Professora faz penteado de aluna que sofria bullying ao invés de dar bronca nos outros alunos

banner reservaSempre tem aquele professor que marca a vida dos seus alunos por uma razão mais do que especial. A professora Kinsie Johns terá a gratidão e o carinho eterno de uma aluna sua que sofria bullying dos colegas.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Johns é professora em uma escola no estado americano da Georgia. Ela é querida e respeitada por todas as crianças. O clima na sala de aula é tão leve e gostoso que nunca passou pela sua cabeça que uma de suas alunas era alvo de piadas sem a menor graça por conta de seu penteado.

Os coleguinhas viviam implicando com seus dois coques, que lá são chamados de “Space Buns”, ou “Pãezinhos Espaciais”, numa tradução livre. A menina ganhou o apelido de “Garota espacial”. Assim que soube dessa brincadeira de mau gosto, Johns, ao invés de dar bronca nos alunos, fez o que ninguém esperava.

Ela foi para a aula do dia seguinte com o mesmo penteado da aluna. “Ela ficou radiante quando me viu. Está tudo bem ser diferente; por que se encaixar quando você nasceu para se destacar?”, escreveu Johns no Facebook.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

A atitude da professora surtiu o efeito desejado e, no dia seguinte, foram as outras meninas da turma que apareceram com o penteado da colega. Todos os alunos, incluindo os meninos, aprenderam que ser diferente é o que nos torna especial, e que isso não é motivo de piada, mas de admiração.

PUBLICIDADE

CONTINUE LENDO ABAIXO

Via

barra reserva

Quer ver a sua pauta no Razões? Clique aqui e seja um colaborador do maior site de boas notícias do Brasil.

CanaisPatrocínios
Marcas que nos apoiam

MARCAS QUE NOS APOIAM


Quer receber boas notícias todas as manhãs?

1,102,320FãsCurtir
3,429,587SeguidoresSeguir
25,464SeguidoresSeguir
11,200InscritosInscrever

+ Lidas

Voluntários reformam casa de família que adoecia por causa de condições precárias do imóvel

Stephanie e os três filhos viviam adoecendo por causa das condições do quarto, o que mudou totalmente depois da reforma: “Eu meu senti privilegiada e cuidada”.

Documentário que reconstrói história da AIDS no país revela que desinformação é parte do problema

O documentário, o primeiro do gênero a refazer a cronologia do HIV e da AIDS no país, encabeça o projeto #PrecisamosFalarSobreIsso.

Jovem consegue arrecadar 15 mil dólares para enviar sobrevivente do Holocausto para Israel

Um adolescente do sul da Califórnia arrecadou cerca de US $ 15.000 para enviar um sobrevivente do Holocausto de 89 anos para Israel, para...

Após matéria do Razões, projeto que oferece aulas de inglês gratuitas em comunidade ganha sede própria

Faz um tempo que publicamos a história do professor de inglês Alexandre Calil, que oferece aulas de inglês gratuitas para uma comunidade carente de...

Esta policial não só combate o crime como resgata dezenas de gatinhos abandonados

O que dizer de uma policial que não trabalha apenas para combater o crime e salvar as pessoas, mas também para salvar os gatos?...

Instagram