Professora se oferece para cuidar de bebê enquanto família inteira se recupera da Covid-19

Uma professora se dispôs a cuidar do bebê recém-nascido de uma família contaminada com a Covid-19 e virou um lindo exemplo de solidariedade em meio à pandemia.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A professora Luciana Lira, de 42 anos, ensina inglês para crianças da escola Hart Magnet Elementary School em Stamford, Connecticut (EUA), e se dispôs a tornar-se guardiã temporária do bebê de Zully e Marvin, que foram diagnosticados com o novo coronavírus.

Além deles, o filho mais velho, Junior, de 7 anos, também testou positivo para a doença. O menino é aluno de Luciana.

professora cuida bebê enquanto família contaminada coronavírus se recupera
Foto: Reprodução / Bebê Mamãe

O Razões tem seu próprio podcast para espalhar boas notícias, ouça os episódios na sua plataforma favorita clicando aqui.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Neysel nasceu no dia 2 de abril via cesariana, cinco semanas antes do esperado. Pouco depois, sua mãe começou a sentir os sintomas da Covid-19. Sem poder ter contato com a mãe, ele precisou ficar internado no hospital.

Após receber uma ligação de Marvin, a professora se ofereceu para cuidar do recém-nascido até que Zully se recupere integralmente para amamentá-lo.

professora cuida bebê enquanto família contaminada coronavírus se recupera
Foto: Reprodução / TV Globo

Participe do nosso canal no Telegram e receba todas as matérias e novidades do Razões, clique aqui.

Nós nos preocupamos com nossos alunos, nos preocupamos com suas famílias e todo mundo precisa saber que estamos aqui por eles e só queremos ajudar“, disse Luciana.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“[Cuidar de Neysel tem sido] uma experiência incrível, estou muito feliz […] em poder ajudar”, afirmou.

No último sábado (2), a família de Neysel comemorou o primeiro mês de vida do pequeno – à distância, ainda.

professora cuida bebê enquanto família contaminada coronavírus se recupera
Foto: Reprodução / Bebê Mamãe

Renan precisa da nossa ajuda para fazer a cirurgia de reconstrução do tórax e voltar a ter uma vida normal. Clique aqui e contribua!

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Eles ganharam um bolo de aniversário feito por desconhecidos e comemoraram via chamada de vídeo. Apesar de ainda não terem sido liberados pelos médicos, os pais do bebê esperam estar curados logo para pegá-lo no colo pela primeira vez.

Felizmente, houve motivo de sobra para comemorar: Neysel, que nasceu prematuro, já ganhou o dobro de peso do esperado. E mais: a família, que veio da Guatemala e está nos EUA há menos de um ano, agora é amiga de toda a comunidade – antes, eles não conheciam ninguém.

Luciana deixa um recado importante: “Tenha coragem e ajude com o pouco que você tem. O que pra você é pouco, pro outro pode ser muito. Pode ser o suficiente. Pode ser tudo o que eles estão precisando pra passar aquele dia”, diz.

Canal Coronavírus: veja boas notícias, vagas home-office e como ajudar pequenos negócios clicando aqui.

Compartilhe o post com seus amigos!

Fonte: ABC7NY

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,496,742SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Manicure cria “trono das divas” para atender clientes e vira sensação na internet

A internet amou a ideia da manicure para acabar com as dores nas costas e nos joelhos.

Comunidade faz ‘Desafio do Lixo’ e limpa córrego próximo a Goiânia (GO)

Moradores de uma ecovila recolheram sacos e mais sacos de lixo.

Amigos de pais de bebê com paralisia cerebral ajudam no revezamento de colo

Os pais da pequena Olívia, de apenas 3 anos, diagnosticada com paralisia cerebral, o que a faz sofrer de irritabilidade e chorar praticamente o...

Maestro João Carlos Martins rege concerto de garotos de projeto social e se emociona

Um dia inesquecível para crianças e adolescentes que estão dando os primeiros passos na música

Pai de neonazista de Charlottesville escreve carta após filho ser identificado

"Por favor, filho, renuncie ao ódio, aceite e ame a todos”

Instagram