muito guerreiro! Apesar da pouca idade, o garoto ia toda...

SP tem sessão especial do filme “O Bom Dinossauro” para crianças autistas e seus familiares

Já mostramos aqui diversas matérias lindas sobre autistas. Histórias de superação, imagens inspiradoras, apps para ajudar e até de uma celebridade do futebol mundial...

Fotógrafo de bebê brava a reencontra dois anos depois

É super comum que um bebê chegue ao mundo chorando ou até calmo, como se estivesse dormindo, mas com cara de bravo? Bem improvável,...

Instagram

Professora cria jogo para estudantes “caçarem” livros no lugar de Pokémons 3