Professora baiana desempregada faz currículo em forma de poesia

Clique e ouça:

Transformar a dor do desemprego em poesia. Foi exatamente isso que a jovem professora baiana Andrielle de Jesus, 25 anos, fez. Precisando urgentemente de um emprego, elaborou seu currículo em forma de poesia: a ‘Poética do Desemprego’.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

“E foi pensando em pedir a sua ajuda, que esse poema, talvez poesia, nasceu”, diz um trecho do texto.

Andrielle contou ao Razões que não esperava que o seu currículo em forma de poesia viralizasse na cidade em que vive, Santo Antônio de Jesus (BA).

O texto surgiu num momento de angústia, já que há um ano ela não consegue emprego. Andrielle é graduada em licenciatura em História e já entregou currículo em toda a cidade. Inclusive, está disposta a mudar de cidade para trabalhar.

“Gosto de ser professora, para ser sincera, sinto falta de estar na sala de aula e de colocar em prática o conhecimento adquirido durante minha licenciatura”, desabafou.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Reprodução do currículo em forma de poesia da jovem professora
O currículo em forma de poesia surgiu num momento de angústia, já que há um ano a professora não consegue emprego. Foto: Reprodução

Ela compartilhou o texto com uma rede de amigos e começou a receber um incrível feedback deles.

“Uma de minhas amigas sugeriu a criação do card com a promessa de compartilhamento. E foi assim que a ‘Poética do Desemprego’, em poucas horas, viralizou.”

Com a repercussão do currículo-poesia, ela conseguiu dinheiro para se inscrever num concurso público. O valor da inscrição era de 100 reais. Ela tem recebido apoio de todos os lados, mas, infelizmente, ainda não surgiu a oportunidade de um emprego. 😔

“Confesso que mesmo estando imensamente feliz e grata também estou em choque, ainda estou processando tudo que vem acontecendo desde a escrita do texto.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foto: Laiá Films (@laiafilms); Edgar Azevedo (@edgarazevedo) e Rafael Zu (@rafaelzuanny)

Dificuldades em casa

Para se manter, Adrielle tem feito trabalhos freelancers, mas o que consegue ganhar não é o suficiente para ajudar em casa, onde mora com a mãe e a avó.

A avó, já idosa, recebe aposentadoria rural. A mãe, desempregada, faz de tudo um pouco para completar a renda da família: vende empadas e planta quiabo e abóbora no terreno emprestado por uma vizinha.

“Tanto vovó quanto mainha são diabéticas e hipertensas. Vovó possui glaucoma e não consegue enxergar e, por isso, ela não faz absolutamente nada sozinha, ela é totalmente dependente de cuidados. O meu desespero para arrumar emprego é para colaborar com as despesas da casa.”

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Foto: Laiá Films (@laiafilms); Edgar Azevedo (@edgarazevedo) e Rafael Zu (@rafaelzuanny)

Professora enfrenta uma doença degenerativa da córnea

Há quatro anos, Andrielle descobriu que tem Ceracotone, uma doença degenerativa da córnea. O diagnóstico veio com uma urgência: precisava de uma lente de contato o quanto antes.

A cada doze meses, as lentes precisam ser trocadas. Juntas, as duas custam R$ 3 mil. Com a lente, o olho direito consegue chegar a 100% da sua capacidade de visão. O esquerdo, por outro lado, mesmo com a lente, só chega a 40%.

“Preciso urgentemente cuidar da minha saúde e esse também é um dos motivos da urgência em encontrar um emprego”, afirma.

Amor pela escrita

Como já deu para perceber, é através da escrita que a professora se expressa. Quem quiser acompanhar o seu lindo trabalho, só acessar o seu blog Mais Íntimo. Lá, ela compartilha seus sentimentos. ❤

Quem quiser também entrar em contato com Andrielle pode fazer isso pelo número de Whatsapp (75) 99128-8886.

Desejamos muito que a sua poesia toque o coração de mais pessoas e quem sabe, conquiste o seu tão sonhado emprego, Andrielle! Estamos na torcida e confiantes: Axé! 🙏

Compartilhe o post com seus amigos!

  • Siga o Razões no Instagram aqui.
  • Inscreva-se em nosso canal no Youtube aqui.
  • Curta o Razões no Facebook aqui.
  • Envie sua história aqui.

 

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,026,603FãsCurtir
2,191,217SeguidoresSeguir
11,994SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Brasileira voluntária da 2ª Guerra Mundial é hoje voluntária na luta contra o Coronavírus

A dona Blandina era adolescente quando confeccionou luvas para os soldados brasileiros da FEB (Força Expedicionária Brasileira) que lutaram na 2ª Guerra Mundial. Lá se...

Jovens antecipam casamento após saber que um deles tem apenas 5 meses de vida

Se você, assim como eu, se acabou de chorar vendo "Um amor para recordar" lá em 2002, se prepare: essa história é real, e...

Policiais unem-se a manifestantes em ato contra racismo e violência, nos EUA

É preciso tomar muito cuidado com generalizações, afinal, a profissão e a raça de uma pessoa não podem a definir. E para provar isso, diversos...

Engenheiro cria próteses gratuitas para pessoas carentes em impressora 3D

Aos 24 anos, o engenheiro industrial Guillermo Martinez decidiu usar todo seu conhecimento e criatividade em prol das pessoas carentes. Depois de comprar uma...

Pela primeira vez o Solstício de verão de Stonehenge será transmitido online

Pela primeira vez na história poderemos acompanhar o solstício de verão de Stonehenge online, o evento marca o dia mais longo do ano e...

Instagram